Nissan Altima: um sedã com muito a oferecer

ALTIMA3

 

A Nissan marca os 15 anos de sua presença no Brasil com o lançamento de seu primeiro modelo do segmento de sedãs grandes. E a estreia não poderia ser melhor. O Altima chega para atender a um público mais seleto, mas que também leva muito em conta o custo/benefício do produto que pretende adquirir.

No caso do novo carro da marca japonesa, o consumidor tem muito a ganhar: um carro potente, muito bem equipado, confortável e que custa R$ 99.900, um preço bastante razoável mesmo em comparação com os da concorrência.  Importado do Tennessee em versão única, o Altima que será vendido por aqui é o da quinta geração do modelo, comercializado em vários países – nos Estados Unidos, por exemplo, ele faz sucesso há um bom tempo.

Em nosso mercado, o sedã da Nissan terá pela frente a concorrência de modelos já bastante conhecidos pelo consumidor nacional.  São eles: o Honda Accord, o Volkswagen Passat, o Hyundai Sonata, o Kia Cadenza e, principalmente, o Ford Fusion. O fabricante acredita que, em breve, o brasileiro também se acostumará com o nome Altima e o que é melhor, também o apreciará graças aos seus atributos de conforto, beleza, desempenho, qualidade do acabamento e  a oferta de equipamentos de segurança e conveniência.

ALTIMA5

 

O design é moderno, mas bastante discreto. Suas linhas não diferem muito das dos outros sedãs da Nissan, incluindo o recém-lançado Sentra e até o Versa. A culpa é da chamada “identidade visual”, marcada pelo desenho dos faróis e grade frontal. Lateral e traseira têm traços mais arrojados que seu parente Sentra, emulando o estilo dos cupês de quatro portas com teto curvado e traseira curta. O interior é bastante tradicional, com o já conhecido padrão elevado de qualidade no uso de materiais agradáveis ao toque.

ALTIMA6

O motor de  2.5 de cinco cilindros em linha, que gera 182 cv a 6.000 rpm e torque máximo de 24,7 mkgf a 4.000 rpm, é bastante adequado a um carro preferencialmente voltado à família. A transmissão continuamente variável (CVT), que oferece o Adaptive Control Shift (ACS), sistema que adapta a transmissão ao estilo de condução e às condições do pavimento, como acontece em outros carros da marca, é uma das melhores e se casa muito bem com o propulsor.

ALTIMA7

Dentro de sua política de transparência e confiança no pós-venda, a Nissan também incluiu o Altima em seu programa “Compromisso Nissan”. Com ele, além dos três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem, e dos dois anos de uso do programa de assistência 24 horas Nissan Way, a Nissan se compromete a oferecer preços tabelados de manutenção.

O “Compromisso Nissan Altima” engloba ainda revisão com preço fechado para os pacotes das manutenções periódicas (a cada 10 mil quilômetros), que incluem peças, lubrificantes, fluido e mão de obra nos preços finais. Até os 60 mil km, o proprietário irá desembolsar R$ 3.474. Confira os valores de cada revisão:

10 mil km – R$ 399

20 mil km – R$ 759

30 mil km – R$ 399

40 mil km – R$ 759

50 mil km – R$ 399

60 mil km – R$ 759

 

 

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0