Prova da Stock Car em Salvador ganha “sambadinha”


Depois de apenas sete corridas, as três iniciais na parte final do ano passado, Rubens Barrichello (Medley/Full Time) conquistou seu primeiro pódio na Stock Car ao chegar em 2º no GP da Bahia, disputado neste domingo no circuito do CAB e vencido por Ricardo Maurício (RC), o novo líder do campeonato. O epílogo na capital baiana final foi dramático, já que apenas os dois primeiros ainda estavam com pneus de chuva num asfalto que foi secando rapidamente nas últimas voltas. Maurício e Barrichello, no entanto, foram salvos pela providencial entrada do safety car por causa de um acidente envolvendo Ricardo Zonta (RZ). Com apenas uma volta depois da relargada, eles conseguiram resistir à forte pressão de Thiago Camilo (RCM) e Cacá Bueno (Red Bull).

Como já antecipava a meteorologia, a quarta etapa foi marcada pela variação das condições climáticas. Por causa das fortes precipitações da manhã, a largada foi atrasada em uma hora e autorizada com o asfalto ainda bastante molhado. Aos poucos, no entanto, o tempo foi melhorando e o pole Átila Abreu decidiu trocar os pneus quando a primeira chamada do safety car levou à neutralização da corrida. Para seu azar, no entanto, a chuva voltou e parecia comprometer definitivamente os planos de quem optou por estratégia igual. Mas o sol voltou a brilhar e estava a ponto de render dividendos àqueles que estavam com os compostos de pista seca, até que a batida de Zonta decidiu a prova.

Foi o fim de semana mais positivo de Barrichello na nova categoria, começando com um inédito 4º lugar no grid. No final da corrida, o recordista de participações na Fórmula 1 comemorou se atirando nos braços dos mecânicos da Medley/Full Time, enquanto o diretor-técnico Maurício Ferreira lutava para impedir que as lágrimas revelassem a emoção por um resultado que encerra uma longa fase abaixo do potencial da equipe.

Questionado se estava surpreso com um pódio tão prematuro, Barrichello disse que soube aproveitar as características do traçado. “Pista de rua não é só equipamento, é também onde o piloto pode fazer um pouco mais. Mas, se antes de vir para cá eu pudesse ‘comprar um ingresso’ de 4º no grid e 2º na corrida, eu teria feito negócio na hora. Nosso carro estava muito rápido e, em alguns momentos, até mais do que o do Ricardinho. Só que em circuitos assim é difícil de ultrapassar e isso pesou na nossa opção de permanecer com os mesmos pneus. Claro que o último safety car ajudou bastante, mas o importante é que estivemos competitivos o tempo todo”, analisou.

Maurício encerrou um longo jejum de vitórias iniciado depois da Corrida do Milhão de 2010 em Interlagos. No entanto, lembrou que chegou ao sexto pódio consecutivo. Humilde, admitiu que a sorte contou mais do que qualquer planejamento estratégico. “É difícil fazer uma escolha nessas horas. Não sabíamos se entrávamos, alguns pilotos arriscaram, era tudo uma incógnita. A pista estava secando depressa, mas aqueles que estavam com os pneus lisos teriam que passar muitos carros. A verdade é que o resultado final foi ditado pelo último safety car”, lembrou. Campeão de 2008 pela Equipe Medley, Maurício minimizou a liderança atual. “Uma prova muda muita coisa. Hoje não aconteceu para o Serrinha, que estava na ponta do campeonato, amanhã pode ser comigo. O negócio é fazer o trabalho e não pensar muito nisso.”

O resultado da prova:

1 – Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – 26 voltas em 42min31s159
2 – Rubens Barrichello – Full Time Competições – Chevrolet – a 0s853
3 – Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 1s055
4 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 1s261
5 – Átila Abreu – Mobil Super Pioneer Racing – Chevrolet – a 3s331
6 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 5s220
7 – Nonô Figueiredo – Mobil Super Pioneer Racing – Chevrolet – a 5s484
8 – Marcos Gomes – Carlos Alves Competições – Peugeot – a 6s042
9 – Sergio jmenez – Voxx Racing Team – Peugeot – a 7s568
10 – Luciano Burti – Boettger Competições – Peugeot – a 8s286
11 – Popó Bueno – Shell Racing – Peugeot – a 8s933
12 – Felipe Lapenna – Hanier Racing – Peugeot – a 10s526
13 – Duda Pamplona – Officer ProGP – Chevrolet – a 11s512
14 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 12s487
15 – Galid Osman – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 13s560
16 – Tuka Rocha – BMC Racing – Chevrolet – a 13s878
17 – Alceu Feldmann – Full Time Competições – Chevrolet – a 14s111
18 – Fábio Fogaça – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 14s945
19 – Allam Khodair – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 15s220
20 – Victor Genz – Gramacho Competições – Peugeot – a 15s476
21 – Rodrigo Sperafico – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 15s847
22 – Diego Nunes – RC3 Bassani – Peugeot – a 16s784
23 – Lico Kaesemodel – Boettger Competições – Peugeot – a 19s021
24 – Wellington Justino – Hot Car Competições – Chevrolet – a 21s496
25 – Beto Cavaleiro – Hanier Racing – Peugeot – a 32s789
26 – Rafa Matos – Hot Car Competições – Chevrolet – a 1 volta
27 – Valdeno Brito – Shell Racing – Peugeot – a 1 volta
28 – Ricardo Zonta – BMC Racing – Chevrolet – a 5 voltas
29 – David Muffato – Carlos Alves Competições – Peugeot – a 7 voltas
30 – Rodrigo Pimenta – Gramacho Competições – Peugeot – a 8 voltas
31 – Denis Navarro – Voxx Racing Team – Peugeot – a 11 voltas
32 – Julio Campos – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 12 voltas
33 – Ricardo Sperafico – Officer ProGP – Chevrolet – a 17 voltas
34 – Patrick Gonçalves – RC3 Bassani – Peugeot – a 17 voltas

Campeonato:

1 – Ricardo Mauricio – 80
2 – Cacá Bueno – 73
3 – Daniel Serra – 72
4 – Thiago Camilo – 58
5 – Max Wilson – 52
6 – Valdeno Brito – 51
7 – Átila Abreu – 41
8 – Sérgio Jimenez – 35
9 – Luciano Burti – 33
10 – Allam Khodair e Ricardo Zonta – 32
12 – Tuka Rocha – 30
13 – Julio Campos e Nonô Figueiredo – 25
15 – Rubens Barrichello – 23
16 – Fábio Fogaça e Galid Osman – 22
18 – Duda Pamplona e Marcos Gomes – 21
20 – Rodrigo Sperafico – 18
21 – Ricardo Sperafico – 17
22 – Rafa Matos – 16
23 – Popó Bueno – 15
24 – Lico Kaesemodel – 10
25 – Felipe Lapenna – 9
26 – Denis Navarro – 8
27 – Vitor Genz – 6
28 – Diego Nunes – 5
29 – Alceu Feldmann e Wellington Justino – 4


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0