VW apresenta novo Passat e outras novidades em Paris

O novo Passat é o destaque da Volkswagen no Salão de Paris de 2010. Uma das estréias mundiais mais aguardadas para o evento, o Passat está sendo apresentado nas versões sedã e estate (station wagon), com nada menos que dez opções de motores de última geração, a gasolina, diesel, gás natural e etanol (E85).

As duas versões do novo Passat são oferecidas em três níveis de equipamento – Trendline, Comfort e Highline – além de uma variedade de opções de acabamento e uma grande relação de acessórios. Juntamente com as três opções de equipamento, voltam a ser oferecidos o Passat Exclusive e o Passat Estate Exclusive, desenvolvidos pela Volkswagen R. Baseado na versão Highline, o Exclusive traz itens como rodas de 18 polegadas, assentos com costuras e bordas em cores contrastantes, decoração customizada em madeira e soleiras das portas iluminadas com a assinatura Volkswagen Exclusive.

Um destaque do novo Passat são os vários sistemas de assistência, que aumentam sua segurança e a praticidade, entre eles controles automáticos dos faróis, sistemas de alerta de troca involuntária de faixa e de aproximação de veículos pela lateral e retaguarda e sistema de frenagem de emergência na iminência de colisões. O carro também pode dispor de sistema Park Assist de segunda geração, que além de estacionar o veículo praticamente sozinho em vagas longitudinais, também atua em espaços perpendiculares à via. Muito importante para a segurança ao trafegar, principalmente em altas velocidades, é o sistema de controle da pressão dos pneus, que alerta o motorista através de um aviso no painel caso haja queda de pressão em alguma das rodas.

Novo Phaeton

Um dos carros mais exclusivos e de maior qualidade no mundo, o Phaeton também será uma das estrelas da Volkswagen em Paris. Produzido com duas opções de distância entre eixos e duas configurações para a área traseira (banco com três lugares ou dois assentos individuais), ele tem tração integral de série, suspensão a ar e controles de climatização com quatro zonas, detalhes que, entre centenas de outros, o colocam entre os automóveis de maior prestígio do planeta.
Quatro motores são oferecidos um turbodiesel e quatro a gasolina. Os motores com seis, oito ou doze cilindros cobrem uma faixa de potência que vai de 240 cv a 450 cv. O motor de seis cilindros a gasolina do Phaeton é um V6 com injeção direta (FSI 280 cv). Acima do nível de potência do V6 FSI, estão disponíveis um V8 e um W12 a gasolina (355 cv e 450 cv). A diesel, a Volkswagen oferece um V6 TDI com 240 cv extremamente econômico e refinado, com consumo de 11,76 km/l.
Internamente, as possibilidades de personalização do Phaeton são praticamente ilimitadas, com numerosas opções de acabamento em couro, detalhes em madeira e assessórios como refrigerador e sistemas multimídia. O volante multifuncional pode ser pedido tanto em couro como numa combinação de couro e madeira combinando com o acabamento da cabine.
Os sistemas de assistência do Phaeton incluem o novo Dynamic Light Assist (controle dinâmico do facho do farol), ACC (piloto automático adaptativo), Front Assist (sistema de monitoramento do entorno do carro) e Side Assist (assistente de trocas de faixas). Um sistema de monitoramento da pressão dos pneus também contribui para elevar o nível de segurança.

Touareg

Com mais de quinhentas mil unidades já vendidas, o utilitário esportivo da Volkswagen chega a Paris em sua segunda geração, trazendo uma gama de motores até 25 por cento mais eficiente em consumo e uma grande variedade de novos sistemas de assistência e segurança. O Touareg Hybrid, com motores V6 TSI e elétrico, contraria a tese de que grandes utilitários têm que ser necessariamente pouco econômicos e poluidores. Quando o V6 e o motor elétrico trabalham simultaneamente, é gerada uma potência de até 380 cv, com torque máximo de 580 Nm. Ainda assim, o Touareg Hybrid roda 12,2 km por litro de combustível e pode circular a até 50 km/h apenas com eletricidade, com emissão zero.

A economia de combustível e valores de emissões também melhoraram nas versões do Touareg com motores convencionais. O V6 TDI é o motor mais eficiente oferecido no Touareg. Com 240 cv e tecnologia BlueMotion, este turbodiesel com 550 Nm de torque percorre impressionantes 13,5 km/l (195 g/km de CO2), uma economia de 1,9 litros a cada 100 km em relação ao TDI de 240 cv do modelo anterior. As emissões foram reduzidas em 49 g/km.

