Política de impostos de importação atrapalham indústria nacional

No Brasil, uma resolução de 2018 prevê isenção de imposto de importação para autopeças que não podem ser produzidas pela indústria nacional para instalação diretamente nas fabricantes de veículos. A legislação reduz o custo do dispositivo para as montadoras, mas o consumidor final ainda precisa pagar o equipamento com o imposto de importação embutido, o que dificulta a instalação em larga escala nos carros que circulam pelas ruas. Atualmente, somam cerca de 58 milhões de automóveis. O Mobileye, que custa em média R$ 4 mil para instalação, poderia ter o valor reduzido quase pela metade se a resolução valesse para todos os equipamentos e não apenas para aqueles instalados na fábrica.

Lançada em 1999, a Mobileye, é uma startup israelense que foi adquirida pela Intel por U$ 15,3 bilhões em 2017, uma das maiores aquisições do mercado de tecnologia. A empresa é líder global no desenvolvimento de visão artificial, machine learning, análise de dados, localização e mapeamento de tecnologias para os Sistemas de Assistência Avançada ao Motorista (ADAS) e soluções de condução autônoma.

A tecnologia Mobileye está integrada em mais de 50 milhões de veículos de diferentes modelos nas principais montadoras do mundo e aos sistemas já existentes para gestão de frotas. A Mobileye é líder no desenvolvimento da tecnologia do carro autônomo.

O dispositivo também oferece uma versão direcionada para veículos de grande porte, como ônibus. O Mobileye Shield+ funciona por meio de sensores instalados na parte frontal e em pontos estratégicos do ônibus, cobrindo pontos cegos, e fornecendo avisos para a prevenção de colisões. Ao analisar situações multivariáveis e interagir com os motoristas, por meio de alertas, o sistema calcula ainda a distância mais segura para prevenir impactos.

Para quem tem interesse, o aparelho pode ser adquirido no site da www.fftechbr.com.br.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0