Roubo de cargas aumenta 14% em 2009

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, em 2009 o Estado registrou 7.776 roubos de cargas, número 14,4% superior ao de 2008, quando foram totalizadas 6.653 ocorrências.
O aumento do roubo de cargas, no entanto, tem feito um outro segmento crescer: o de escolta armada. “O setor registrou aumento em média de 50% nos últimos dois anos. Este tipo de roubo é feito por quadrilhas especializadas e combatê-lo não é tarefa fácil, mas a escolta armada dificulta a ação dos bandidos”, explica Autair Iuga, presidente da Comissão de Escolta Armada do Sesvesp (Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado de São Paulo).
A capital e a Grande São Paulo são as regiões que mais tiveram roubo de cargas. Em 2008, a capital paulista registrou 4.155 casos, e em 2009, este número subiu para 4.846, ou seja, aumento de 16%.
Os medicamentos estão entre as cargas mais visadas, pois são de fácil revenda, seguidos por eletroeletrônicos e defensivos agrícolas. A maioria dos casos ocorre num raio 150 km da capital e em todas as rodovias que chegam ou saem da cidade. O prejuízo anual atinge a casa dos R$ 250 milhões.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0