Ford apresenta o novo Edge por R$122 mil

Já está à venda o novo Ford Edge 2011, com design mais agressivo, mais tecnologia e preço bem menor. Líder de vendas da categoria nos Estados Unidos, ele passou por uma renovação, desde o design, materiais de acabamento, tecnologias de conectividade até o motor 3.5 V6 Ti-VCT, o mais potente e econômico da classe, junto com a transmissão automática seqüencial de 6 velocidades com troca de marchas na alavanca do câmbio.
Entre as tecnologias inovadoras e exclusivas oferecidas pelo Ford Edge 2011 estão o sistema MyFord Touch com telas de LCD configuráveis no painel, monitoramento de pontos cegos, alerta de tráfego cruzado, acesso inteligente sem chave, partida remota, acionamento do motor por botão Ford Power, sistema multimídia SYNC® de segunda geração com conexão Bluetooth para celular e comandos de voz, som Sony® de qualidade premium, central de mídia com duas entradas USB, conexão para cartão de memória SD, entrada de áudio e vídeo, chave configurável MyKey, câmera de ré, sensor de chuva e bancos com ajuste elétrico em 10 direções.

Segurança e conforto 

Seu conjunto de segurança inclui tração AWD, 6 air bags, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, câmera de ré, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, economizador de bateria, sistema antifurto EPATS, controle eletrônico de tração e de estabilidade AdvanceTrac, que garante mais segurança em curvas e manobras bruscas, reduzindo os riscos de  derrapagens e capotamento, e sistema SOS de alerta pós-acidente.

O interior ficou mais requintado e silencioso, com aprimoramentos na isolação acústica e nova opção de acabamento em couro cinza Light Stone. Entre outros equipamentos de conveniência e conforto, ele oferece sistema de abertura e partida sem chave – basta estar com a chave no bolso para abrir a porta, ou ligar o carro usando o botão Power Start -, abertura automática do porta-malas e sistema EasyFold de rebatimento dos bancos para transporte de volumes.
O projeto ergonômico apurado da cabine do Ford Edge 2011 é complementado pelo uso de materiais refinados, de toque agradável, e por um cuidado artesanal no acabamento de cada detalhe.

Design

O Ford Edge 2011 traz um visual criativo e robusto, vibrante e “high-tech”, que reflete o seu alto conteúdo de tecnologia embarcada. As novidades incluem o capô, grade dianteira, faróis, para-lamas e para-choque dianteiro, lanternas e aerofólio traseiro, complementadas por novas rodas de 18 e 20 polegadas. As linhas retas dão lugar a formas curvas e harmoniosas, mais leves e expressivas, inspiradas no design Kinetic da Ford.
A sua presença imponente é reforçada pela grade dianteira cromada maior e  pelo spoiler traseiro saliente. A coluna dianteira avança em linha fluida para o capô, que tem suas formas esculturais evidenciadas por vincos discretos. Os piscas são integrados aos faróis.
As lanternas traseiras também são projetadas com estilo e tecnologia para criar uma aparência mais moderna, com muito requinte. A lente interna secundária parece flutuar, usando peças reflexivas não convencionais. As ponteiras de escapamento são mais longas e de 4 polegadas. Apliques na tampa do porta-malas, em duas partes, completam as mudanças na traseira.

Motor V6

O motor V6 de 3.5 litros do Ford Edge 2011 incorpora tecnologias avançadas que aumentam a potência e o torque com uma economia de combustível sem igual na categoria. Ele gera uma potência de 289 cv a 6.500 rpm – (20 cv a mais que o modelo anterior) – e torque de 343 Nm a 4.000 rpm, com transmissão automática seqüencial de 6 velocidades que permite a troca de marchas através do botão localizado na alavanca de câmbio e entrega mais performance com economia de combustível.
O duplo comando variável e independente de válvulas (Ti-VCT) é uma de suas inovações. Ele permite o ajuste contínuo do motor ao fluxo de ar para obter máxima eficiência e aumenta em cerca de 4% a economia de combustível. A redução da rotação da marcha lenta de 620 para 600 rpm também contribui para a economia, assim como mudanças feitas na carroceria para aumentar a eficiência aerodinâmica.
O Ford Edge 2011 vem ainda com um sistema aprimorado de corte de combustível nas desacelerações, que interrompe a alimentação quando o torque do motor não é exigido, como ao reduzir a velocidade na estrada.

