Coluna “Andando de Carro” 09.05.2020

Lamborghini apresenta superesportivo de tirar o fôlego

Antônio Fraga | Especial para ACidade ON
9/5/2020
Huracán Evo Rear Wheel Drive Spyder (Foto: Divulgação)
Maravilhoso e veloz, o Huracán Evo Rear Wheel Drive Spyder ainda traz a liberdade de retirar o teto (Foto: Divulgação)
A traseira da Lamborghini Huracán Evo Rear Wheel Drive Spyder é um show de beleza e tecnologia (Foto: Divulgação)

Eita ventinho bom
E veloz. A Lamborghini apresentou na última quinta-feira pela internet, por conta da pandemia, o novo superesportivo Huracán Evo Rear Wheel Drive Spyder. O modelo continua sendo um coupê, mas conversível. Ou seja, substituiu o teto rígido por um de “tecido”.

Outro detalhe interessante do Huracán Evo RWD Spyder é que o modelo só tem tração nas rodas traseiras. Qual a vantagem? Com tração só na parte de trás, o modelo fica mais leve. Tirando isso, o modelo é igual ao seu irmão. Com motor V10 de 5,2 litros, chega a 324 quilômetros por hora e acelera de 0 a 100 quilômetros por hora em apenas 3,2 segundos. O câmbio é automático de dupla embreagem e sete velocidades.

Apesar do luxo e dos materiais de altíssima qualidade, o cockpit do Huracán Spyder é digno de um carro de corridas (Foto: Divulgação)
Um dos melhores superesportivos do mercado mundial, o exclusivo R8 chega ao mercado nacional (Foto: Divulgação)

Bom demais
A Audi do Brasil confirmou para o segundo semestre a venda do superesportivo R8 no Brasil. E para o lançamento, a marca vai proporcionar aos primeiros felizardos a possibilidade de configurar seu modelo, nas cores externas, side blade, acabamento externo, capa do retrovisor, cor do logotipo da Audi, design de rodas 20 polegadas, pinças de freio, acabamento interno, revestimento do teto, e padrão do revestimento dos assentos. Ao todo são quase 1,6 milhão de combinações possíveis para o novo Audi R8, o que o transformará num carro exclusivíssimo. Isso por R$ 1.234.990,00 na venda direta.

Os compradores deverão ir até uma concessionária da marca e confirmar a aquisição até o dia 14 de maio.

O superesportivo possui motor central-traseiro V10 que gera 610 cavalos de potência máxima e 560 Nm de torque. A transmissão é a S tronic de sete velocidades e conta com renovado sistema de tração nas quatro rodas. A velocidade máxima é de 330 quilômetros por hora e acelera de 0 a 100 quilômetros por hora em 3,2 segundos.

A distribuição de torque se adapta às condições de direção em casos extremos, 100% do torque podem ser transmitidos para o eixo dianteiro ou traseiro. O modo performance no sistema Audi drive select permite a adaptação dos parâmetros mais importantes na dinâmica para diversas condições de clima e solo.

A combinação de alumínio e fibra de carbono colabora com o baixo peso, a rigidez e o comportamento dinâmico. A parte inferior da carroceria tem um longo difusor para aumentar o downforce. Também o chassi, com sua suspensão em duplo A, remete a carro de corrida.

Quem entra atrás do volante do novo R8 se sente como um piloto de corridas. Todas as funções são direcionadas para o motorista e permitem uma operação simples mesmo em condições extremas isso sem que seja preciso tirar as mãos do volante. Os assentos esportivos com apoio de cabeça integrado oferecem excelente suporte lateral.

O botão start-stop e o seletor do Audi drive select ficam localizados no volante multifuncional. Há ainda um botão para controlar o sistema de escape, deixando o esportivo com um ronco ainda mais poderoso, e um seletor que ajusta o veículo em diferentes condições de condução: seco, molhado ou neve.

O Audi virtual cockpit apresenta todas as informações ao motorista em sua tela de 12,3 polegadas com gráficos elaborados. O motorista pode alternar entre diferentes modos de tela e ainda ajustar o painel de instrumentos digitais de acordo com suas preferências. No modo performance, o condutor visualiza as informações dos programas de direção, aceleração, desaceleração e forças laterais, bem como potência e torque.

O R8 possui ainda um sistema de som Bang & Olufsen como equipamentos de série.

