Saveiro Cross é atraente, mas sem ousadia

Pouco mais de quinze dias depois de apresentar a picape top do mercado mundial, a Amarok, a Volkswagen do Brasil lança a Saveiro Cross. Sem o luxo e a tecnologia da “irmã” maior, a Saveiro Cross vem se juntar aos outros modelos da marca, a básica e a Trooper e assim completar a linha de picapes pequenas. Com o objetivo de atacar a Fiat Strada Adventure, a mira de todas as concorrentes, já que é a líder do segmento, a Cross não tem nada de arrojado senão o pneu de uso misto e os apliques, que lhe dão um ar mais ousado. De resto, tudo é igual às demais versões da Saveiro.

O “espírito” aventureiro é marcado, na dianteira, pelos para-choques exclusivos, com grandes faróis auxiliares de dupla função incorporados e as aberturas de ventilação com formato agressivo e grade tipo colméia.

Nas laterais, as caixas de rodas têm as linhas acentuadas por molduras pretas exclusivas para esta versão, unidas por um friso que percorre todo o comprimento do veículo, ressaltando também as rodas de liga e os pneus “All Terrain”.  Um santantônio exclusivo de alumínio, com acabamento em preto fosco, criado especialmente para esta versão, se prolonga do teto até a borda da caçamba, unindo funcionalidade ao efeito estético. O resultado é uma pick-up de estilo agradável e versátil.

A Saveiro Cross é oferecida exclusivamente com cabine estendida, possibilitando maior espaço interno aos ocupantes e a possibilidade de transportar bagagem em seu interior. O habitáculo segue a linha lançada no novo CrossFox, com acabamento exclusivo.
A pick-up foi desenvolvida paralelamente à nova Saveiro, ou seja, já estava prevista desde o lançamento da primeira versão.

A Saveiro Cross utiliza o consagrado motor de 1,6 litro Total Flex, com 101 cavalos a gasolina e 104 cv a alcool e a transmissão manual, com cinco marchas. O modelo é oferecido em sete opções de cores, duas delas metálicas e uma especial para o lançamento, o laranja Atacama.

Uma característica da Saveiro Cross, comum  a toda a linha Saveiro, é o reduzido balanço dianteiro que, conjugado à grande distância entre eixos, proporciona melhor distribuição de peso e permite transpor obstáculos com maior desenvoltura. Da mesma forma, o balanço traseiro também contribui para a agilidade da pick-up e sua estabilidade.

A utilização de pneus “All Terrain” para uso misto – Scorpion 205/60R15” – fazem com que o veículo tenha melhor aderência em pisos de terra e proporcionam maior controle na areia e na lama.

Essas características não comprometem o desempenho dinâmico do veículo: a suspensão dianteira, que segue o mesmo conceito de desenvolvimento do Polo europeu, é capaz de filtrar com eficiência as vibrações provenientes das irregularidades do piso, proporcionando excelentes níveis de conforto, redução de ruído e estabilidade nas curvas.

Outro diferencial da linha da nova Saveiro é o eixo traseiro com construção interdependente com braços longitudinais que, combinado à suspensão dianteira, garante à pick-up um comportamento subesterçante, mais seguro para o motorista. A concepção do eixo traseiro também foi importante para proporcionar maior espaço no interior da caçamba, uma característica da nova pick-up compacta da Volkswagen.

A suspensão traseira utiliza molas com curva de carga super-progressiva que, em conjunto com o batente adicional de elastômero, equaliza as condições de dirigibilidade independentemente das condições de carregamento. Molas e amortecedores são calibrados para enfrentar sem problemas as irregularidades comuns às ruas e estradas brasileiras e latino-americanas.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0