Renault apresenta a nova Alaskan

Renault_80147_global_en

A Renault revelou ontem (29), na Colômbia, sua primeira picape média, a Alaskan, fabricada inicialmente na Espanha e no México. A Renault Alaskan foi desenvolvida a partir da plataforma da nova Nissan Frontier , marcas co-irmãs. A partir de 2018 o modelo entrará em produção na Argentina, onde a “prima” japonesa já é fabricada. O modelo fabricado atenderá o mercado brasileiro. 

A Alaskan e a Frontier dividem componentes e também a motorização: 2,3 litros dCi de quatro cilindros, a diesel, com opções 160 cv ou 190 cv de potência. O câmbio terá opção manual de seis marchas ou automático com sete. Para outros mercados, a marca deve apresentar outros três motores: um a gasolina de 2,5 litros com 160 cv de potência e outros dois, também com 2,5 litros, no entanto, turbodiesel de 160 e 190 cv de potência máxima. Haverá versões com tração 4×2 e 4×4. 

Renault_80154_global_enOs itens trazidos pela Alaskan são bem próximos aos das outras picapes do mercado: ar-condicionado digital dual zone, sistema multimídia com tela sensível ao toque e botão de partida, o diferencial fica por conta da visão 360º, que auxilia o motorista na hora de estacionar e fazer balizas. O sistema funciona com  quatro câmeras postas nos para-choques traseiros e dianteiros que dão ao motorista uma visão completa ao redor do carro. O pacote de segurança também não fica para traz, com piloto automático, controle eletrônico de tração e de estabilidade e assistente de partida em rampa e decida.

Para se enquadrar no segmento, a Alaskan tem capacidade de carga de 1,2 toneladas e pode aguentar até 3,5 toneladas no reboque. 

 

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0