Primeiro Boxer da Subaru faz 50 anos

SUBARU_1000__primeiro_Subaru_com_motor_Boxer___Baixa_Resolucao

A Subaru comemora, neste mês de maio, os 50 anos do lançamento do primeiro modelo da marca equipado com motor Boxer, caracterizado pelos cilindros horizontalmente contrapostos. O primeiro automóvel de passageiros da marca a sair de fábrica com este tipo de motor foi o modelo Subaru 1000, lançado em 14 de maio de 1966. Desde então, são mais de 16 milhões de veículos equipados com motorização Boxer.

Um exemplo do reconhecimento da qualidade deste tipo de motor no mercado brasileiro é a recente conquista do modelo Forester Sport, equipado com motor Boxer 2,0 litros aspirado, capaz de desenvolver 150 cv de potência e torque máximo de 20,2 kgfm, que recebeu a nota máxima “A”, indicando o menor nível de consumo de combustível na cat
egoria “Grande” do “Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular” (PBEV), elaborado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), em parceria com o Programa Nacional de Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural, Conpet.

Motor_SUBARU_Boxer___Imagem_02___Baixa_resolucaoO Boxer

A origem do termo “Boxer” remete aos movimentos realizados pelos boxeadores, uma analogia entre o movimento executado pela dupla de pistões e os golpes deferidos por um praticante desse esporte.

No motor com os cilindros horizontalmente opostos, os pistões se movimentam em uma disposição simétrica e contrapostos, anulando, assim, a força de inércia entre eles. Isso resulta em reduzido nível de vibrações, contribuindo para um funcionamento suave do motor, independentemente da faixa de rotação em que ele esteja trabalhando.

Além disso, outra vantagem do motor Boxer, quando comparado com os propulsores de construção em “linha” ou em “V”, é o seu baixo centro de gravidade, proporcionado pelas suas dimensões compactas e distribuição equilibrada de peso. O baixo centro de gravidade aumenta a estabilidade e contribui para uma condução segura em altas velocidades e curvas rápidas.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0