Queda no setor chega a 21% em abril

ImageProxy

O desempenho do setor automotivo, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), manteve-se em queda no mês de abril. As 266.526 unidades emplacadas no setor da distribuição de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros) representam uma baixa de 21,34% em comparação as 338.813 unidades no mesmo mês de 2015. Em relação a março, a queda foi de 9,32%, já que os emplacamentos do mês passado chegaram à marca de 293.913 veículos.

No acumulado de 2016 a retração foi ainda maior, com 22,52%. A soma dos emplacamentos dos quatro primeiros meses deste ano chegaram a 1.064.521 unidades, diferença de 309.343 frente as 1.373.864 do primeiro quadrimestre do último ano.

Os segmentos de automóveis e comerciais leves, somados, apresentaram queda de 9,06% em abril em relação ao mês anterior. Foram emplacadas 157.579 unidades, contra 173.270 em março de 2016. Se comparado com abril do ano passado (211.614 unidades), o resultado aponta queda de 25,53%. No acumulado do ano, esses segmentos caíram 27,62%. Foram comercializadas 622.620 unidades no quadrimestre 2016, contra 860.255 no mesmo período de 2015.

Entre os principais motivos que levaram a essa queda elencados por Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave, estão o menor número de dias úteis em abril deste ano e também o agravamento da crise política no país. Assumpção diz ainda que “o impasse político e os ajustes pendentes na economia mostram uma perspectiva mais negativa da que prevíamos no início deste ano, o que nos fez reavaliar as projeções para 2016”. De acordo com a nova projeção da Fenabrave, todos os segmentos somados encerrem o ano de 2016 com queda de 15%.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0