Mustang: um carro para colorir a vida de qualquer fã

MustangBoss302

 

A Ford escolheu o Mustang, seu maior ícone de todos os tempos, para mostrar a evolução na preferência de cores dos veículos nos últimos 50 anos. O objetivo é mostrar como as cores acompanham as tendências da moda, costumes, gostos e atitudes dos consumidores em cada época.

Um curioso estudo histórico da Ford mostra que, nessas cinco décadas, as cores dos automóveis variaram de marrons e amarelos suaves para tons mais ousados, que contribuíram para diferenciar o esportivo mais popular do planeta.

Mustangrosa

Assim, as cores preferidas pelos donos do Ford Mustang, de certa forma, mostram as tendências da indústria como um todo, num período que entre outras transformações viu a televisão passar de preto e branco para colorida.

Paleta de cores

A paleta de cores do Mustang reflete as preferências de cada época. Atualmente o preto é a cor preferida dos proprietários de Mustang: 28% dos pedidos, ou seja 10% mais que na última década. Como comparação, somente 1,5% dos clientes optaram por essa cor entre 1967 e 1973, segundo os registros históricos de produção.

MUstangShelbyGT500O vermelho, que sempre foi uma cor popular nos carros esportivos,  representa 21% de todos os Mustangs vendidos até hoje. Em 1976, pouco mais de 10% da linha trazia essa pintura, mas na última década ela avançou para 22%. Depois de dominar os primeiros anos do Mustang e atingir o pico de 30% em 1968, quando era oferecido em seis diferentes tonalidades, o azul retornou aos catálogos. Nos últimos anos, a disponibilidade de vários tons ajudou essa cor a atingir 23% das vendas. O prata é outra cor que sempre manteve um certo equilíbrio de preferência.

Outras favoritas dos primeiros anos, como verde, amarelo e marrom, foram deixadas de lado no século 21. O verde e o amarelho são geralmente encontradas em edições limitadas do Mustang, como Bullitt e Boss 302. Já o último marrom remonta a 1989.

MustangBullitt

Apesar de acompanhar a moda, o Mustang traz uma curiosidade. Hoje, a cor de carro mais vendida nos Estados Unidos é o branco, mas o Mustang resiste à tendência: só 10% da linha traz essa cor.

Apaixonados pelo Mustang

Em sua história, o Mustang criou várias propostas com tonalidades especiais que vão do rosa “Playboy”, de 1967, ao furta-cor “Mystichrome” no Cobra 2004 SVT e ao atual verde “Gotta Have It Green”.

Fiel à proposta de ser “o carro desenhado para ser desenhado por você”, o Mustang sempre ofereceu aos clientes uma ampla opção de cores, pacotes e edições especiais.

“Os donos do Mustang são apaixonados pelo carro e a cor externa que eles escolhem faz parte da ligação emocional com o veículo”, diz Melanie Banker, gerente de Marketing do Mustang. “Eles compram um carro na cor amarela ‘School Bus’ ou azul ‘Grabber’ porque reflete o que eles querem que o seu Mustang diga ao mundo sobre eles.”

MustangCupeazul

 

Para alguns proprietários, o significado da cor vai além e ajuda a criar uma ligação com pessoas que compartilham a mesma paixão. Um exemplo é o clube Yellow Mustang Registry, dedicado aos donos de Mustang amarelos.

Fundado em 2001, ele tem mais de 8.900 membros e veículos registrados em todo o mundo e já promoveu mais de 60 eventos desde a sua criação. Os modelos registrados vão do amarelo “Springtime” das linhas 1965-66 ao amarelo “Zinc”, lançado em 2000.

Da mesma forma, o AllRedMustangs.com é dedicado a todos os “Ford Mustangs de 1964 até hoje, desde que sejam vermelhos”, com mais de 1.300 membros em 14 países.

MustangGT MustangCobralaranja

“O  Mustang é uma extensão da pessoa, faz parte da personalidade do proprietário”, diz Steve Schattem, presidente e fundador do AllRedMustangs.com. “Acho que o vermelho ficou mais popular ao longo dos anos desde que o Mustang tornou-se o ‘muscle car’ da América. As cores são um excelente meio de unir pessoas com algo em comum.”

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0