Todas as versões do Touareg agora contam de série com transmissão automática com oito marchas, a primeira deste tipo no mundo no segmento dos utilitários esportivos. Nas versões V6, os motores de desligam automaticamente nos semáforos e voltam a funcionar assim que o motorista solta o pedal do freio (sistema Stop-Start). Elas também contam com sistema regenerativo, que captura energia nas frenagens e desacelerações, carregando a bateria. Do ponto de vista da segurança, a proteção aos ocupantes é pró-ativa, interligando os sistemas de assistência e assegurando que, em caso de acidente, os cintos de segurança sejam tensionados e que as janelas e o teto solar se fechem no caso de alguma súbita mudança de direção.

Sharan

O Sharan ano/modelo 2010 é um veículo completamente redesenhado. As portas deslizantes com acionamento elétrico opcional têm uma função antiesmagamento que garante a segurança na entrada e saída do carro. As inovações permeiam toda a área da carroceria, estabelecendo novos parâmetros no segmento para rigidez estática e dinâmica.

Completamente reestilizado, o Sharan pode vir com quatro diferentes motores TSI a gasolina e diesel TDI, 21 por cento mais eficientes em consumo que no modelo anterior. Os dois TSIs fornecem 150 cv e 200 cv, enquanto os TDIs desenvolvem 140 cv e 170 cv. Todos esses motores estão disponíveis com o câmbio DSG de seis marchas, com dupla embreagem, que é equipamento de série com o TSI 200 cv.

Touran

O Touran é o MPV compacto alemão mais bem sucedido, um perfeito veículo familiar. Até agora, mais de 1,13 milhões de unidades foram vendidas. Seu modelo mais barato, o Trendline, conta com ar condicionado, sistema de som RCD 210 com MP3, vidros elétricos nas quatro portas, faixas decorativas em cromo escovado e luzes diurnas. Além de elementos de segurança, como seis airbags e ESP (sistema eletrônico de estabilidade).

O Touran Comfortline traz sensores de luminosidade e chuva, retrovisor interno com escurecimento automático, detalhes em cromo nos interruptores das luzes e controles de abertura dos vidros e espelhos externos, mesinhas dobráveis para os assentos traseiros e trilhos sobre o teto em preto. O modelo topo de linha é o Touran Highline, com forração em Alcântara, bancos dianteiros esportivos, controle de climatização automático, display multifuncional com tela colorida, volante revestido de couro com comandos multifuncionais, rodas de liga com 16 polegadas e faróis de neblina com molduras cromadas.

CrossTouran

Modelo mais “extrovertido”, o CrossTouran se caracteriza pelo estilo aventureiro e por seu kit de rodagem para caminhos ruins, com molas mais longas na suspensão. Ele tem 20 mm a mais de distância livre do solo que o modelo normal e vem com uma combinação de pneus 215 na dianteira e 235 atrás, montados em rodas de liga de 17 polegadas.

O CrossTouran brilha pelo conforto interior e conveniência (40 compartimentos porta objetos e terceira fila de assentos opcional), prazer ao dirigir e consciência ambiental. Além dos conhecidos motores TSI e TDI, ele também está disponível com o eficiente e ecológico motor EcoFuel, a gás natural, que percorre 20,833 quilômetros com um quilograma de combustível. Os tanques adicionais para armazenagem do gás estão localizados sob o assoalho, para que a capacidade de carga do veículo, de até 1.989 litros, não seja alterada.

Milano Taxi

O carro conceito Milano Taxi é um veículo multiuso sob medida para as necessidades dos motoristas de taxis e seus passageiros, o que se reflete em seus muitos detalhes inovadores, como a porta oscilante-deslizante que abre na direção da frente do carro e as telas sensíveis ao toque. Movido a eletricidade, ele dá uma idéia de como poderão ser os carros elétricos que a Volkswagen irá lançar a partir de 2013.

O Milano Taxi não possui banco dianteiro para passageiros. Em seu lugar há uma área de carga para bagagem facilitando que os próprios passageiros guardem suas malas, prendendo-as no lugar com uma armação que se posiciona ao toque de um botão. Espaço é o que não falta: o passageiro sentado no banco traseiro direito pode até mesmo esticar suas pernas completamente, graças à inexistência do banco dianteiro naquele lado.

