Smart introduz no Brasil a tecnologia start\stop

A Smart está lançando no Brasil um modelo exclusivo para marcar seu aniversário de um ano no mercado nacional: o fortwo Brazilian Edition 71cv mhd (micro hybrid drive). Equipado com a função “start/stop”, o novo modelo consome 8% menos combustível no ciclo combinado e 19% menos combustível no tráfego urbano. De acordo com norma NBR 7024, a média combinada do modelo é de 19,75 km/l.

A nova edição do smart fortwo é equipada com motor de 52 kW/71 cv. Algumas características exclusivas tornam a edição Brazilian Edition do smart fortwo realmente diferenciada: a exclusiva célula de segurança tridion preta, decorada em motivos verde-e-amarelo, combinada à exclusiva cor amarela que predomina na carroceria, tornam essa nova versão do smart um modelo marcante. Rodas de liga de 15 polegadas com um design de nove raios e pneus medindo 155/65 R 15 no eixo dianteiro e 175/60 R 15 nas rodas traseiras completam o design externo.

A maior atração desse novo propulsor é a tecnologia mhd, de micro hybrid drive. Basicamente, ela é composta por um gerador que substitui o sistema tradicional composto por alternador e motor de partida. Através de um módulo independente para esta função, que possui sensores espalhados por diversos componentes do motor, a tecnologia mhd é capaz de desligar o motor do smart toda vez que ele cai para uma velocidade inferior a 8 km/h e o motorista está pressionando o pedal de freio.
Ao retirar o pé do pedal, o motor será ligado novamente em uma fração de segundo. O gerador promove a partida do motor por intermédio de uma correia, em uma operação mais ágil que o sistema convencional, onde o motor de partida atua por algum tempo antes que o propulsor entre efetivamente em funcionamento.
Desenvolvida para aumentar a economia de combustível e reduzir as emissões de poluentes, o sistema é extremamente fácil de operar e pode ser desabilitado por uma tecla no console central. A função start/stop é bastante recomendada, porém, para o regime de uso no trânsito urbano. Ou seja: na prática, o motor do smart está sempre desligado enquanto todos os demais veículos presos em um suposto congestionamento, por exemplo, têm seus motores funcionando em marcha-lenta. Apenas esse recurso é capaz de melhorar, dependendo do ciclo de utilização, de 10% a 20% o consumo de combustível deste modelo.
Como a versão Brazilian Edition também é equipada com o câmbio softouch, o mesmo sistema automatizado disponível nas versões 62 kW e BRABUS, o conforto ao rodar é ainda otimizado no modelo. O motorista só precisa deixar o câmbio na função automática e acelerar/frear durante um engarrafamento, caso a opção seja pelo menor esforço na condução. Esse câmbio também permite que as trocas de marchas sejam manuais, através de borboletas atrás do volante ou por toques na própria alavanca de marchas.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0