A marca italiana de superesportivos mais admirada do mundo sempre se destacou pela beleza de seus carros (Foto: Divulgação)  

Beleza pura 
A Ferrari 250 GT California equipada com motor V12 de 3.0 litros, que produz 237 cv de potência máxima e transmissão de quatro velocidades, é um dos modelos mais bonitos que a marca italiana já produziu. Toda em alumínio, apenas 50 exemplares foram produzidos. O desenho maravilhoso e muito elegante saiu das pranchetas do projetista italiano Sergio Scaglietti. Muito apreciada entre os antigomobilistas, em 2015 foi vendida uma unidade por nada menos que 35 milhões de dólares.

Meio chinês
O Grupo Volkswagen está desenvolvendo uma nova geração de carros pequenos e elétricos para 2021. Aos poucos a marca alemã quer abandonar as motorizações à combustão.

Denominado projeto “MEB Entry”, tendo como base o futuro ID.3, está sendo desenvolvido em parceria com o grupo chinês JAC Automobile. Aliás, a China é o principal mercado desse novo modelo.

A FCA Fiat Chrysler Automóveis e outras empresas vão doar 230 mil itens de higiene (Foto: Divulgação) 

Atitude legal
Uma ação muito bonita uniu as empresas Fiat, Nivea, Sabesp, Deep, Instituto Olga Kos e a Leo Burnett Tailor Made, que vão doar itens essenciais de higiene. A ação está entregando um total de 230 mil produtos de higiene pessoal a 53 instituições, envolvendo cerca de 60 mil pessoas beneficiadas. As doações serão em etapas a cada 15 dias, para atender o maior número possível de pessoas durante o período em que as autoridades de saúde consideram o mais crítico da Covid-19.

Produtos disponibilizados pela Nivea serão levados em carros da Fiat às cincos principais regiões metropolitanas de São Paulo com maior concentração de pessoas em situação de rua ou que moram em áreas de alta vulnerabilidade ao vírus.
Os kits possuem álcool gel, sabonetes em barra, sabonetes líquidos e cremes.

A nova ação da Ford visa tirar do consumidor a preocupação da pandemia quando visita as concessionárias (Foto: Divulgação) 

Atitude legal 2
A Ford lançou na semana passada um programa inédito que será realizado em sua rede de revendedoras para oferecer um novo padrão de segurança aos clientes, com várias ações focadas na prevenção de doenças, principalmente nesses tempos de coronavírus. O objetivo é que o consumidor que precise ir a uma concessionária para realizar um serviço, ou uma compra agendada, sinta-se totalmente seguro.

Para isso, foi criado o programa Ford Clean, composto de dois pilares que incluem uma certificação pioneira com protocolos de higienização e atendimento seguro para as concessionárias e um serviço de desinfecção inédito de veículos. Essas ações atendem a um anseio e mudança de comportamento dos consumidores, que estão dando muito mais importância à higienização em áreas de contato pessoal.

O novo programa se une à iniciativa “Compre Sem Sair de Casa” em que, a partir de agora, os clientes também têm a opção de receber em casa um veículo desinfetado.

A Ford, por meio do programa Ford Clean, é a primeira montadora no Brasil a ter uma certificação de padrões de higienização e atendimento seguro aos clientes em sua rede. A certificação abrange todas as instalações e operações da concessionária, desde vendas a serviços inclusive os que são feitos externamente , com critérios rígidos para garantir a saúde e segurança de todos os empregados, clientes, fornecedores e visitantes.

A certificação foi desenvolvida com base nas orientações do Ministério da Saúde e da Anvisa.

A desinfecção de veículos é um serviço que a Ford também começa a oferecer na sua rede de concessionários para veículos Ford usados com foco na segurança e prevenção de doenças transmissíveis incluindo a nova família coronavírus. Para essa finalidade é utilizado um desinfetante não disponível ao público em geral, produzido pela 3M, o “Peróxido Pronto Uso”, registrado na Anvisa e de ação comprovada contra bactérias, fungos e vírus.

