Uma obra de arte com rodas

Antônio Fraga

Eu sei que já escrevi isso, mas como apaixonado pela marca vou repetir: para quem ama automóveis, Alfa Romeo é mais que um simples carro, é um ser espetacular. Mais: um Alfa Romeo tem alma, personalidade própria, e forte, tem vontades.

Em contrapartida está pronto para oferecer ao seu amigo e parceiro (um Alfa não tem proprietário), muito conforto, segurança, estabilidade e desempenho. Mais que isso tudo junto: puras emoções a cada virada de motor. É simplesmente fascinante. Ter uma Ferrari é um sonho, um espetáculo, mas ninguém consegue andar com esse carro no dia-a-dia, mas de Alfa é difícil querer se livrar dele. Quem tem ou teve um Alfa Romeo, sabe muito bem o que estou falando.

Mas vamos lá, apresentar mais um Alfa que, como diz o nome, vai se transformar num Mito. O novo Alfa Mito recém lançado na Europa, causou grande expectativa pelo design belo, típico da marca. Com fortes influencias do Alfa 8 C ( não vou nem falar mais nada, meu amigo, olhe a foto do 8 C), principalmente na frente, onde reúne com muita harmonia a grande grade, os faróis cromados com moldura cromada e um perfil afilado.
Atrás, as molduras cromadas seguem a frente e as lanternas são com a tecnologia de Led. Os vincos são fortes e o design muito agressivo.

Tendo como base a plataforma do Fiat Punto, o mesmo existente no Brasil, o Mito mantém a mesma distância entre eixos, mas é um pouco superior no comprimento.

O interior não deixa a menor duvida que você está num carro da marca italiana de Milão. A posição de dirigir é excelente, graças ao perfeito posicionamento do volante, banco e das dezenas de regulagens de ambos. Como não podia deixar de ser, tudo reflete esportividade com texturas imitando fibra de carbono. O acabamento é bom, porém alguns plásticos poderiam ter recebido um pouco mais de carinho. O espaço na frente é muito bom, mas atrás, não há o mesmo nível. Não que seja ruim, mas em viagens longas, os passageiros de trás vão chegar cansados (mas vamos concordar que é um abuso para quem tem a honra de andar num Alfa, de carona e ainda ter coragem de reclamar). A suspensão é firme e mais “durinha”, garantindo uma ótima estabilidade. Ainda tem uma serie de equipamentos que ajudam a aumentar essa eficiência.

Através de um botão, no console, é possível escolher a maneira mais correta para cada momento, como mais confortável ou esportivo.
O motor é o multi funcional 1,4 litro turbo, o mesmo utilizado pelo Fiat Línea e pelo futuro Punto Turbo, que chega agora no mês de janeiro. Esse motor está sendo utilizado por vários carros da Fiat, Alfa Romeo e Lancia. Com 155 cavalos a 5.500 rpm, e 230 Nm de torque, o Mito tem uma relação peso /potência de 7,3 quilos para cada cavalo. O modelo atinge a velocidade máxima de 215 quilômetros por hora e acelera de 0 a 100 km/h, em 8,3 segundos.
Muito bem equipado, o Alfa Romeo Mito custa na Europa em torno de 23 mil euros, algo em torno de 71 mil reais. Mas tem dois defeitos graves: não deve desembarcar por aqui, pelo menos durante esta crise econômica e não é meu.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0