Edge ST destaca-se pelo conforto e desempenho

Já está à venda no Brasil a nova geração do Ford Edge, agora na versão esportiva: a ST. E estas duas letras fazem toda a diferença. Mesmo com concorrentes como o Audi, Mercedes, BMW, Lexus e até Porsche, o Edge encarra com brilhantismo e até alguma superioridade em muitos quesitos.
O novo SUV da Ford é fabricado no Canadá e chega com um apelo esportivo como nunca foi visto no modelo. E, diga-se de passagem, é muito bonito e atraente. O modelo impõe respeito e olhares.

O Edge ST tem uma aceleração forte, graças ao motor V6 2,7 litros, EcoBoost com injeção direta de combustível e dois turbos — com 1,4 bar de pressão — que oferecem ao motorista 335 cv e um torque impressionante de 534 Nm a 3.000 rpm.

Isso faz que o modelo acelere de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos e atinja a velocidade máxima de 205 km/h. E vale lembrar que ele pesa 2.030 quilos.
O câmbio automático de oito marchas, poderia ser mais rápido, mas funciona bem e faz uma boa parceria com o motor. A tração integral se adapta às necessidades do motorista através de sensores que processam as informações em 10 milissegundos e assim, determinar a tração ideal e escolher em até 100% do torque para as rodas dianteiras ou traseiras.
O design é muito bonito e agressivo, com muitos vincos, saias laterais, grade em colmeia, rodas 21 polegadas com pneus de perfil baixo (265/40) pintadas de preto e a saída do escape com dois canos. Mas falta uma opção de um ronco mais agressivo, como no Mustang. O barulho é muito comportadinho para um modelo “esportivo”.
Por dentro, graças ao entre-eixos de 2,85 metros, oferece muito espaço e conforto. Os bancos, em couro e camurça, são reguláveis e muito confortáveis, principalmente na frente. O banco do motorista, não deixa de ser muito confortável, mas poderia abaixar um pouco mais. Para as consumidoras do sexo feminino, que gostam do banco mais elevado, vão adorar. O volante esportivo e com diversos controles, tem boa empunhadura e conta com as borboletas para troca de marchas (paddle shift). No apoio de cabeça dos bancos dianteiros, duas telas de oito polegadas com um completíssimo sistema de entretenimento.

O som é da marca Bang & Olufsen, com 12 alto-falantes da marca que oferecem um som maravilhoso.
O SUV da Ford possui oito airbags, câmera dianteira de 180 graus, controle eletrônico de estabilidade e tração, anticapotamento e controle de torque em curvas AdvanceTrac, assistente de partida em rampa, monitoramento de pressão dos
pneus, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, chave programável MyKey e ganchos e fita de segurança para cadeiras infantis.
Suas tecnologias de assistência, reunidas no pacote Ford CoPiloto 360, incluem sistemas de monitoramento de ponto cego, permanência em faixa, assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestres, piloto automático adaptativo com Stop & Go, auxiliar de manobras evasivas, farol alto automático,
câmera de ré, estacionamento automático e navegação.
O carro tem uma estabilidade muito boa e um acerto muito competente. Aliás, característica dos carros esportivos da marca norte americana. As molas, na dianteira, ficaram 10% mais rígidas e a barra estabilizadora é mais grossa. Atrás, as molas são 20% mais firmes e amortecedores do tipo “monotubo” em vez dos convencionais. As barras estabilizadoras também são maiores. Os freios muito competentes, contam com discos ventilados na dianteira e na traseira e ABS e EBD (Freio de estacionamento elétrico).
Com muita tecnologia embarcada, o Edge ST é muito bonito, ágil, potente e confortável. Preço: 299 mil reais. Vale, pode conferir.

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0