Ele atualmente é empregado nos hospitais mais renomados do Brasil para desinfecção de UTIs, salas de emergência e outras áreas de alto risco. Esse produto foi testado e aprovado pela engenharia da Ford para garantir compatibilidade com os materiais utilizados nos veículos da marca. A sua aplicação será feita por técnicos treinados, devidamente protegidos, e inclui no mínimo 50 pontos de maior contato nas áreas internas e externas do veículo, como: volante, painel, comandos do câmbio, freio, som, apoios, bancos, cintos de segurança, maçanetas, retrovisores, capô, porta-malas, tapetes, chave e ar-condicionado, incluindo filtro e difusores.

O serviço de desinfecção de veículos começa a ser oferecido na rede de concessionárias da Ford a partir de 11 de maio, com preço público sugerido de R$ 129.

Para tentar retomar as vendas, a Mitsubishi Motors lança um plano especial para dois SUVs (Foto: Divulgação) 

Acelerando as vendas
A Mitsubishi Motors está com um plano especial para quem quiser adquirir os modelos Pajero Sport e Eclipse Cross. A entrada será de 50% e o restante dividido em 35 parcelas, com a primeira somente em 2021. E a marca ainda banca as cinco primeiras parcelas. A promoção vai até 31 de maio.

Vai superar
Com o impacto da Covid-19, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) divulgou a sua situação das vendas do primeiro trimestre de 2020. A marca vendeu 818 mil unidades, o que significa uma redução de 21% em relação ao primeiro trimestre de 2019.
Em todo o mundo as fábricas estão paralisadas e o grupo se concentrou em apoiar os governos e entidades com a instalação de hospitais de campanha, reforma de respiradores pulmonares, produção e doação de equipamentos, apoio a escolas da área médica, cessão e doação de veículos, doação de refeições a populações em situação de vulnerabilidade, entre outras medidas.

Para Mike Manle, CEO do grupo FCA, a saúde das pessoas está em primeiro lugar. “O impacto em nossos negócios é significativo, mas vamos superar e voltar a crescer” disse.

Garantia estendida
A japonesa Toyota aumentou a garantia dos seus modelos 2020, para cinco anos ou 100 mil km rodados. Antes a marca dava três anos de garantia. Já para os modelos híbridos a garantia é de oito anos ou duzentos mil quilômetros.

Números preocupantes
A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgou esta semana a queda de 73,57% nos emplacamentos de veículos automotores no mês de abril, considerando todos os segmentos automotivos, em relação ao mesmo mês de 2019.

Ao total foram emplacados 89.692 veículos (entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, implementos rodoviários e motocicletas) em abril deste ano, contra 339.388 veículos em abril de 2019. Se comparado ao mês de março de 2020, abril mostrou queda de 64,04% e, na relação do acumulado do quadrimestre (janeiro a abril), o ano de 2020 está 25,17% abaixo do mesmo período do ano passado.

A comercialização de automóveis e comerciais leves teve queda de 76,79% entre os meses de abril de 2019/2020, passando de 221.292 unidades, comercializadas em abril do ano passado para 51.362 unidades vendidas em abril de 2020.

No acumulado do quadrimestre, a retração foi de 27,13%, com 583.905 autos e leves vendidos entre janeiro a abril de 2020, contra 801.280 comercializados em igual período de 2019.

Esses números são similares aos registrados há 14 anos, para automóveis e comerciais leves e de uma maneira, os de 28 anos atrás.

No caso de caminhões, a retração no acumulado foi de apenas dois anos, mas, chegou a 26 anos de retrocesso, se forem considerados, apenas, os dados de abril.

Para motocicletas, houve retrocesso de 24 anos, em relação aos dados de abril/2020, e de 17 anos, no acumulado do quadrimestre.  Para não aumentar ainda mais a crise, seria necessário o imediato retorno as atividades normais das 7.300 concessionárias existentes no Brasil.

Milagre da pandemia
O preço médio da gasolina comum no Brasil em abril foi de R$ 4,23. Sob impacto da redução da circulação de veículos em razão da pandemia do novo coronavírus, o valor registrou forte queda de 8% na comparação com o verificado em março (R$ 4,598). Em comparação com o valor médio de janeiro (R$ 4,762), a queda já chega a 11,17%.

Conforme levantamento da ValeCard, Rio de Janeiro (R$ 4,678) e Acre (R$ 4,67) são os Estados com o combustível mais caro no país. Já Paraná (R$ 3,777) e Santa Catarina (R$ 3,863) apresentam os preços mais baixos.
Os Estados que tiveram as maiores quedas no valor da gasolina em abril foram Paraná (-13,85%), Distrito Federal (-12,95%) e Mato Grosso (-11,51%). O Amapá foi o único Estado a registrar alta no valor em abril (+2,76%).

