Celeiro de futuras estrelas da F-1, GP2 inicia temporada

Principal porta de acesso à Fórmula 1, a GP2 dá o pontapé inicial na temporada 2011 neste fim de semana, em Istambul, na Turquia, com quase tudo novo. Neste ano, os novos chassis GP2/11, terceira geração de carros da categoria, entram em cena, bem mais parecidos com os modelos usados na principal categoria do automobilismo, calçados com os mesmo pneus Pirelli utilizados na F-1.
Os cenários são os mesmos: as nove rodadas duplas do calendário acontecem junto com a F-1 em sua temporada europeia. Além de Istambul (Turquia), a GP2 compete também em Barcelona (Espanha), Monte Carlo (Mônaco), Valência (Espanha), Silverstone (Inglaterra), Nurburgring (Alemanha), Budapeste (Hungria), Spa-Francorchamps (Bélgica) e Monza (Itália), configurando 18 corridas.
O Brasil terá um único representante no grid: Luiz Razia. O baiano de 22 anos, que é terceiro piloto do Team Lotus na F-1, será um dos representantes da nova equipe do grid, o Team AirAsia. “Ser o único brasileiro na categoria não me deixa pressionado”, diz. “Acredito que seja um incentivo a mais para demonstrar que eu mereço estar nessa categoria tao competitiva”, destaca o baiano, empolgado com o trabalho feito com o time na divisão asiática e nos testes pré-temporada.
“Nunca me senti tão entusiasmado com um começo de temporada como este. Estou mais experiente, a equipe esta mostrando um carro competitivo e os pneus Pirelli me dão ainda mais confiança para para fazer uma boa classificação e, especialmente, saber administrar a corrida”, comenta Razia, que não vê muita vantagem em ter andado duas vezes com o T128 do Team Lotus (em testes pré-temporada e no primeiro treino livre para o GP da China) na hora de conduzir o GP2. “Acho que as vezes atá atrapalha, a concentração e o estilo de guiar, mais sei ‘mudar o chip’ da minha cabeça e, lógico, aprendo muitas coisas novas na F-1 que posso usar.”
As atividades da GP2 começam nesta sexta-feira em Istambul, com um treino livre e a classificação; já o sábado e o domingo são reservados para as duas corridas. “Quero acreditar que nosso carro é bastante flexível para qualquer tipo de pista. Meu engenheiro e eu temos muitas ideias em comum e estamos trabalhando bastante juntos. Estou realmente satisfeito com o carro até agora. Vamos ver como será o começo do final de semana, pois sabemos que tudo pode mudar do nada”, completa Razia, que subiu no pódio em 2010, com o segundo lugar na corrida complementar.

Programação da primeira rodada dupla

Sexta-feira, 6 de maio
5h55 – 6h25: Treino livre
10h – 11h25: Classificação

Sábado, 7 de maio
10h40: Primeira etapa – 170 km ou 60 minutos de duração, com um pit stop obrigatório para a troca de, no mínimo, dois pneus, e pontuação para os oito primeiros (10, 8, 6, 5, 4, 3, 2, 1) com dois pontos extras para o pole e um para o autor da melhor volta*.

Domingo, 8 de maio
11h35: Segunda etapa – 120 km ou 45 minutos de duração, sem pit stops obrigatórios, com a ordem de largada determinada pelo resultado da primeira prova, com a ordem invertida dos oito primeiros; os seis primeiros recebem pontos (6,5,4,3,2,1) e o autor da melhor volta que ganha um ponto extra*.

Calendário da temporada 2011
6-8 de maio: Istambul (Turquia)
20-22 de maio: Barcelona (Espanha)
26-28 de maio: Monte Carlo (Mônaco)
24-26 de junho: Valência (Espanha)
8-10 de julho: Silverstone (Inglaterra)
22-24 de julho: Nurburgring (Alemanha)
29-31 de julho: Budapeste (Hungria)
26-28 de agosto: Spa-Francorchamps (Bélgica)
9-11 de setembro: Monza (Itália)


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0