Coluna “Andando de Carro” 19.06.2020

A volta de um mito

Antônio Fraga | Especial para ACidade ON
19/6/2020

 

A volta de um mito. (Foto: Divulgação) 
Criado em 1969, o Mustang Mach 1 era o intermediário em o GT e o Shelby. (Foto: Divulgação)

 Agora é oficial. Como já havíamos noticiado aqui faz algumas semanas, a Ford Motor Company anunciou oficialmente a chegada do novo Mustang Mach 1. A edição especial e limitada remete ao coupê fastback, que foi produzido faz 17 anos. O bólido chegará no segundo semestre deste ano.

O modelo Mach 1 foi criado em 1969 e quebrou 295 recordes de velocidade e resistência nas pistas.

Como o original, o novo Mach 1 faz uma ponte entre os modelos Mustang GT e Shelby, trazendo motor V8, aprimoramentos na aerodinâmica, na suspensão e no cockpit, além de visual exclusivo.

“Estilo marcante, grande aceleração e velocidade o Mach 1 tem tudo”, diz Jim Farley, COO da Ford. “Este é um daqueles Mustangs especiais que realmente colocam um sorriso no rosto dos seus proprietários, entusiastas e fãs incluindo eu e nunca houve um momento melhor para trazer de volta o Mach 1 e torná-lo global.”

O modelo é equipado com motor V8, de cinco litros, especialmente calibrado com mais de 480 cavalos de potência a 7.000 rpm e 58 kgfm de torque a 4.600 rpm. O seu motor usa componentes revisados do Shelby GT350, como o coletor de admissão e o radiador de óleo do motor com capacidade 50% maior de refrigeração. Inclusive a transmissão é a mesma do Shelby GT 350, manual de seis velocidades e, que pela primeira vez, foi equipada com “rev-matching”, usando também o radiador de óleo do GT350 e a embreagem de disco duplo e câmbio curto do Mustang GT.

Quem quiser pode optar pela transmissão automática SelectShift de 10 velocidades, com conversor de torque atualizado e calibração exclusiva para maior performance. Um segundo resfriador de óleo a ar aumenta em 75% a capacidade de resfriamento.

O design do Mach 1 tem uma grade dianteira que lembra a original, com recorte em formato de nariz de tubarão e o emblema do cavalo no centro. Detalhes em cinza e preto fosco em todo o veículo criam um visual sofisticado.
As novas rodas pretas de alumínio, de 19×9,5 polegadas na frente e 19×10 polegadas na traseira são uma versão moderna das clássicas rodas estilo Magnum 500. O pacote Handling, exclusividade dos modelos com transmissão manual, inclui rodas de 19×10,5 polegadas e 19×11 polegadas e difusor dianteiro com maior “downforce”.

O interior tem painel de instrumentos exclusivo com detalhes em alumínio e um emblema entalhado com o número do chassi do veículo. Os bancos de couro preto trazem uma faixa laranja contrastante, uma herança Mach 1.

As opções de cores da carroceria são cinza Fighter Jet, prata Iconic, preto Shadow, branco Oxford, azul Velocity, laranja Twister, vermelho Race e amarelo Grabber, com faixas laterais e no capô em preto fosco com listras contrastantes em vermelho, branco e laranja.

A Mitsubishi Pajero Sport 2021 é o carro mais tecnológico e luxuoso da marca japonesa. (Foto: Divulgação)

Luxo em qualquer piso 

A importadora da Mitsubishi Motors no Brasil apresentou esta semana a nova geração do Pajero Sport 2021. Com duas versões disponíveis, HPE-S (a mais top) e a HPE, o novo SUV japonês tem capacidade para até sete passageiros e muita garra no off-road, é, segundo a marca, o automóvel mais luxuoso que a marca já produziu.

Com relação à antiga geração, o Pajero Sport foi redesenhado. A traseira ganhou novas lanternas em LED acima do novo para-choque traseiro. A traseira também ganhou um aerofólio.

