Mustang revisto em novo documentário

Mustang_ Mad Men

 

O Ford Mustang, um dos carros de maior sucesso da indústria  automotiva mundial, é o tema de um documentário especial que acompanha o DVD da  quarta temporada da série de TV Mad Men. A famosa produção americana, que mostra  a rotina de uma agência de publicidade dos anos 60, oferece esse bônus como  homenagem aos 50 anos do “pony car” que serão completados em  2014. O documentário “Marketing the Mustang: an  American Icon” tem 30 minutos e traz imagens e entrevistas exclusivas sobre o  veículo.

O documentário dá uma visão abrangente de como a Ford desenvolveu e  lançou um dos carros de maior sucesso da indústria. Para conhecer os bastidores  da construção desse mito, o produtor Cicely Gilkey foi direto à fonte e gastou  incontáveis horas pesquisando nos arquivos da Ford em Dearborn, nos EUA. 

 Mustang_ Mad Men 2

Pesquisa

“A Ford me deu carta branca para pesquisar qualquer arquivo que eu  precisasse, disponibilizou o material, permitiu gravações na pista de testes e  muito mais”, diz Gilkey. “Também me apresentaram a John Clor, da Ford Racing.”  Clor é líder de comunicação da área que produz peças para os veículos esportivos  da Ford. Ele também é o canal da marca para os mais de 300 fãs-clubes do Mustang  espalhados pelo mundo. 

“Foi uma grande mudança  quando os jovens começaram a influenciar as decisões de compra no começo dos  anos 60. Eles não queriam mais o carro velho dos avós”, diz Clor. “Os jovens  estavam à procura de algo totalmente oposto ao que viam nas ruas, eles queriam  distância dos padrões.”  

 Os designers e engenheiros da Ford criaram um veículo com essas  características, entregando um pacote de praticidade, estilo, performance e  preço acessível, não encontrado em nenhum outro produto. A Ford vendeu mais de 1  milhão de Mustangs nos primeiros 20 meses do lançamento, em abril de 1964, um  fato inédito na indústria.

Personalização

O Mustang contava com as versões cupê,  conversível e fastback, com motor de seis cilindros ou V8 e transmissão manual  ou automática. A variedade de opções de cores e acabamento eram outros atrativos  do modelo. Em 1965, o Shelby GT350 trouxe para as ruas o desempenho de um carro  de corrida.

Com tantas opções, encontrar dois Mustangs exatamente iguais era  raro, o que criou um apelo de originalidade para o público jovem. O poder de  transformação do carro é retratado em um comercial da época, com um homem maduro  desejando se tornar jovem ao dirigir um Mustang.

Esse mesmo espírito continua até hoje. Os proprietários do Mustang  podem personalizar o carro usando uma grande variedade de peças e acessórios,  tanto originais de fábrica como encontrados no mercado de tuning. Mesmo quem não  possui o modelo pode criar o “pony car” dos seus sonhos, usando o aplicativo  Mustang Customizer na internet, e depois compartilhá-lo com os amigos nas  redes sociais. 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0