Novo VW Polo ganha design que segue tendência mundial

Para seguir a tendência mundial da marca, a Volkswagen fez umas pequenas alterações no design da linha Polo.
O Polo foi o introdutor, no Brasil, da classe dos compactos premium. Desde o início de sua fabricação, em 2002, o Polo brasileiro foi exportado para inúmeros países, iniciando pela América Latina – Colômbia, Equador, Peru, Guatemala, Venezuela e México. No ano seguinte, passou a disputar os mercados da Alemanha e da Áustria. No total, o Polo brasileiro já foi exportado para mais de 20 países.
Para adequação ao mercado, houve um realinhamento na oferta do Polo Hatch. A versão 2.0 GT foi substituída pela 2.0 Sportline, e a 1.6 E-Flex deixa de ser ofertada. O sistema de partida a frio do 1.6 E-Flex, que dispensa o tanque auxiliar de gasolina, passa a integrar o 1.6 Bluemotion. A gama do Sedan permanece inalterada.

 

 

 

 

 

 

 


Exterior

A dianteira do Polo passa a contar com faróis de maior impacto visual e interior negro. A grade tem acabamento em preto brilhante e o pára-choque dianteiro passa a ser totalmente liso, proporcionando uma impressão de maior “limpeza” na face do veículo. O Polo Sportline tem faróis de neblina com molduras em cinza Ciclone. A versão Comfortline traz molduras cromadas.
Nas laterais, o friso que corre a meia-altura das portas é mais fino e elegante. Nas versões Sportline, eles são pintados em cinza Ciclone e com faixas laterais em cinza Ciclone ou prata, combinando com a pintura do carro. Os espelhos retrovisores externos e o spoiler são maiores em todas as versões e, no Sportline, são pintados de preto brilhante. As rodas de liga leve das versões esportivas e do Sedan, com 15 polegadas, são inteiramente novas, na cor cinza Ciclone para o Sportline e em prata para a versão Comforline.
O Polo Sedan pode ser equipado opcionalmente com teto solar em todas as suas versões. Na traseira, o Sedan ganhou o tom cereja nas lanternas, e o Hatch, lanternas escurecidas. Os para-choques traseiros tanto no hatch quanto no Sedan passam a ter design mais limpo com retro-refletores na parte inferior. O Hatch 2.0 Sportline tem ponteira dupla no escapamento.

Interior

O Polo Sportline tem interior com teto escurecido, criando uma atmosfera mais acolhedora e, simultaneamente, esportiva. Toda a linha conta com novos tecidos para forração dos bancos: no Hatch são usados Tear Jacquard Cinza e Net Preto para o 1.6, Malharia Touch Preto para o Sportline e Malharia Pop Corn Azul, exclusiva do Bluemotion. O Sedan 1.6 tem bancos em Tear Jacquard Cinza e o Comfortline, em Tear Net Preto.
Todos os modelos podem ter, opcionalmente, bancos em couro Native Vienna Preto (exceto o Bluemotion).
O instrumento combinado passa a contar com iluminação branca, sendo que as versões Sportline e Comfortline contam com instrumentos com efeito 3D.
Como em todos os veículos da marca Volkswagen, o interior do Polo Hatch e do Polo Sedan tem alto padrão de acabamento interno, resultado de uma cuidadosa seleção de materiais agradáveis ao toque e visualmente atraentes, além de um cuidadoso projeto privilegiando a ergonomia, uso intuitivo dos comandos e o silêncio e o conforto para os ocupantes.

Motor e câmbio

O Polo Hatch e o Sedan continuam a ser oferecidos com o motor EA 111 1,6 litro Total Flex, com 104 cv, ou nas versões Hatch Sportline e Sedan Comfortline, com o 2,0 litros Total Flex de 120 cv. Os dois motores são conhecidos pela confiabilidade e eficiência no consumo de combustível.
Todas as versões contam com câmbio manual de cinco velocidades e, com exceção do Polo Bluemotion e das versões equipadas com o motor 2,0 l, podem vir equipadas com a transmissão automatizada I-Motion, que permite trocas totalmente automáticas – modo ideal para o trânsito urbano – ou sequenciais, comandadas pela alavanca no console ou pelas aletas colocadas junto ao volante (shift paddles), opcionais.

Partida E-Flex

O Polo Bluemotion é uma versão do Polo Hatch especialmente desenvolvida pela Volkswagen, objetivando a eficiência no consumo e a redução nas emissões de gases poluentes. Para atingir esses objetivos, ele conta com uma série de particularidades, que vão desde a grade dianteira mais fechada, para melhorar a aerodinâmica, ao uso de pneus “verdes”, que oferecem menor resistência ao rolamento.
Também pensando na eficiência aerodinâmica, o Polo Bluemotion tem a suspensão 15 mm mais baixa que a versão normal, reduzindo a área frontal. O câmbio foi modificado, tendo as suas relações alongadas, fazendo o motor trabalhar em regime de rotações mais baixo nas velocidades mais altas. O mapeamento do motor também foi alterado, para se adaptar às relações de marcha mais longas. Outra particularidade do Bluemotion é o uso do sistema de assistência de direção eletro-hidráulico, que reduz a perda de potência.
A principal novidade da nova edição do Polo Bluemotion é a adoção do sistema de partida a frio E-Flex, que dispensa o uso do tanque auxiliar de gasolina para ligar o motor. Aquecedores especialmente posicionados junto aos bicos injetores de combustível entram em ação quando a temperatura cai, esquentando o etanol para facilitar sua ignição.
A uma temperatura de -5° C, rara no Brasil, o sistema leva 12 segundos para esquentar o combustível e colocar o motor em movimento. O motorista não precisa virar a chave durante todo esse tempo, basta um leve toque para o sistema realizar toda a operação automaticamente.
A nova edição do Polo Bluemotion utiliza novos pneus “verdes”, fornecidos pela Goodyear e fabricados no Brasil, na medida 175/65 R14. Os usados anteriormente eram importados, tamanho 165/70 R14. Além de beneficiar-se das características construtivas dos pneus, que têm a carcaça mais rígida, a maior capacidade de rolamento do Bluemotion deve-se também ao uso de maior pressão: 42 psi nos dianteiros e 39 psi nos traseiros (a versão normal do Polo utiliza 29 psi na traseira e na dianteira).


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0