Na versão mais requintada, a HPE-S, a tampa do porta-malas tem abertura e fechamento elétricos, que podem ser acionados de diversas formas: apertando um botão no painel, na tampa ou na chave, por meio de sensores de movimento instalados na parte inferior do para-choque traseiro em que basta o cliente passar o pé para a tampa se abrir e via aplicativo instalado no smartphone.

A frente, onde o novo design ficou mais marcante, ficou muito agressiva e atraente, com nova grade cromada envolvida por um novo para-choque. Os faróis esguios e os de neblina ambos em LED possuem de série o sistema Adaptive Front Lighting System (AFS), que direciona o feixe de luz de acordo com o esterço do volante, para melhor visibilidade em trechos de curva.

O interior ficou realmente muito agradável e luxuoso. Uma série de novas tecnologias e comodidades foi desenvolvida para o motorista e os passageiros. Começando pelo novo sistema de entretenimento com tela de até oito polegadas sensível ao toque e compatível com os smartphones pelos sistemas Google Android Auto e Apple CarPlay.

Uma vez com o telefone conectado, aplicativos como Waze, Google Maps e Spotify podem ser acessados pela tela do painel central do veículo de forma muito prática e sem distrações para o motorista.

A versão HPE-S possui ainda painel de instrumentos 100% digital, com uma série de opções de configurações e fácil acesso às informações vitais de funcionamento do veículo por parte do motorista. O painel também é totalmente integrado ao sistema de entretenimento do SUV.

O sistema Remote Control permite que o cliente conecte o seu smartphone ao veículo e, remotamente, execute diversas funções à distância, tal como acionar a abertura da tampa elétrica do porta-malas, verificar a abertura dos vidros, trancar as portas ou mesmo acender os faróis de LED.

A tecnologia ainda permite que a marca envie avisos importantes ao cliente diretamente para o seu smartphone ou smartwatch.

As duas versões são equipadas com um motor de 2,4 litros, 16 válvulas, turbo diesel e injeção direta, que oferece ao motorista 190 cavalos e 43,9 kgf.m de torque. A transmissão automática tem oito velocidades e permite a troca manualmente por meio dos paddle shifters atrás do volante.

Tradicionalmente, os modelos utilitários da Mitsubishi contam com boa desenvoltura no off-road. Na nova Pajero não é diferente. O sistema Super Select 4WD-II (SS4-II) oferece ao motorista quatro modos distintos de operação incluindo a reduzida, ideais para o tráfego em diferentes tipos de terreno. Por meio do seletor no console central, ele pode facilmente escolher o melhor ajuste, dependendo do local e das características do piso.

O novo Sport conta com o sistema Off-Road Mode, um recurso tecnológico que deixa o SUV preparado para encarar os mais variados terrenos. São quatro opções que garantem um bom desempenho em diversos tipos de piso: Gravel, Mud/Snow, Sand e Rock.

Em cada modo há uma configuração específica e todos são capazes de otimizar a tração para cada tipo de piso, alterando automaticamente a potência do motor e ajustando transmissão, sistema de freios e os controles de estabilidade e de tração. As informações são passadas em tempo real para o motorista através do painel de instrumentos. Além disso, o SUV conta com bloqueio do diferencial do eixo traseiro, o RD Lock. Em situações extremas, quando as rodas ficam suspensas em valetas transversais ou terrenos com erosão, o modelo é capaz de superar facilmente o obstáculo com um simples toque de botão.

O Pajero Sport 2020 já está à venda por R$ 291.990,00 na versão HPE e R$ 318.990,00 na HPE-S. A versão HPE pode ser adquirida com um pacote de opcionais que inclui teto solar e sistema Adaptive Cruise Control (ACC) pelo valor de R$ 8.000.

