Carros elétricos terão desconto no IPVA

Renault eletrico 2

O prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, assinou um decreto  no ultimo dia 21, que possibilita que proprietários de carros elétricos, híbridos ou movidos por células de hidrogênio tenham 50% de desconto no valor do IPVA. A medida visa incentivar a troca de carros com motores a combustão por outros não poluentes, chamados de “veículos verdes”.

O IPVA é um imposto estadual com alíquotas que variam de 1,5% a 4% do valor venal do veículo, dependendo da categoria. Do valor total, 50% pertence ao Estado e os outros 50% ao Município em que o veículo foi emplacado. Ao adotar essa medida, a cidade de São Paulo devolve ao proprietário o valor arrecadado.

Para os veículos adquiridos este ano, será necessário fazer um requerimento em papel. A partir de 2016, a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente disponibilizará um sistema, semelhante ao da Nota Fiscal Paulistana.

Essa medida pode trazer benefícios também para a indústria de veículos elétricos, aumentando a demanda e incentivando o desenvolvimento de novos modelos e tecnologias mais baratas.

A prefeitura analisa ainda a viabilidade de uma suspensão do rodízio para estes carros.

c00b85d04219636f3b5e2e4bbea4735ex

Modelos

Atualmente, o Brasil conta com apenas um modelo elétrico comercializado no país, o compacto BMW i3 (R$ 226 mil) e quatro modelos híbridos: o sedã Ford Fusion Hybrid (R$ 142.000), os hatchs Toyota Prius (R$ 114.350) e  Lexus CT200h (R$ 134.000)  e o esportivo BMW i8 (R$ 799.950). Contudo, um novo modelo de híbrido deve chegar ao mercado brasileiro ainda neste ano, pois a Audi promete colocar a venda até o final de 2015 o seu A3 e-tron.

A Renault, marca que se destaca atualmente na venda de carros verdes, já fez várias vendas. Porém, esses negócios se restringem a empresas. A marca francesa dispõe, no Brasil, de diversos veículos 100% elétricos: Kangoo Z.E., hatch Zoe, sedã Fluence Z.E. e o Twizy (um modelo ultracompacto de dois lugares feito para uso urbano). Desde 2013, quando iniciou a venda de veículos elétricos no País, para empresas e instituições públicas, a marca já comercializou mais de 80 unidades. Entre essas empresas e instituições estão a Coca–Cola, em Curitiba, a Patrus Transportes, em Belo Horizontes, os Correios, em Curitiba e Brasília, além de empresas como Fedex, Grupo TPC, Itaipu Binacional, CPFL e a prefeitura de Curitiba.

 

zoe


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0