Cuidado com óleo lubrificante é essencial para manter o bom funcionamento do catalisador

A falta de atenção com a manutenção preventiva periódica do veículo pode, muitas vezes, levar o consumidor a ter gastos inesperados com o reparo de alguns componentes. Por isso, fique sempre atento aos prazos de troca do óleo e filtros, para que algumas peças, como o catalisador, sejam danificadas.

O catalisador integra o sistema de exaustão dos veículos, e diminui por volta de 98% a quantidade de gases poluentes emitidos pelo automóvel.

A queima do óleo lubrificante resulta em algumas substâncias químicas como fósforo, zinco, cálcio e magnésio. Estas substâncias causam danos irreversíveis à peça, como explica Alan Arnhem, gerente de Aplicação do Produto da Umicore, empresa especializada em tecnologia de materiais. “Esses componentes se acumulam no interior da peça, prejudicando a conversão dos gases nocivos liberados no processo de combustão do motor em gases inofensivos ao meio ambiente”, afirma.

Além da correta utilização de óleos lubrificantes, a realização de revisões periódicas do automóvel e a consulta ao manual são ações fundamentais para manter o bom funcionamento do veículo. “Também é muito importante ficar atento a qualquer anormalidade no consumo do óleo lubrificante e, em caso de necessidade, procurar um profissional de confiança para corrigir a falha”, completa Arnhem.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0