A traseira do Pajero Sport 2021 além das enormes lanternas agora conta com um aerofólio. (Foto: Divulgação)
O interior da nova Pajero Sport é muito luxuoso e tem muita tecnologia a bordo. (Foto: Divulgação)
O novo Volvo XC40 T5 Hybrid R-Design tem dois motores e potência de262 cavalos. (Foto: Divulgação)

Bom e elegante

E a virada de página dos veículos à combustão para os híbridos e elétricos continua. Esta semana a Volvo do Brasil apresentou o XC40 T5 Plug-In Hybrid R-Design. Com as já consagradas linhas da marca, a novidade é mesmo o motor híbrido. O modelo sueco conta, na verdade, com dois

motores, um elétrico, com 82 cavalos, e outro à gasolina, 1,5 litro, turbo de 180 cavalos. Unidos, oferecem ao motorista 262 cavalos de potência máxima.

O XC40 T5 Plug-In Hybrid R-Design, segundo a fabricante, faz de 0 a 100km/h em 7,3 segundos. As baterias de íons lítio com 10.7 kWh fazem com que o modelo rode cerca de 47 quilômetros no modo Pure, ou seja, só no elétrico.

Além disso, o modelo é equipado com as teclas Hold, que bloqueia o uso da bateria para uso posterior, e Charge, que recarrega a bateria em até 1/3 com o uso do motor à combustão. Preço da novidade: R$ 245.950,00

A nova geração do Mini Countryman chega no segundo semestre. (Foto: Divulgação) 

Nova geração 

E a Mini prepara para agosto deste ano o lançamento da segunda geração do Countryman. A marca deu uma modernizada no seu exterior, com novos faróis, faróis auxiliares, grade, para-choques e rodas.

Por dentro, apenas alguns detalhes mudaram. A novidade, na versão elétrica, é trocar opcionalmente o painel tradicional por um totalmente digital. Haverá também evoluções nos motores.

Um dos modelos que vai agitar o mercado de SUVs é o novo Volkswagen Nivus. (Foto: Divulgação)

Agora vai

Na próxima semana chegam oficialmente nos concessionários o Volkswagen Nivus, a Fiat Strada o Caoa Chery Arrizo 6. Mesmo nesta época de pandemia, o mercado automotivo está aquecido. Precisa recuperar o prejuízo.

A marca indiana Mahindra decidiu vendeu no mercado norte -mericano a cópia do Jeep, o Roxor. (Foto: Divulgação)
E se não bastasse produzir a cópia do modelo da Jeep, ainda lançou uma nova geração. (Foto: Divulgação)

Tudo se copia

Essa é muito boa. A fabricante indiana Mahindra, que já teve uma passagem não muito feliz pelo mercado brasileiro, quer crescer na área automotiva. E para isso escolheu o mercado dos EUA, onde lançou nada menos que um modelo jipe. O forte grupo industrial indiano que tem outras atividades bem sucedidas, em 2018 lançou no mercado norte-americano o Roxor, que é nada menos que a cópia do tradicional Jeep. A marca “dona” do projeto dos anos 40, a FCA Fiat Chrysler Automóveis proprietária da marca Jeep, entrou na com uma reclamação na Comissão de Comércio Internacional dos EUA para impedir as vendas dos jipes “marginais”. Lógico que a FCA ganhou a ação. Na decisão, a FCA conseguiu proibir as vendas do modelo com linhas que lembram o antigo modelo, principalmente sua marca registrada, que são as entradas do motor.

Mas a Mahindra não se fez de rogada. Entrou com um recurso e ainda lançou a nova geração do modelo Roxor, com pequenas mudanças na grade, alvo da briga.

Quem quer um modelo tipo jipe e não tem dinheiro para pagar o original vai de Roxor, bem mais barato. Mas não é um Jeep.