Liga do futuro
Visando a produção em 2021, a gaúcha Marcopolo pretende, até o final deste ano, iniciar testes com a aplicação do grafeno em novos componentes de ônibus. O objetivo é reduzir o peso total do veículo e ampliar e garantir a resistência estrutural, como a possibilidade de utilização e introdução em veículos de motorização 100% elétrica ou híbrida que está ocorrendo na indústria automobilística mundial.

O programa já está em fase de estudos de engenharia e o objetivo é concluir o desenvolvimento e iniciar testes até o final deste ano.

Um dos grandes desafios da indústria automobilística mundial está na contínua redução de peso e elevação da resistência dos componentes e dos veículos como um todo. O outro é a redução no uso de combustíveis fósseis e nas emissões. Com a crescente adoção da tecnologia de motorização elétrica e elevado peso das baterias, os fabricantes têm como meta desenvolver veículos mais leves e, ao mesmo tempo, robustos.

O grafeno é o material mais leve e forte do mundo, sendo 200 vezes mais resistente do que o aço e superando até o diamante. Também é o material mais fino que existe, com espessura de um átomo, ou um milhão de vezes menor que um fio de cabelo.

Maleável, resistente ao impacto e à flexão, é excelente condutor térmico e elétrico.

Os estudos com o grafeno começaram em 1947 pelo físico Philip Russel Wallace. Ele foi o primeiro a descobrir e estudar os princípios do material. Já em 1962, químicos alemães Ulrich Hofmann e Hanns-Peter Boehm transformaram em realidade. O nome do produto foi batizado por Boehm: é a junção das palavras “grafite” e o sufixo “eno”.

Isolado pela primeira vez em 2004, na Inglaterra, pelos cientistas Andre Geim e Konstantin Novoselov, em pesquisa que ganhou o Prêmio Nobel de Física em 2010, uma folha de grafeno de 1 metro quadrado pesa 0,0077 gramas e é capaz de suportar cargas de até quatro quilos.

Fazer a regulagem dos faróis em casa é fácil e permite maior visibilidade noturna (Foto: Divulgação) 

Serviço: Regule você mesmo os faróis
Faróis desregulados ofuscam a visão de quem trafega no sentido contrário ou não iluminam a via adequadamente. Por isso, consultamos a Philips Lâmpadas Automotivas para orientar nesta época de coronavirus como fazer a regulagem em casa.

Vamos lá:

Para iniciar o processo de regulagem, o motorista deve posicionar o veículo a cinco metros de distância da parede. Use a fita métrica e as devidas marcações.

O passo seguinte é realizar a medição da altura do farol (centro da ótica) até o solo.

Vamos supor que essa medida seja 66 centímetros; ela servirá de referência para a marcação seguinte, ou seja, na parede. A conta é simples: a medida da altura do farol até o solo subtraia 5 cm a menos, o equivalente a 5 metros de distância, ou seja 1% de inclinação do farol (um metro de distância, um centímetro a menos – 66 5 = 61).

Na parede da garagem, faça uma marcação; uma linha horizontal (pode ser com fita crepe) a exatos 61 centímetros de altura. Ligue os faróis e verifique a projeção do facho de luz deve estar posicionada sobre a linha, sem sombras de luz ou manchas escuras abaixo ou acima do traço.

Se o facho estiver fora da marcação (linha horizontal), o farol precisa ser alinhado. Para isso, levante o capô do veículo e encontre os parafusos localizados sobre o farol para os devidos ajustes. Com as ferramentas corretas, ajuste corretamente os fachos de ambos os lados, posicionando a projeção da luz sobre a linha demarcada na parede.

É muito importante, quando for fazer o alinhamento dos faróis, ver a área que deve ser iluminada (Foto: Divulgação) 

Pequena paixão
Quem adora as miniaturas de automóveis já tem um canal exclusivo imperdível. O jornalista especializado no setor automotivo Paulo Cruz, um apaixonado pelos mini modelos, está produzindo matérias maravilhosas para o seu novo canal Mini Auto Mania. Confira, não vai se arrepender: https://www.youtube.com/channel/UCflrHcDTGrEdtjF_YDlZkpw.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0