Paludo vence a primeira da Porsche Cup no RS

O público que compareceu ao Velopark para assistir a prova 5 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil não se decepcionou. Uma corrida extremamente disputada, algumas surpresas e a vitória do gaúcho Miguel Paludo marcaram a estreia da categoria no mais novo autódromo brasileiro. Paludo, bicampeão da categoria, resistiu aos ataques de Constantino Júnior e, depois, de Leo Burti para receber a bandeirada em primeiro lugar. A corrida foi uma das mais disputadas da temporada. A liderança chegou a ser disputada por seis carros − exatamente os seis que terminaram nas primeiras colocações na corrida: Paludo, Burti, Alexandre Barros, Ricardo Rosset, Constantino Júnior e Clemente Lunardi. Constantino foi a maior ameaça à vitória de Paludo até atrasar-se ao rodar em uma disputa de posição. Lunardi, por sua vez, saiu da briga devido à quebra de um rolamento. “Correr aqui de Porsche e vencer uma corrida era uma das coisas que eu queria fazer na minha vida. Eu me foquei em não errar, porque eu sabia que um erro poderia me tirar da primeira posição já que durante toda a corrida eu tive a pressão do Constantino Júnior e do Leo Burti”, explicou Paludo após a prova. “Além disso, nas retas eu fiz o possível para perder o mínimo de tempo e evitar a chance deles chegarem.” Burti, por sua vez, louvava a decisão de regular seu carro pensando no começo da corrida. “Com o pneu mais frio, eu conseguiria quem sabe buscar posições já nas primeiras voltas. Eu estava mais rápido que o Miguel e o Constantino nas primeiras voltas e isso me dava boas chances, mas o Miguel é um cara que não erra”, afirmou. “Fiz a corrida usando a cabeça, em função dos pontos para o campeonato. Fui aguerrido, mas sem arriscar.” Barros, terceiro colocado e líder do campeonato, iniciou a corrida temeroso quanto ao câmbio de seu Porsche, mas não teve qualquer problema com esse componente. Sua corrida foi comprometida por um toque no retardatário Adalberto Baptista, que ficou sem espaço para dar passagem a todo o grupo que disputava a liderança da corrida. “O acerto do carro era para partimos para cima mais no fim da corrida, mas o toque me tirou as chances porque tive um problema na roda. Pedi a Papai do Céu para terminar e consegui”, comemorou. A prova 6 da categoria 997 será realizada neste domingo a partir das 13h15. Como o regulamento determina a inversão das dez primeiras colocações no grid, a primeira fila será formada por Otávio Mesquita, pole position, e Tom Valle. Elias Azevedo e Ricardo Baptista largarão na segunda fila. Resultado final da prova 5 do Porsche GT3 Cup 997 1º) 77 Miguel Paludo – 27 voltas – 27:36.081 – 126,894 Km/h 2º) 87 Leo Burti – 0.421 3º) 4 Alexandre Barros – 5.452 4º) 1 Ricardo Rosset – 7.911 5º) 00 Constantino Jr. – 15.797 6º) 7 Clemente Lunardi – 16.742 7º) 27 Ricardo Baptista – 23.748 8º) 2 Elias Azevedo – 26.897 9º) 99 Tom Valle – 29.316 10º) 51 Otávio Mesquita – 32.376 11º) 34 Maurizio Billi – 47.007 12º) 52 Roberto Posses – 47.556 13º) 73 Felipe Johannpeter – 49.985 14º) 63 Sergio Ribas – 1 volta 15º) 11 Omilton Visconde Jr. – 1 volta 16º) 9 Guilherme Figueirôa – 1 volta 17º) 16 Esio Vichiese – 1 volta 18º) 89 Daniel Paludo – AC 19º) 10 Adalberto Baptista – AC 20º) 46 Lucas Molo – AC 21º) 55 Marcel Visconde – AC Melhor volta: 53.287 – Constantino Júnior Classificação do Porsche GT3 Cup 997 após cinco provas: 1) Alexandre Barros, 90 pontos; 2) Ricardo Rosset, 78; 3) Miguel Paludo, 62; 4) Leo Burti, 62; 5) Clemente Lunardi, 59; 6) Ricardo Baptista, 49; 7) Elias Azevedo, 42; 8) Sérgio Ribas, 39; 9) Marcel Visconde, 36; 10) Tom Valle, 34; 11) Maurizio Billi, 30; 12) Daniel Paludo, 22; 13) Guilherme Figueirôa, 20; 14) Charles Reed, 16; 15) Beto Posses, 16; 16) Omilton Visconde Jr., 15; 17) Constantino Júnior, 14; 18) Ésio Vichiese, 9; 19) Lucas Molo, 9; 20) Danilo Fernandez, 9; 21) Adalberto Baptista, 8; 22) Otávio Mesquita, 7; 23) Bernardo Parnes, 4; 24) Felipe Johannpeter, 4; 25) Ricardo Vianna, 4; 26) Marcelo Ometto, sem pontos.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0