Senna já se prepara para as 24 horas de Le Mans

192645_321055_spa_corrida_sabado_web_
Vencedor em Silverstone, segundo colocado em Spa e líder da classe GTE Pro do Campeonato Mundial de Endurance, Bruno Senna inicia neste domingo a preparação às 24 Horas de Le Mans, a mais aguardada corrida do FIA WEC – Campeonato Mundial de Endurance. Depois de uma breve passagem pelo Brasil para atender compromissos com patrocinadores, Bruno regressou na noite de quarta-feira à Europa, preocupado com o acréscimo de 10 quilos no peso dos Vantage da equipe oficial da Aston Martin introduzido a partir dos treinos livres do fim de semana. “As Ferrari 458 já estavam muito competitivas na Bélgica. Com esse lastro extra que teremos de carregar, a disputa ficará ainda difícil”, reconheceu.

O Mundial de Endurance procura manter permanentemente o equilíbrio de forças por meio do Balance of Performance. Após as 6 Horas de Spa, vencidas pela marca italiana, o comitê responsável pela área técnica decidiu pela ampliação do peso mínimo dos Vantage e o aumento do restritor de ar dos Porsche RS 911 em mais 0.3 milímetros, visando ao incremento da velocidade do carro alemão.

Os ensaios coletivos serão os únicos antes da abertura definitiva da pista para o evento dos dias 22 e 23 próximos – os 14 km do circuito de Le Sarthe utilizam vias públicas, que só serão fechadas na semana da 90ª edição de uma das provas mais tradicionais do calendário automobilístico mundial. Os 56 inscritos estarão presentes e os carros e pilotos estreantes, ou que não participem da corrida há três anos, terão obrigatoriamente de completar ao menos 10 voltas.

A classe GTE Pro terá uma janela de duas horas, entre as 9 e as 11 h de Brasília, para os trabalhos das equipes. Bruno estará novamente acompanhado pelo francês Fred Makowiecki e pelo inglês Rob Bell, agora com o carro de número 99 – correu com o 97 em Silverstone e com o 98 em Spa. “Não é muito tempo, mas é o que temos. Na verdade, acho que estes testes servem mais como um simulado da organização. Dados como os de consumo de pneus e de combustível serão difíceis de conseguir por causa dessa limitação”, explicou.

Além de toda a história que cerca a prova e da meta da Aston Martin de alcançar a vitória no ano em que comemora seu centenário de fundação, Bruno tem mais um motivo para sonhar com um resultado que o mantenha no topo da tabela: por causa de sua longa duração, as 24 Horas de Le Mans distribuirão pontos em dobro. No momento, Bruno lidera com 44 pontos, contra 38 do alemão Stefan Mücke e do inglês Darren Turner, seus parceiros em Silverstone.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0