O passageiro conta com uma tela interativa que, além de funcionar como taxímetro, oferece opção de pagamento por cartão de crédito ou débito. Durante a viagem, ela pode mostrar informações em várias línguas sobre pontos de interesse, checar dados de navegação (roteiro previsto, trecho a percorrer e previsão do horário de chegada) e previsão do tempo. Para o motorista, o carro oferece a Taxi Interface, em que importantes indicadores e controles também são agrupados numa tela: taxímetro, abertura da porta dos passageiros, computador de bordo, sistema de navegação, fluxo de energia e indicador de carga das baterias, rádio comunicação e telefone e dados online.

CrossPolo

Com um visual todo-terreno ousado e inovador, um mundo particular de cores e atrativos e maior altura em relação ao solo (15 mm), o CrossPolo chama a atenção como um dos veículos menos convencionais de seu segmento. Este carro para todas as situações é movimentado por motores extremamente eficientes em consumo, entre 70 cv e 105 cv. Os compradores podem escolher entre três motores a gasolina e três versões a diesel. Dois dos seis motores podem vir acompanhados pela transmissão DSG de sete marchas.

O robusto caráter esportivo do CrossPolo se reflete nos detalhes de estilo exclusivos da dianteira, em cor antracite, com faróis de neblina integrados e uma grande entrada de ar ao centro. Ela tem uma grade tipo favo de abelha, margeada por um fino friso cromado. Na traseira, o CrossPolo mostra o estilo todo-terreno no parachoques, cuja seção inferior também é feita de plástico reforçado preto.

O interior do CrossPolo possui acabamento combinando com o visual todo-terreno da parte externa. Os tecidos em dois tons usados nos bancos esportivos, no assento traseiro e no forro das portas criam um ambiente acolhedor e jovial. Dependendo da cor da carroceria, são oferecidas até quatro opções de cores no acabamento interno.

Polo GTI

Com 180 cv, o Polo GTI se destaca por sua carroceria diferenciada, marcada pela dianteira inconfundível, com duas faixas vermelhas na grade do radiador. Do modelo que o inspira, o Golf GTI, ele adotou a estrutura tipo favo de abelha das entradas de ar. Também específicos do GTI são o alargamento dos paralamas e o aerofólio traseiro pintado na cor da carroceria.

Outros detalhes exteriores incluem rodas de liga com 17 polegadas e design que permite a visão das pinças de freios pintadas em vermelho, assim como o acabamento traseiro diferenciado, aparentando a presença de um difusor na parte inferior e com duas saídas cromadas do sistema de escapamento no lado esquerdo.

Pesando apenas 1.194 kg, o Polo GTI acelera até 100 km/h em apenas 6,9 segundos e atinge 229 km/h. A força do motor é transferida para as rodas dianteiras através da transmissão DSG, equipamento de série. O diferencial com bloqueio transversal (XDS) diminui a tendência à saída de frente e, como todas as versões da linha Polo, o GTI também vem de série com o Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP).

A ampla gama de dispositivos de segurança inclui sistema de airbags com bolsas laterais para proteção da cabeça e tórax, apoios de cabeça projetados para evitar traumas causados por efeito-chicote nos assentos dianteiros, três apoios de cabeça e pontos de fixação para cadeirinhas infantis (Isofix) no assento traseiro.

Golf blue-e-motion e Berliner Taxi

Mais dois modelos concebidos com foco na sustentabilidade, o Golf blue-e-motion e o Berliner Taxi também estão entre os destaques levados pela Volkswagen para Paris. O Golf blue-e-motion é movido por um motor elétrico que fornece 85 kW / 115 cv. Como todos os motores elétricos, o utilizado no Golf também entrega seu elevado torque máximo (270 Nm) assim que é movimentado, proporcionando prazer ao dirigir sem gerar emissões.

A energia para movimentar o motor elétrico é armazenada numa bateria de íon-lítio com 26,5 kWh de capacidade, com alcance previsto de 150 km, suficiente para as necessidades da maioria dos motoristas alemães.

A Volkswagen não está pensando apenas em termos de mobilidade individual ao criar o estilo do futuro Golf blue-e-motion, mas também na possibilidade de sua utilização como um veículo de transporte público. É por isso que também desenvolveu um estudo de como um taxi com motor elétrico produzido em alta escala deverá parecer. O conceito “Berlin Taxi” foi criado após a apresentação mundial do Taxi Milano, concebido da mesma forma – um segundo veículo urbano talhado segundo as necessidades do motorista e dos passageiros, com muitos detalhes inovadores, como a porta que desliza para frente e telas de comandos tipo touchscreen personalizáveis.