O modelo mais luxuoso da Land Rover ganha edição comemorativa do Range Rover. (Foto: Divulgação) 

Show de versão 

A tradicional marca inglesa Land Rover comemorou na última quarta-feira (17.06) os 50 anos do Range Rover, com uma edição limitada em 1.970 unidades. O luxuosíssimo SUV surgiu em 17 de junho de 1970 para ser topo de linha da marca Land Rover. O Fifty chegará com várias motorizações, entre elas, um motor híbrido Plug-In P400e de 404 cavalos. O modelo comemorativo terá muita tecnologia embarcada exclusiva, assim como cores e acabamentos. As rodas serão de 22 polegadas e dentro do carro, no painel, terá uma placa gravada com os dizeres: “1 of 1970”.

Bom e ruim 

A Ford anunciou esta semana a assinatura de intenções para a venda da fábrica de São Bernardo do Campo-SP com a Construtora São José, especializada em empreendimentos imobiliários logísticos e comerciais de alto padrão.

Vários compradores tinham interesse na área gigantesca, mas a Construtora São José apresentou a melhor alternativa para a planta e para a região.

A conclusão final desse processo depende da realização de uma diligência conjunta, que deve ser completada no prazo de aproximadamente 90 dias.

A possibilidade de a área voltar a produzir veículos, como foi noticiado várias vezes, foi por água abaixo. É mais uma página virada do setor automotivo.

Volta ao trabalho

Na próxima segunda-feira (22.06), a Toyota do Brasil retoma a produção no Estado de São Paulo. De maneira gradual, as unidades de São Bernardo do Campo, Indaiatuba e Porto Feliz retomam suas atividades produtivas, enquanto a planta de Sorocaba voltará somente no dia 26 de junho.

A nova Triumph Tiger 900 chega ao mercado em duas versões. (Foto: Divulgação)

Nova Tiger 

A Triumph já está comercializando a nova motocicleta Tiger 900, para entrar na briga no segmento Adventure. O modelo foi desenvolvido para substituir a bem-sucedida Tiger 800. A nova moto chega às concessionárias em duas versões: Tiger 900 GT Pro (R$ 57.990,00) e Tiger 900 Rally Pro (R$ 59.990,00). Esses preços são promocionais. A principal diferença entre os dois modelos é a sua proposta de uso. A Tiger 900 Rally Pro foi projetada para oferecer o máximo em aventuras off-road, com capacidade e conforto focados no fora de estrada. Já a Tiger 900 GT Pro tem um perfil voltado para aventuras mais urbanas e viagens de longa distância com foco no on-road.

Stock virtual 

Com pilotos da Stock Car e Stock Light, terá início no dia 1 de julho o primeiro campeonato virtual da principal categoria do automobilismo brasileiro, a Stock Car. O e-Stock Car Racing terá corridas em quatro traçados, começando no Velo Città e terminando em Interlagos, e pretende replicar no mundo virtual as emoções de uma das mais disputadas e profissionais categorias do mundo. Cada etapa consistirá de treinos livres, classificação e corrida, oferecendo cerca de uma hora de atração aos fãs de automobilismo nesta fase de distanciamento social.

O e-Stock Car Racing será disputado dentro da plataforma Automobilista2, nova versão de um dos mais populares jogos de corrida virtual, que estreará no dia 24 de junho.

“Nossa meta é oferecer aos fãs mais contato com os pilotos e o ambiente da Stock Car. Certamente o público que nos acompanha está ressentido dessa longa parada que todos estamos fazendo em função da pandemia. E essa será uma boa prévia do que verão na pista, no campeonato real”, diz Carlos Col, CEO da Vicar, promotora da Stock Car e Stock Light. “Este campeonato será uma forma de manter essa conexão, que é tradicional e forte entre o público que gosta de corridas e a Stock Car”, conclui.

A Stock Car será a principal atração da nova versão do jogo Automobilista. Os conteúdos do campeonato serão transmitidos ao vivo pelo site Grande Prêmio e mídias da Stock Car. Confira as datas e locais do campeonato:

1ª etapa 01/07 Velo Città
2ª etapa 15/07 Santa Cruz do Sul
3ª etapa 23/09 Cascavel Virtual
4ª etapa 11/11 Interlagos


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0