Amortecedores velhos comprometem a segurança

AmotrterAssim como o sistema de freios, airbag, cinto de segurança e pneus, os amortecedores também são itens de segurança, indispensáveis para garantir o desempenho e a estabilidade do carro. “A função básica do amortecedor é fazer com que o pneu mantenha contato com o solo. Ele freia o movimento de oscilação da mola, mantendo o pneu em contato com o chão, e, quando em pefeitas condições, permite ótima estabilidade direcional, seja na ré, linha reta ou em curvas”, explica Eduardo Guimarães, técnico da Nakata.
Segundo o técnico, quando o amortecedor desempenha sua função também é responsável por diminuir o espaço de frenagem, tornando, assim, o veículo mais seguro. “Em uma curva, há melhor controle do veículo. Enfim, todas as funções de rodagem em baixa, média ou alta velocidade apresenta melhor dirigibilidade”, enfatiza.
Por absorver todos os impactos ao circular nas vias, o amortecedor também é essencial para o conforto dos ocupantes do veículo.
A recomendação é manter a manutenção em dia. As primeiras verificações deve ocorrer a partir dos  40 mil km, mas a qualquer indício de mau funcionamento, como balanço excessivo do automóvel, ou seja, quando a ação da mola atua diretamente na roda sem a frenagem hidráulica do amortecedor, deve-se fazer revisão e, se for o caso, substituir a peça.
“Um amortecedor comprometido traz desconforto aos ocupantes, maior desgaste de pneus e dificuldade na condução do automóvel”, ressalta.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0