Victor Corrêa assume liderança em Monza com vitória

victorcorrea

O brasileiro Victor Corrêa (Unifenas) reassumiu a liderança do Radical Masters Euroseries, que teve sua quinta e penúltima rodada dupla disputada no último final de semana (05 e 06/10) no mítico autódromo de Monza, na Itália. Com uma vitória no sábado e outro pódio com o segundo lugar no domingo, o mineiro passa a somar 121 pontos, apenas um de vantagem sobre o lituano Konstantins Calkos, vencedor no domingo.
“O importante é que tive o meu melhor fim de semana nesta categoria justamente em Monza, que eu adoro e saio daqui na liderança do campeonato. Uma pole, uma vitória e um segundo lugar depois de ter o motor principal quebrado já me deixam muito feliz. Agora que retomei a liderança do campeonato e mesmo com uma pequena vantagem, pretendo mantê-la até o fim”, comemorou. O encerramento do Radical Masters Euroseries será em Barcelona, na Espanha, com a realização da sexta rodada dupla nos dias 9 e 10 de novembro.
Victor Corrêa aproveitou bem a sua pole position – a quarta na temporada – na nona etapa e liderou desde a largada, chegando a abrir 2s5 até a sétima volta, quando fez o seu pitstop obrigatório. Na volta para a pista retornou em segundo e na 14ª volta ultrapassou o suíço Marcel Marateotto, chegando a abrir cinco segundos na frente.
“Dava para eu ter andado mais rápido, mas como a equipe tinha trocado o meu motor para a corrida, que quebrou na segunda classificação, eu resolvi não abusar e ao mesmo tempo economizei um pouco os pneus. Nas últimas quatro voltas eu aliviei mesmo”, comentou no sábado o piloto da Unifenas, que fez apenas a quinta volta mais rápida da corrida. “Foi bão demais. Vencer em Monza é sempre maravilhoso. Esta foi a minha terceira vitória aqui, em 2010 venci duas corridas de Fórmula 3”, exultou com seu característico sotaque o representante de Alfenas, sul de Minas Gerais.
Na décima etapa, realizada sob chuva, Victor largou em oitavo e no encerramento do giro inicial já estava em quarto. No final da passagem seguinte já era terceiro. A partir da 11ª volta, depois que fez seu pit stop obrigatório o mineiro veio caçando o inglês Tony Wells e após três tentativas, chegou a 250,581 km/h no final da reta debaixo de chuva e assumiu a vice-liderança na 14ª volta. Mesmo imprimindo um ritmo forte e estabelecendo a sua volta mais rápida no último giro – quinta volta mais rápida da corrida -, Corrêa ainda ficou longe do vice-líder do campeonato, que aproveitou bem a pista livre depois que assumiu a ponta após o seu pitstop. A vitória ficou com o lituano Konstantins Calkos, que completou 20 voltas em 50min38s831 (média de 137,256 km/h), 7s067 a frente de Victor Corrêa.
“Foi um excelente resultado para quem largou em oitavo, por causa da quebra do motor na classificação. E ainda se considerarmos que a prova foi debaixo de chuva e com o carro acertado com pouca pressão aerodinâmica, fico mais feliz ainda”, contou Victor Corrêa.
O Radical Masters Euroseries é disputado com o protótipo Radical SR8, com 420 cavalos de potência e apenas 680 kg, relação peso-potência próxima à de um monoposto de categoria top, podendo atingir 290 km/h. O certame europeu é composto de seis rodadas duplas, em seis países diferentes, com transmissão pelo Euro Channel Eurosport.

O resultado da nona etapa, em Monza foi: 1) Victor Corrêa (Brasil), 22 voltas em 50min05s128 (média de 192,480 km/h); 2) Marco Cencetti (Itália) e Marcel Marateotto (Suiça), a 1s323; 3) Konstantins Calkos (Lituania), a 5s248; 4) Terrence Woodward (Inglaterra) e Ross Kaiser (Inglaterra), a 10s798; 5) Tony Wells (Inglaterra) e James Littlejohn (Inglaterra), a 11s048; 6) Ronnie Valori (Itália) e Marco Jacoboni (Itália), a 37s534; 7) Mike Cantillon (Inglaterra), a 38s320; 8) Jamie Contable (Inglaterra), a 44s796; 9) Alain Costa (França), a 49s444; 10) Jeremy Ferguson (Inglaterra), a 1min02s419.

O resultado da décima etapa foi: 1) Konstantins Calkos (Lituania), 20 voltas em 50min38s831; 2) Victor Corrêa (Brasil), a 7s067; 3) Tony Wells (Inglaterra) e James Littlejohn (Inglaterra), a 16s940; 4) Tom Jordan (Inglaterra) e Alex Kapadia (Inglaterra), a 42s289; 5) Terrence Woodward (Inglaterra) e Ross Kaiser (Inglaterra), a 1min05s796; 6) Jaap Bartels (Holanda) e Oli Nacok (Inglaterra), a 1min11s432; 7) Jeremy Ferguson (Inglaterra), a 1min23s387; 8) Mike Cantillon (Inglaterra),a 1min24s321; 9) Jesus Fuster (Espanha) e Alvaro Fontes (Espanha), a 1min48s483; 10) Marco Cencetti (Itália) e Marcel Marateotto (Suiça), a 1 volta.

A pontuação do Radical Masters Euroseries depois de dez etapas está assim: 1) Victor Corrêa (Brasil), 121; 2) Konstantins Calkos (Lituania), 120; 3) Terrence Woodward (Inglaterra) e Ross Kaiser (Inglaterra), 94; 4) Tony Wells (Inglaterra) e James Littlejohn (Inglaterra), 78; 5) Alex Mortimer (Inglaterra) e Chris Hyman (África do Sul), 72; 6) Mark Smithson (Escócia), 67; 7) Marcel Marateotto (Suiça) e Marco Cencetti (Itália), 48; 8) Jamie Contable (Inglaterra), 46; 8) Christian Kronegard (Dinamarca), 44; 10) Mike Cantillon (Inglaterra), 33.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0