Escapamento barulhento pode ser reprovado na inspeção veicular

A partir do ano que vem, a Prefeitura de São Paulo vai incluir na inspeção veicular a análise dos níveis de ruídos emitidos pelos carros. O teste será feito junto com o ambiental, que mede a emissão de poluentes e é realizado desde 2008. O dono do veículo precisará da aprovação nas duas inspeções para obter o selo de aprovação e, assim, poder fazer o licenciamento.
A Secretaria do Verde orienta os motoristas a identificar a causa dos ruídos fora do normal e fazer o conserto antes da inspeção ambiental. Se o veículo for reprovado, o proprietário tem um mês para resolver o problema e agendar novo teste. Se não cumprir o prazo, paga novamente a taxa para inspeção.
Assim como já acontece na análise de emissões, se o nível de ruído ultrapassar o limite estipulado o carro é reprovado. Cerca de quatro milhões e meio de veículos fizeram a inspeção em 2010. A frota da cidade supera os sete milhões de veículos.
Os veículos que não passaram pela inspeção veicular ambiental correm o risco de serem multados pelos novos radares da cidade. São 177 equipamentos que têm o sistema de Leitura Automática de Placas (LAP) e que poderão fiscalizar a regra, de modo semelhante como acontece com o rodízio. O valor da multa é de R$ 550, mas as autuações só vão começar quando houver a regulamentação por parte das Secretarias do Verde e do Meio Ambiente e Transportes.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0