Brasileiro retoma a liderança do Radical Masters Euroseries

O brasileiro Victor Corrêa  retomou a liderança do Radical Masters Euroseries. Os comissários da quarta etapa do campeonato, disputada no último domingo (28/4) em Paul Ricard (França), horas depois resolveram punir duramente o vencedor da prova, o lituano Konstantins Calko, por ter batido na traseira do Radical do mineiro.

“Na hora da relargada da corrida, ao invés dele se posicionar atrás de mim, ele ficou meio ao lado e deu uma pancada tão forte na minha traseira que arrancou o aerofólio”, contou Victor Corrêa, que no momento estava em terceiro, brigando pela liderança da corrida. Calkos recebeu 60 segundos em seu tempo total de corrida e sua vitória virou uma 14ª posição.

A partir do incidente o brasileiro foi perdendo posições até receber a bandeirada no sétimo posto. “Estava praticamente impossível eu dirigir na chuva, e os meus tempos pioraram muito, principalmente na curva mais rápida”, justificou a sétima posição na bandeirada.

Com o novo resultado, Victor ficou com a sexta colocação e Calkos não pontuou. Desta forma, o brasileiro passou a somar 54 pontos e manteve a liderança do campeonato. A vice-liderança está com os ingleses Tony Wells/James Littlejohn, aclamados os novos vencedores, com 48 pontos, enquanto Konstantins Calkos está em terceiro, com 41 pontos.

“Voltei a mostrar que estou na categoria para brigar pelo título. O segundo lugar na primeira corrida, e o sexto na segunda, que poderia ter sido até uma vitória, deixam claro que estamos competitivos”, declarou o piloto da Unifenas.

“A próxima etapa é em casa, em Silverstone, onde já venci corridas em outras categorias. Por isto, confio que no segundo semestre continuarei brigando por vitórias e liderando o campeonato”, acredita o mineiro de Alfenas. A terceira rodada dupla acontece nos dias 13 e 14 de julho, em Silverstone, na Inglaterra.

O Radical Masters Euroseries é disputado com o protótipo Radical SR8, com 420 cavalos de potência e apenas 680 kg, relação peso-potência próxima à de um monoposto de categoria top, podendo atingir 290 km/h. O certame europeu é composto de seis rodadas duplas, em seis países diferentes, com transmissão pelo Euro Channel Eurosport.

O novo resultado da quarta etapa:
1) Tony Wells (Inglaterra) e James Littlejohn (Inglaterra), a 10s255;
2) Chris Hyman (África do Sul) e Alex Mortimer (Inglaterra), a 12s889;
3) Jamie Constable (Inglaterra), a 14s009;
4) Terrence Woodward (Inglaterra) e Ross Kaiser (Inglaterra), a 17s476;
5) Mike Cantilon (Inglaterra), a 18s717;
6) Victor Corrêa (Brasil), a 32s177;
7) Philippe Paillot (França) e Jacques Villars (Suíça), a 34s989;
8) Robert Enestedt (Dinamarca), a 38s528;
9) James Abbott (Inglaterra), a 46s368;
10) Peter Bamford (Inglaterra), a 49s641.

A nova pontuação do Radical Masters Euroseries ficou assim: 1) Victor Corrêa (Brasil), 54; 2) Tony Wells (Inglaterra) e James Littlejohn (Inglaterra), 48; 3) Konstantins Calkos (Lituania), 41; 4) Terrence Woodward (Inglaterra) e Ross Kaiser (Inglaterra), 39; 5) Chris Hyman (África do Sul) e Alex Mortimer (Inglaterra), 36; 6) Mark Smithson (Escócia) e Christian Kronegard (Dinamarca), 19.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0