Nissan cria triciclo para atleta paralímpico

image003

A Nissan usou sua experiência automotiva para apoiar o desempenho de David Stone, membro do Império Britânico (MBE), tricampeão paralímpico e oito vezes campeão Mundial, na sua busca pela vitória. Em colaboração com o Instituto Inglês de Esportes (EIS) e o Ciclismo Britânico, a equipe de inovação do Centro Técnico da Nissan Europa (NTCE) tem usado sua experiência em engenharia e inovação para desenvolver um novo triciclo.

A Equipe de Inovação Nissan iniciou o projeto em 2014, seguindo muitos dos procedimentos envolvidos na concepção de um carro. Depois de escanear a laser 3D o triciclo que David possuía na época, um processo normalmente reservado para criar modelos de barro, a equipe do departamento de design da Nissan Europa estabeleceu que o novo triciclo seria mais leve que o de aço híbrido/carbono e sua posição de condução mais baixa para melhorar significativamente a velocidade e estabilidade.

A equipe escolheu o titânio de grau 9 para criar o novo triciclo, conseguindo uma redução de peso de 18%. Seu foco seguiu a mesma filosofia de material e conceitos básicos que é aplicada ao sistema de escapamento de titânio leve utilizada no Nissan GT-R NISMO. Da mesma forma que um motorista do Nissan GT-R perceberia a redução de peso e a melhor aceleração, David perceberá que seu novo triciclo agora pode acelerar mais rápido na linha de largada e na saída das curvas lentas.

Usar titânio ao invés do aço também permitiu à Nissan endurecer o quadro, que é a chave para a transferência da potência entre o piloto e a pista. Para medir a rigidez do triciclo atual do David, a análise modal altamente especializada foi realizada por engenheiros da Nissan, no qual os sensores são colocados por meio do quadro para medir a sua ressonância. O Nissan GT-R NISMO também foi testado e desenvolvido utilizando o mesmo método.

DavidStone_Nissan_02A marca também descobriu que o triciclo original de David tinha construído a partir de um quadro de bicicleta padrão anexado a um kit de conversão de triciclo de aço pesado, impactando seu desempenho. Usando ferramentas de Inovação digital 3D, a equipe desenvolveu um projeto de triciclo totalmente integrado, que incorpora um sistema de acionamento duplo. Isso permite que ambas as rodas possam ser movidas de forma independente como acontece no sistema da traseira dos carros.

Ao longo do processo, a marca japonesa também adotou outras técnicas, tais como o teste de “downhill” do veículo em uma pista – similar à utilizada para calcular a eficiência aerodinâmica dos carros – e permitiu que David acessasse a câmara térmica que o preparou para as altas temperaturas do Rio de Janeiro durante seu treinamento.

Alec Patterson, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Projetoque liderou o time de especialistas em inovação do Centro Técnico da Nissan na Europa (NTCE), explica que “a Nissan inicialmente discutiu com o EIS as formas que poderíamos utilizar nossas expertises em desenvolvimento de engenharia para o benefício dos atletas paralímpicos. O Projeto Trike (um modelo de bicicleta de três rodas) de David Stone foi escolhido por ter potencial de aprimoramento significativo e poder se beneficiar diretamente da nossa vasta experiência com produção e design de veículos”.

David Stone comentou: “Estes anos trabalhando com Alex e o time de Inovação da Nissan em Cranfield têm sido muito empolgantes. Eu nunca imaginei que poderia ter acesso a um time de especialistas em engenharia que criaria algo específico para mim. Estou ansioso para andar na minha nova trike no Rio e deixar todos os britânicos orgulhosos”.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0