S10 lidera segmento das picapes médias no País pelo 15º ano consecutivo

A Chevrolet S10 continua firme na liderança do mercado brasileiro de picapes médias pelo 15º ano consecutivo. De janeiro a dezembro de 2009, foram emplacadas 39.243 unidades, resultado que conferiu ao modelo uma participação de 35,6% no segmento, contra 30.996 unidades do segundo colocado. Além da liderança, o modelo registrou uma evolução de 25,3% nas vendas, comparativamente ao ano de 2008 (31.310 unidades), crescimento superior ao do segmento, que foi de 18,9% (110.113 unidades em 2009 contra 92.621 unidades em 2008).

“A picape S10 é a preferida no País em seu segmento desde o seu lançamento, em 1995, sendo um fenômeno de vendas. Em 2007, a chegada do pioneiro motor 2.4 Flexpower, que teve um avanço expressivo em relação ao motor convencional a gasolina, consolidou definitivamente a nossa S10 em uma posição diferenciada em sua categoria frente à concorrência”, destaca José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da GM do Brasil.

S10, um case da indústria

A picape Chevrolet tem, da frota de picapes médias circulantes no País, mais de 350 mil unidades, resultado das suas vendas no período de 1995 a dezembro de 2009. Este fato é considerado um dos maiores cases da indústria automobilística brasileira.

Em julho de 2009 o modelo registrou recorde histórico mensal de vendas, com 3.916 unidades emplacadas, o que lhe rendeu a melhor marca já registrada desde 1995, ano de seu lançamento no mercado brasileiro e também 38,4% de participação no segmento das picapes médias. O recorde anterior havia sido registrado em junho de 2009, com 3.722 unidades emplacadas.

A picape S10 não parou de inovar e de se manter na frente de seus concorrentes nos últimos 15 anos. Em 2007, por exemplo, recebeu a tecnologia Flexpower, a única no segmento a oferecer a tecnologia bicombustível, que permitiu ao consumidor a utilização de gasolina e álcool, ou a mistura de ambos os combustíveis em qualquer proporção.

O motor 2.4 Flexpower tem potência superior se comparado a modelos a gasolina: quando abastecido com álcool, gera uma potência de 147 cv e quando utiliza a gasolina alcança 141 cv de potência. O motor 2.8 turbo diesel eletrônico dotado de turbo e intercooler, desenvolve 140 cv de potência.

Uma das principais novidades da S10 é a versão Executive com motor 2.4 Flexpower e cabine dupla, equipada com todo o conteúdo do modelo topo de linha, estendendo o benefício desta motorização para clientes que exigem mais conforto e conveniência. Trata-se de um elo entre as versões ‘flex’ e diesel do modelo. Há ainda a versão S10 Advantage com motor e a cabine simples 2.4 Flexpower, que se tornou a picape mais acessível do segmento.

Modelo Unidades Participação
segmento
Chevrolet S10 39.243 35,6%
Toyota Hilux 30.996 28.1%
Mitsubishi L200 20.093 18.2%
Ford Ranger 12.337 11.2%
Nissan Frontier 6.827 6.2%

GM, perto de completar 85 anos no Brasil
A GM do Brasil tem uma história de sucesso no País, escrita desde sua inauguração, em 26 de janeiro de 1925. Próxima de completar 85 anos de existência, e com três Complexos Industriais que produzem veículos em São Caetano do Sul e São José dos Campos – ambas em SP -, e Gravataí (RS), e ainda, outras unidades em Mogi das Cruzes, Sorocaba e Indaiatuba (SP), a empresa conta também com um moderno Centro Tecnológico de Engenharia e Design, em São Caetano do Sul, capacitado a desenvolver um veículo totalmente novo desde sua concepção até a linha de montagem. A subsidiária brasileira é um dos cinco centros mundiais na criação e desenvolvimento de veículos, nos campos da engenharia, design e manufatura.
Em 2009, a GM do Brasil registrou seu recorde histórico anual de vendas, com 595.536 veículos, com liderança da marca Chevrolet em quatro segmentos do mercado brasileiro, como Classic (sedã 1.0 litro), Prisma (sedã acima de 1.0 litro), Astra (hatchback médio) e S10 (picape média). A GM foi a primeira empresa do setor automobilístico brasileiro a produzir 100% de seus veículos (exceção dos movidos a diesel) com o sistema de alimentação flex-fuel.
A empresa, demonstrando confiança no Brasil, anunciou no último dia 15 de julho de 2009, um novo investimento de R$ 2 bilhões, para o lançamento de uma nova família de veículos, que chegará ao mercado a partir de 2012 e a expansão da capacidade produzida de sua fábrica em Gravataí (RS) para 380 mil unidades anuais.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0