Expedição parte para 8 mil quilômetros de aventuras


Com muita disposição e animação partiu hoje, dia 10, da fabrica da Citroën do Brasil, em Porto Real (RJ), a Expedição Aircross, viagem de aventura que percorrerá cerca de oito mil quilômetros em território brasileiro a bordo do novo SUV da marca, o Aircross. 
Por volta das 10h, os dez aventureiros selecionados para a viagem, acompanhados de uma equipe formada por mais de 40 profissionais, partiram em direção à Barra da Tijuca, cidade do Rio de Janeiro e distante cerca de 150 km.

Pé na estrada

Ao voltar os olhos novamente para o roteiro, o grupo se organiza e parte da Cidade Maravilhosa em direção à Ilha do Araújo, em Paraty, em uma viagem de cerca de 240 km. É lá que a Expedição passa a noite e tem uma das primeiras aventuras. Conhecida como uma comunidade caiçara, ou seja, abastecida basicamente da pesca, a ilha proporcionará aos aventureiros a oportunidade de vivenciar um pouco da cultura local. A atividade principal, para se ter uma idéia, será um passeio de barco, comandado por um pescador. Para os que tiverem mais intimidade com a água, a proposta é curtir uma canoa feita com apenas um tronco.
No dia seguinte (11), a equipe despede-se do Estado do Rio de Janeiro e segue para a cidade de São Sebastião, no litoral norte paulista, distante 150 km. O deslocamento terá como plano de fundo a bela costa litorânea da região, cada vez mais prestigiada por brasileiros e estrangeiros.
Os detalhes da Expedição Aircross poderão ser acompanhados diariamente em seu site exclusivo (www.expedicaoaircross.com.br), por meio de links ao vivo, pelo twitter (@expedicaoAIRCROSS) ou pelo blog.
Sobre a expedição

A Expedição Aircross acontecerá de 10 de novembro a 10 de dezembro e tem como proposta fazer um verdadeiro inventário antropológico e cultural do Brasil. O material dará origem a um reality de 13 episódios, que será transmitido pelo canal Multishow, e, em 2011, a um documentário sobre a beleza e diversidade brasileira.
Os expedicionários viajarão por mais de oito mil quilômetros, para regiões pouquíssimo exploradas, perfeitas para prática de esportes radicais como escalada, rapel, montanhismo, ciclismo, trekking, parapente, entre outros.
A viagem remonta as experiências de André Citroën, fundador da marca, que, entre as duas guerras mundiais, fez três grandes expedições: para a o Deserto do Saara (Croisière Des Sables), para a África (Croisière Noire) e para a Ásia Central (Croisière Jaune). Em todas elas, levava consigo uma equipe para registrar os traços culturais das regiões pelas quais passava.
Na versão brasileira, os expedicionários poderão participar de uma festa tipicamente germânica em uma comunidade alemã no município de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina; de um luau na Juréia, no litoral de São Paulo; de um acampamento em uma aldeia Xavante; e, de quebra, escalar o Pico da Neblina e ver o sol se pôr na Serra do Roncador, santuário metafísico de esotéricos.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0