Argo Trekking surpreende com seu preço

O que mais surpreende no novo Fiat Argo Trekking é o seu preço, estipulado em R$ 58.990, convidativamente abaixo dos seus concorrentes Chevolet Onix Active e Renault Sandero Stepwai, que custam, respectivamente, R$ 62.990 e R$ 60.680.

No quesito conforto, apesar de sua suspensão redimensionada, em razão do aumento da altura, quer passou para 21 cm acima do solo (4 cm acima do Argo normal), nada mudou. Durante o test drive de lançamento, num trecho de terra não agressivo, a suspensão garantiu a comodidade dos ocupantes do Trekking. No asfalto, mesmo em curvas o comportamento foi adequado, sem jogar de um lado para outro motorista e passageiro.

Ele é “rapidinho” nas arrancadas e oferece segurança nas  ultrapassagens, com seu motor FireFly, 1.3, com 101 cv usando gasolina e 109 abastecido com etanol (nesta caso o torque é de 14,2 Kgfm).

Cara de aventureiro

Para receber o sobrenome “Trekking”, além das modificações na suspensão e pneus, o Argo recebeu mudanças externas e internas. Por fora, teto bicolor, barras no teto, para facilitar a colocação de bagageiro, ressaltos  em plástico preto nos para lamas, que conferem aspecto de robustez, logo Fiat escurecido e destaque para adesivo “Trekking”.

Por dentro, o tecido dos bancos é escuro, com costura em laranja e o logo do modelo em destaque no encosto. Para aqueles que não abrem mão da tecnologia, multimídia com Uconnect de 7 polegadas, touchscreen com Apple Car Play e Androide Auto.

Par quem quer mudar um pouco a aparência do modelo, a Fiat oferece como opcionais, rodas de liga leve 6.0, aro 15 e câmera de ré. Isso sem contar com a Mopar, empresa do grupo que oferece inúmeras opções para personalizar o Argo Trekking. (Chico Lelis)

 

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0