CrossGolf

Versão aventureira da linha de maior sucesso da Volkswagen no mundo, o novo CrossGolf, como sua versão anterior, foi desenvolvido com base no Golf Plus. Veículo para todas as situações, ele preenche o espaço existente entre os veículos multiuso (MPVs) e os utilitários esportivos (SUVs), reunindo a flexibilidade dos primeiros à robustez dos últimos.

O robusto acabamento ganhou um estilo mais elegante, com linhas seguindo o novo DNA de design da Volkswagen. O visual foi fortemente modificado, principalmente na dianteira. Nas extremidades, traz integrados os faróis de neblina de série. Mais abaixo, o conjunto termina numa faixa transversal prateada, com a aparência de uma proteção para a parte inferior do carro.

O novo CrossGolf teve a altura em relação ao solo aumentada em 20 mm e pode enfrentar sem dificuldades caminhos não convencionais leves. Ele vem com assentos esportivos na dianteira com estofamento em tecido com dois tons e costuras aparentes como itens de série. Os encostos dos bancos dianteiros são equipados com mesinhas dobráveis e bolsas porta-objetos nas laterais. Os tapetes, decorados com pespontos coloridos, também contribuem para realçar a aparência.

Todos os motores oferecidos para o CrossGolf são versões com injeção direta a gasolina (TSI) ou diesel (TDI com injeção common rail). O 1.4 TSI, de 160 cv tem torque de 240 Nm a partir de 1.500 rpm. Com turbo conjugado a um compressor volumétrico (Twincharger), possibilita atingir 207 km/h ao mesmo tempo que, com o câmbio manual de seis marchas, tem consumo de apenas 14,7 km/l. Outras opções de motores TSI têm potências de 105 cv e 122 cv. Os novos motores diesel TDI têm potências de 105 cv (1,6 litro) e 140 cv (2 litros).

Com exceção do TSI 105 cv, todos os outros motores do CrossGolf podem ser combinados com a transmissão automática de dupla embreagem (DSG). Para os motores a gasolina e o diesel TDI de 105 cv, o câmbio tem sete marchas, enquanto para o TDI 140 cv foi criada uma versão especial com seis marchas, adaptada a torques extremamente elevados.

Golf GTI Adidas

Fruto de uma ação conjunta entre a Volkswagen e a Adidas, o exclusivo Golf GTI adidas pode ser reconhecido pelo design exclusivo das rodas de liga leve, com 18 polegadas e cinco raios duplos em forma de U polidos, com as áreas entre eles pintadas em preto de alto brilho. Ele também é identificado exteriormente por seus faróis bi-xenônio de série com lâmpadas direcionais para iluminação de curvas e pelas lanternas traseiras escurecidas com LEDs. O conjunto de assentos em preto e vermelho foi customizado e a área central dos bancos é forrada de tecido criado especialmente, exibindo o logotipo do modelo.

Como todos os Golfs GTIs, o Golf GTI adidas também oferece chassi esportivo e é dotado de bloqueio eletrônico transversal do diferencial (XDS) e de uma regulagem específica para o GTI do programa eletrônico de estabilidade (ESP). O carro que atinge 240 km/h e entusiasma quem dirige com seu motor turbo de 210 cv tem índice de consumo de apenas 13,7 km/l de gasolina.

Golf GTI Excessive

O Golf GTI Excessive é uma criação da Volkswagen para homenagear os fãs do seu carro mais vendido. Derivado do GTI de série, ele tem motor de 214 cv, com torque máximo de 286 Nm. O Excessive acelera até 100 km/h em menos de sete segundos e atinge um máximo de 240 km/h e tem consumo combinado de apenas 13,7 km/l.

Visualmente, o GTI Excessive se destaca pelo vermelho incendiário “Firespark Metallic” e pelos acessórios em preto com alto brilho. O foco do projeto está centrado na precisão do corte das formas, curvaturas e linhas retas, feitos como por uma navalha. Os spoilers dianteiros e traseiros, as soleiras laterais estilizadas como splitters (divisores) aerodinâmicos utilizados em carros de competição, são o bastante para impressionar.

