Mercedes Benz lança o novo Unimog

Unimog2

As versões do Unimog “extreme off-roader”, U 4023 e U 5023 “nariz curto”,  foram submetidas a uma renovação total, apresentando o conceito do motor no meio do veículo. O motor foi posicionado um metro para trás, o que ajuda não somente a acomodar os conjuntos necessários para atender o Euro 6, como permite a instalação da tomada de força diretamente no motor. Isso significa que os dispositivos podem operar independentemente do veículo estar sendo conduzido. Além disso, conforme a configuração do Unimog, continua disponível a tomada de força na transmissão.
O veículo se beneficia de sua proximidade com os modelos de série dos caminhões Mercedes-Benz. Ao compartilhar os processos de produção na fábrica de Wörth, na Alemanha, obtém uma produção extremamente eficiente, com alta qualidade garantida e acesso rápido às peças de reposição. 

Cabina clássica

A cabina do Unimog é clássica – ela define a aparência do veículo desde 1974 e isso se repete com o “extreme off-roader”. A nova versão de série é 120 mm mais longa do que sua precedente e é também um pouco mais alta. Juntamente com a mudança dos controles da transmissão do console central para a alavanca da coluna da direção, isso resulta em condições generosas de espaço, substancialmente maiores dentro da cabina.
Por dentro o Unimog exibe uma nova gama de equipamentos, incluindo um volante de direção multifuncional, coluna de direção ajustável, botões multifuncionais, painel de instrumentos com tela grande e um sistema de aquecimento e ventilação aprimorado. Esse conjunto de elementos cria condições ideais de trabalho para o motorista.
O reposicionamento de muitos controles no console de teto torna muito mais fácil o movimento de passagem do banco do motorista para o do copiloto. A posição de assento na área de baixa vibração atrás do eixo dianteiro, juntamente com o novo conceito de montagem da cabina, asseguram maior comodidade de direção nas condições off-road. Assim, o motorista e os acompanhantes podem desfrutar de um conforto superior no novo Unimog, o que não é uma característica comum em veículos especializados dessa natureza.

Menores tempos

A transmissão do Unimog foi otimizada e aprimorada, o que resulta em menores tempos de mudança, além do prolongamento da vida útil. A transmissão é operada por meio de alavanca na coluna da direção, que também é usada para controlar uma função eletrônica de ré rápida (EQR). Como na versão anterior, estão disponíveis 8 marchas para frente e 6 para trás. Também há um grupo opcional para uso off-road com velocidades entre 2,5 e 35 km/h.
A segurança também foi aprimorada: o novo freio motor é um freio de descompressão de dupla velocidade que, no caso do OM 934, desenvolve uma potência de frenagem de até 180 kW. Cada cilindro do motor possui sua própria unidade de freio motor. A alta eficiência de frenagem reduz consideravelmente o desgaste dos sistemas de freios das rodas, melhorando muito a economia geral. O ABS off-road é item de série.
Como ocorre com todos os veículos comerciais Mercedes-Benz, as novas designações de modelos do Unimog incluem o valor do hp: 230 nesse caso. Os primeiros dois dígitos da designação referem-se ao tipo de veículo. As maiores diferenças entre os dois modelos vem da forma dos eixos e quadros, que assim afetam as cargas dos eixos e o peso bruto do veículo. No caso do U 4023, trata-se de um máximo de 10,3 toneladas e para o U 5023, um máximo de 14,5 toneladas.

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0