Murano decepciona no teste de colisão

latin-murano

No último teste de 2016 do Latin NCAP, Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina, o modelo em questão foi o Nissan Murano, referência no mercado norte-americano. Apesar da boa lista de equipamentos de segurança, o SUV decepcionou no teste de colisão frontal.

O Murano é equipado com sete airbags e controle eletrônico de estabilidade (ESC), mas isso não foi suficiente para garantir um bom desempenho na segurança para adultos. No relatório referente ao teste, que foi patrocinado pela própria marca, o modelo recebeu apenas duas estrelas, de uma escala de zero a cinco, no quesito proteção para adultos no teste de colisão frontal. A avaliação foi justificada por apresentar baixo desempenho estrutural neste teste, destacando ainda os danos na área do motorista, considerando tórax, pernas e pés, além da movimentação na direção.

No restante dos testes o modelo apresentou eficácia. Mesmo no de colisão frontal, mas para proteção de criança, o Murano se saiu bem, recebendo quatro estrelas. No teste de ESC, o Latin NCAP declarou que o Murano cumpre com os requerimentos regulatórios.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0