Nova F-150, uma das estrela do primeiro salão do ano

 

F150

 

A Ford apresenta no Salão de Detroit a nova F-150, a picape que apaixona os norte-americanos há quase quatro décadas. Uma das principais novidades é a redução de peso na comparação com a versão atual: 317 kg a menos, graças à grande utilização de alumínio em sua composição.

Ligas de alumínio de alta resistência, de uso militar e também aplicadas na indústria aeroespacial e no transporte comercial e energia, foram introduzidas pela primeira vez em toda a carroceria da F-150, aumentando a resistência a torção e impactos, com economia de peso. No total, foram eliminados cerca de 700 kg do veículo, aumentando a capacidade de carga da F-150, assim como a sua capacidade de aceleração e frenagem, com ganho de eficiência.

A nova F-150 conta com quatro opções de motores para atender praticamente qualquer necessidade de utilização. O novo EcoBoost de 2.7 litros com Auto Start-Stop de série e o V6 de 3.5 litros com duplo comando de válvulas independente e variável se juntam aos conhecidos EcoBoost de 3.5 litros e V8 5.0 Ti-VCT. O motor EcoBoost 2.7 litros, de design leve e compacto, entrega a mesma potência de alguns V8.

F1503

 

A tecnologia Auto Start-Stop ajuda a economizar combustível. Ao contrário de soluções semelhantes usadas em outros veículos, essa tecnologia – desenvolvida especialmente para os clientes de picapes – desliga o motor para economizar combustível quando o veículo está parado, a não ser que ele esteja com reboque ou tração nas quatro rodas. O motor religa em milissegundos quando o freio é liberado.

As versões da F-150 com motor EcoBoost também virão de série com sistema de fechamento ativo da grade do radiador. Ele mantém as aletas abertas quando é necessário refrigerar o motor, como em baixa velocidade no trânsito ou rodando em tempo quente. Em velocidade de cruzeiro, elas se fecham automaticamente para reduzir o arrasto aerodinâmico.

A F-150 continuará a ser produzida nas fábricas da Ford em Dearborn, Michigan, e Kansas City, no Missouri. A Ford não descarta de trazer a nova picape para o Brasil, ainda neste ano.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0