Por dentro, os aperfeiçoamentos incluem detalhes em alumínio escovado e molduras em preto brilhante para as aberturas de ventilação e tapetes emoldurados em vermelho. Um destaque são os confortáveis bancos esportivos modificados, com apoios de cabeça incorporados. Eles impressionam pelos tecidos inovadores da forração e a composição cromática preta e vermelha.

Golf R

A versão mais potente da linha Golf tem agora nada menos que 270 cv. Ao mesmo tempo, é a versão mais econômica do Golf R de todos os tempos, ou seja, 21 por cento mais eficiente que a anterior. O Golf R dispara de 0 a 100 km/h em apenas 5,7 segundos e tem desempenho ainda melhor quando equipado com a transmissão DSG opcional de dupla embreagem: nessa configuração, atinge os 100 km/h em 5,5 segundos.

O Golf R transfere a força do motor TSI para o solo através da última geração do sistema Volkswagen 4MOTION de tração integral. A configuração básica foi transformada num chassi esportivo pelo rebaixamento de 25 mm da altura em relação ao solo. Disponível como opcional, o sistema DCC de controle dinâmico do chassi adapta de forma contínua o amortecimento da suspensão ao tipo de piso e às situações de marcha. Além do modo padrão “Normal”, o motorista pode optar pelos modos “Sport” ou “Comfort”.

Jetta

O Jetta de nova geração está chegando maior e mais confortável, sustentável e dinâmico – e com um estilo inteiramente novo. Nunca houve um Jetta deste tamanho: a versão européia tem 4,64 metros de comprimento, 1,45 metro de altura e 1,78 metro de largura. É nove centímetros mais longo que o modelo anterior. O novo DNA de design da Volkswagen marca seu estilo: o resultado são linhas claras e precisas, com superfícies atléticas, que dão ao sedã uma imagem de elegância atemporal e dinâmica.

A gama de motores vai de 105 cv a 200 cv e inclui um turbodiesel com a mais avançada injeção direta common rail, que estabelece novos padrões de economia de combustível. O TDI 140 cv Clean Diesel (atendendo ao padrão de emissões BIN 5) é capaz de rodar na estrada até 22,53 quilômetros por litro (14,4 km/l no ciclo combinado).

A Volkswagen sempre adaptou suas versões destinadas aos Estados Unidos (S, SE, SEL, TDI e GLI) às expectativas dos motoristas americanos e desenvolveu um dos mais atraentes sedãs em seu segmento. A versão básica, muito bem equipada, será vendida no país a partir de US$ 15.995. Sistemas de controle eletrônico de estabilidade (ESP) e monitoramento da pressão dos pneus são equipamento de série. A qualidade de manufatura é inovadora. Com seu interior marcantemente confortável, estilo poderoso e elegante e máxima eficiência, o novo Jetta responde aos desafios que nosso tempo impõe ao automóvel melhor que a vasta maioria de seus concorrentes.

New Compact Coupé

O primeiro lançamento da Volkswagen em 2010, ocorrido no Salão de Detroit, foi um projeto inteiramente novo, um cupê com propulsão híbrida extremamente veloz e, apesar disso, economicamente futurista. O New Compact Coupé tem apelo esportivo e estilo dinâmico e fica posicionado entre os carros esportivos europeus mais vendidos, o Scirocco e o CC.

Consumo combinado: 23,8 km/l. Emissões de CO2: 98 g/km. Considerando a economia de combustível, o New Compact Coupé tem um desempenho incrível, atingindo a velocidade máxima de 227 km/h e indo da imobilidade aos 100 km/h em curtos 8,6 segundos. Esses valores são possíveis graças a uma aliança de alta tecnologia: motor TSI (a gasolina, com 150 cv), um motor elétrico de 20 kW/27 cv e a transmissão de acionamento direto e dupla embreagem DSG de sete marchas.

Em seu interior, o carro proporciona a melhor impressão de espaço em sua categoria. Apesar da baixa altura da carroceria esportiva, oferece amplo espaço para a cabeça na frente e atrás, assim como distância para as pernas dos passageiros de trás, que ficam acomodados em dois confortáveis assentos esportivos. O portamalas, com 380 litros, pode levar sem problemas a bagagem de quatro pessoas.

O acabamento e a qualidade dos materiais do interior fazem o observador esquecer completamente que o New Compact Coupé ainda é um carro conceitual. O que é típico da Volkswagen – nada de concessões.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0