Coluna do Borracha – Ele era o automobilismo

dm_17_11_2009_marcuszamponi_classicosdecompeticao_25-a-28_01_2007_vn
Desculpe-me você que lê minha coluna, mas essa semana quero prestar uma homenagem a um dos melhores personagens que conheci na minha vida de jornalista e profissional dos esportes a motor.
Era para ser uma coluna alegre e divertida sobre o fim de semana de motos e carros, mas os autódromos do mundo, sem exagero, devem estar chorando a perda desse que era o maior ícone do jornalismo de automobilismo.
Morreu nessa terça-feira o Marcus Zamponi, um carioca que adotou São Paulo como sua terra e os autódromos como seu escritório. Nunca conheci ninguém mais engraçado e irônico, um cara que tudo questionava, colocava reparo, tirava sarro e fazia com que o ambiente que ele estivesse fosse no mínimo muito, mas muito engraçado. Era um cara de varias e mirabolantes histórias, de casos impossíveis de soluções engraçadas. Ele se foi depois de varias complicações de saúde, era um gigante frágil, era um jornalista com alma de artista.
Conheci o Zampa, claro, em um autódromo. Em toda corrida nos uníamos e sacaneamos muita gente, até porque nem tudo é muito sério nesse mundo, ele se tornou desde então uma referência, tipo, se o gordão não estivesse não tinha corrida. Foram anos a fio trabalhando em conjunto com ele, seja nas revistas que ele tinha sua coluna, sejam nas assessorias que ele fazia com pilotos e mesmo em conversas de fim de expediente, onde ele sempre dava aulas a novos alunos que se baseavam nos ensinamentos dele.
Um dia ele se afastou dos autódromos alegando que existiam muitos assessores e poucos jornalistas, que não tinha mais graça estar entre aqueles que estavam apenas preocupados em colocar a sua versão da notícia e nunca noticiar. Engraçado que foi nessa onda que também me afastei um pouco das pistas, é muito ruim falar com quem não entende o que a gente diz.
Hoje ele se foi e com ele muito da história desse esporte que tanto amamos, o Zampa levou com ele a maior alegria dos autódromos, carregou para si a virtude e o respeito que a profissão tinha, enfim, o nosso pobre esporte a motor que esta na UTI agora perdeu a sua graça.

Vai com Deus Gordão!

Beijos & queijos

e-mail: coluna.site@gmail.com
follow me on twitter: @borrachatv
http://borrachatv.blogspot.com.br/


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0