Tecnologia 

O Ford Edge 2011 traz uma tecnologia pioneira na indústria para conectar o motorista com o veículo e seus aparelhos digitais de uma maneira mais inteligente, segura e simples: o sistema MyFord Touch. Em vez dos mostradores tradicionais, ele traz duas telas de LCD coloridas de 4,2 polegadas no painel, ao lado do velocímetro analógico, que tem também um indicador luminoso da marcha selecionada. Dois botões de cinco pontos – como os usados nos novos aparelhos eletrônicos – instalados na direção permitem personalizar as telas e controlar suas funções. Os comandos também podem ser feitos por voz.
Cada categoria de informação é exibida em cores diferentes para facilitar a identificação: vermelho para a parte de entretenimento; azul para a climatização; amarelo para o celular e verde para informações. Uma das telas indica, por exemplo, a ativação do controle de tração, do monitoramento de pontos cegos, alerta de tráfego cruzado e câmera de ré. Outra tela mostra medidor de combustível, autonomia e consumo instantâneo, sinalização de posição das travas, da abertura do porta-malas, habilitação do controle remoto do ar-condicionado e dos vidros traseiros e ativação do sensor de chuva.
Conta-giros, temperatura da água e computador de bordo são outras funções que podem ser selecionadas, assim como a configuração de idioma (inglês, espanhol ou francês), da medição de distância (em quilômetros ou milhas) e temperatura (em graus Celsius ou Farenheit).
Uma das vantagens do MyFord Touch é reunir todos os controles do veículo em uma área compacta, sem que o motorista tenha de tirar a mão do volante para operá-los. Seu uso é intuitivo para qualquer pessoa que já tenha usado um celular ou um tocador de MP3.
O sistema se completa com a tela de LCD de 8 polegadas do sistema SYNC® instalada no console, com comandos “touch screen”. Ela permite visualizar as informações de entretenimento, celular e ar-condicionado, em telas configuráveis, e traz uma central de mídia com duas entradas USB, leitor de cartão de memória e entrada de áudio e vídeo (RCA).
O sistema MyFord é apenas uma das tecnologias exclusivas do Ford Edge 2011. Ele também traz como novidades o sistema de monitoramento de ponto cego (BLIS), o alerta de tráfego cruzado e a chave configurável MyKey.
O sistema de monitoramento de ponto cego (BLIS) aumenta a segurança nas manobras dinâmicas no trânsito. Ele é composto de sensores que avisam, acendendo uma luz nos retrovisores, se um veículo entra na área fora do campo de visão dos espelhos. O alerta de tráfego cruzado facilita a saída de ré de uma vaga de estacionamento, avisando sobre a aproximação de carros na direção perpendicular.
A chave MyKey foi projetada para que os pais possam emprestar o carro aos filhos adolescentes com a certeza de que eles vão dirigir com mais segurança e de modo mais econômico e, também, entregar a chave ao manobrista com mais tranquilidade. Além de aviso de alerta persistente para incentivar o uso do cinto de segurança, o sistema permite limitar a velocidade máxima, o volume do rádio e controlar outros parâmetros de segurança do veículo.
Quando configurado no modo MyKey, o veículo não permite a desativação do controle de tração nem do sistema de monitoramento de pontos cegos e outros sistemas de segurança. Além disso, fornece um relatório de viagem que registra a quilometragem percorrida e outros dados de uso.
Com duas versões de acabamento, SEL e Limited, o Ford Edge começa em R$122.100,00 e vai até R$142.610,00.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0