Copa Petrobrás incentivará novos pilotos

276180_578895_fad_1576

Visando atrair mais pilotos a competir em uma categoria de custo acessível, dentro de um grande evento, televisionada e com grande apelo junto a público e patrocinadores, a Copa Petrobras de Marcas incluiu uma novidade em seu regulamento para a temporada de 2016: a abertura de treinos para pilotos que não estão inscritos no campeonato.

A intenção é dar oportunidade a pilotos que nunca competiram na categoria a experimentarem o moderno carro da principal categoria multimarcas do automobilismo nacional: motor de 300 cavalos, pneus slicks, tração dianteira e o câmbio Xtrac de acionamento sequencial.

Serão dois períodos de abertura durante a temporada 2016: a primeira expira em 25 de maio e a segunda parte vai de 1º de julho a 25 de agosto. O regulamento determina que estes treinos sejam realizados em dias úteis (de segunda a sexta-feira).

“A mudança no regulamento vem justamente para preencher o que estava faltando. Nossos treinos de desenvolvimento só atendiam pilotos inscritos no campeonato. Agora abrimos a possibilidade para pilotos com menos experiência ter um contato com o carro, sentir suas reações, seu funcionamento e ter uma percepção de sua potência, além de conhecer de perto o ritmo de trabalho de uma equipe do Brasileiro de Marcas. Tudo isso é importante e pode pesar na decisão de um piloto ao definir em qual categoria participar”, destacou José Avallone, consultor técnico da Vicar.

Para participar, basta o piloto procurar qualquer uma das equipes inscritas no campeonato. Esta, por sua vez, fará o pedido à Vicar, empresa promotora da categoria, a liberação. Os treinos terão acompanhamento da JL, empresa que constrói os carros da Copa Petrobras de Marcas.

“Liberar treino é fundamental para apresentar a categoria a novos pilotos, e através desse primeiro contato surgir o interesse para eles olharem mais para o Marcas e ver nela uma excelente opção para seguir carreira. É muito viável e é uma excelente opção para o piloto se profissionalizar”, destaca Nonô Figueiredo, piloto e chefe da Onze Motorsports, equipe que compete com o Chevrolet Cruze.

Para cada piloto haverá um limite de dois treinos e cada sessão não poderá exceder 250 quilômetros, com permissão para a compra de dois jogos de pneus para tal.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0