Salão Duas Rodas termina neste domingo (24)

O Salão Duas Rodas 2019 chega ao fim neste domingo (24). Neste ano, a principal mostra da América do Sul, ao contrário de edições passadas ocorreu num período de otimismo para o setor, reafirmado pelo público de mais de 200 mil pessoas que visitaram desde o dia 19 o São Paulo Expo, onde foram apresentadas mais de 500 motos, sendo 70 lançamentos.

Além de ver as motos e equipamentos, o público pode testar muitas motos em pistas criadas ao lado do centro de convenções.  O evento é uma grande atração com motos customizadas, muitos scooters elétricos chineses, peças, acessórios, além de mostras de motos apresentadas recentemente no Salão de Tóquio, mas que ainda não têm previsão de vir para o Brasil.

Segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, serão produzidas, em 2019, 1.105.000 motos, praticamente todas na Zona Franca de Manaus, um crescimento de 6,6%. As vendas no varejo também crescerão até o final do ano atingindo 1.070.000 de unidades, um aumento de 13,8% em relação ao ano passado. Somente as exportações estão em baixa (-40,5%), reflexo da crise de nosso principal parceiro internacional, a Argentina. Para 2020, a previsão é de crescimento (6,4% na produção), o que mantém o Brasil entre os principais mercados de duas rodas do mundo.

A Honda, dona do maior estande da feira, lançou as aguardadas CB 650R e CBR 650R 2020, totalmente renovadas, como controle de tração e lâmpadas Full LED, que chegam ainda no primeiro semestre de 2020. A potência é de 88,4 cv, ante 95 cv lá fora, por conta da norma antipoluentes do Brasil.

Também foi apresentada a linha CB500 totalmente renovada, com mais vigor nas respostas do motor e, no caso da CB500X, com novas suspensões mais altas e melhor agilidade.

O Salão também mostra motos customizada,s como as Pop 110i Africa Twin, XRE 300 Adventure, Twister e a nova Titan 160S, além da avançada scooter ADV 150 e da moderna scooter Forza 300, que vieram só para testar a aceitação do público. Fora as trail, supernakeds e as superesportivas 100ORR de sempre.

Marvel

Uma das grandes atrações do evento estava no estande da Yamaha. Por conta da parceria com a Marvel, a marca japonesa mostrou diversas modelos com customização de pinturas e cores, além de adereços alusivos aos heróis: MT-03 Iron Man, Lander 250 Capitão América, MT-07 Thor, Yamaha Crosser 160 Groot NTRE OUTROS. Não há previsão de que elas venham a ser comercializadas no mercado e muito menos sabe-se o provável preço delas.

A Yamaha também mostrou a Yamaha Motoroyd, uma moto elétrica que anda sozinha, atende chamado e vai até o dono e não cai nunca. A marca lançou ainda a nova scooter XMax 250 ABS, com motor de refrigeração líquida, 22,8 cv, sistema ABS e baú sob o banco para dois capacetes. A nova scooter chega em abril, quando seu preço será divulgado.

A marca inglesa Triumph, especializada em motos clássicas, surpreendeu lançando no Brasil a maior moto naked do mundo, a recém lançada na Europa Triumph Rocket 3 R, uma máquina de 2.500 cc, três cilindros e 167 cv. Sem preço definido. Ela tem motor de três cilindros, 675 cc e 123 cv sendo dotada de equipamentos de ponta. Aprimorada na versão RS, a nova Street Triple 675, tem relação peso/potência incrível, que ajuda na pista e pode arrepiar muitos modelos de cilindrada maior.

Outras boas novidades no Salão Duas Rodas foram os lançamentos das motos clássicas e retrôs Continental e Interceptor 650 da indiana Royal Enfield, que logo terá loja em BH. Elas têm preços mais acessíveis do que as motos Triumph.

 

 

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0