Novo 308 perde um pouco da harmonia

novo-peugoet-308

A Peugeot apresentou o novo 308, com uma frente mais sisuda e poucas alterações estéticas. O veículo, fabricado na Argentina, chega ao Brasil para dar uma sobrevida ao conhecido modelo 308, já que a retração do mercado e a alta do dólar tornaram inviáveis os planos da marca de trazerem o modelo europeu para o mercado nacional.

A principal mudança da reestilização ficou concentrada na parte frontal, que conta com novos para-choques, grade frontal e novos faróis. O logo da marca também mudou de posição e agora está preso na grade e não mais no capô, como nos modelos anteriores. Atrás, a única mudança é o layout das lanternas.

 O modelo trouxe, ainda, algumas novidades em relação à versão anterior, mas nada muito inovador. A versão de entrada do Peugeot conta, agora, com airbags frontais, laterais e de cortina, além de controle de estabilidade, sensores de chuva, luminosidade e estacionamento. No entanto, a nova central multimídia, com tela sensível ao toque e suporte às plataformas Android Auto e CarPlay, da Apple, só está disponível na versão de topo, assim como a câmera de ré, os bancos de couro e o sensor de estacionamento dianteiro.

 Em relação ao motor, o modelo conta com três versões. A de entrada contém um motor com 1,6 litro de 122 cavalos; a intermediaria conta com um motor 2,0 litros, de 151 cavalos e a última e mais potente versão, contém um motor 1,6 litro turbo com 173 cavalos de potência, 12 a mais que a versão anterior, que contava com 165 cv. O modelo conta com transmissão automática de seis marchas, ou manual de cinco. Os preços das versões Allure 1.6, Allure 2.0 e Griffe THP são de R$ 69.900, R$ 75.900 e R$ 82.900, respectivamente.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0