Coluna “Andando de Carro” 15.03.2020

Ford lança nova versão da Ranger, a Storm

Antônio Fraga | Especial para ACidade ON
15/3/2020 
Com design agressivo e bonito, a Ford Ranger Storm chega com motorização de 3,2 diesel (Foto: Thomaz Fraga/Cedida)

Super Ranger
A Ford brasileira lança esta semana uma nova versão da sua picape média: a Ranger Storm. A picape foi flagrada na estrada pela coluna “Andando de carro”, de acidadeon/campinas. Com apelo esportivo, a picape não tem nenhum cromado, as rodas são escuras, assim como a grade dianteira. O conjunto ficou muito agradável e agressivo. A motorização é a 3,2 litros a diesel. Medindo as proporções, a Storm brasileira lembra a agressividade e beleza da super picape F-150 Raptor.

A nova geração do Caoa Chery Arrizo tem motor competente e uma nova transmissão (Foto: Divulgação)
O Arrizo 5, fabricado no Brasil, é um sedan com bom espaço interno e confortável (Foto: Divulgação)

Muito melhor
A Caoa Chery está lançando a nova geração do Arrizo 5, modelo 2021, com uma nova transmissão CVT. Com motor flex 1,5 litro, turbo, o Arrizo tem potência de 150 cavalos com etanol e 147 cavalos à gasolina. Segundo a engenharia da marca no Brasil, a evolução na transmissão foi aplicada ao veículo após meses de estudo e pesquisa, com o objetivo de tornar o carro mais agradável ao modo de dirigir do brasileiro. A nova transmissão passa a contar com nove velocidades simuladas e dois modos de condução: Eco e Sport.

O Arrizo 5, que é produzido na planta industrial da marca em Jacareí-SP, será comercializado em duas versões: RT e RTS, substituindo a RX e RXT.  Os modelos ganharam importantes funções de segurança, como freio de estacionamento eletrônico e Auto Hold. Bem equipado, o Arrizo conta com sistema keyless de partida sem chave e sistema multimídia de 8 polegadas com espelhamento Android e Apple CarPlay, controle eletrônico de estabilidade e tração, airbags, freio a disco nas quatro rodas com ABS e EBD e sistema ISOFIX de fixação de cadeirinha, direção elétrica. O ar-condicionado eletrônico e a câmera de ré são os destaques, assim como o espaço interno.

O painel de instrumentos está mais agradável, com display colorido e visual mais interessante, com funções redesenhadas. A versão topo de linha, RTS, recebeu ainda novo acabamento de roda. O Caoa Chery Arrizo 5 é comercializado com preço de R$ 74.590 na versão RT e R$ 83.590 na versão RTS, ambos ano-modelo 20/21. O modelo tem três anos de garantia para o veículo completo e cinco anos para motor e câmbio.

A traseira do Arrizo 5 é muito elegante e o porta-malas tem capacidade para 430 litros (Foto: Divulgação)
Com desenho agressivo e diferente, o Carmen chega aos 290 quilômetros por hora (Foto: Divulgação)  
O painel do Hispano Suiza Carmen Boulogne é um show à parte e muito completo (Foto: Divulgação)  

Elétrico e veloz
A Hispano Suiza apresentou uma nova geração do superesportivo Carmen, o Boulogne, nome que remete aos anos de 1920, quando a marca espanhola teve muito sucesso nas competições.

O Carmen Boulogne tem 95 cavalos a mais que o modelo “normal”. Com dois motores elétricos alimentados por um conjunto de baterias, armazenadas no assoalho do modelo, o Boulogne produz 1115 cavalos e um torque de 1600 Nm. A velocidade máxima está limitada eletronicamente a 290 km/h (em vez de 250 km/h do Carmen) e acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,6 segundos (3 segundos no Carmen). A autonomia do esportivo é de 400 quilômetros e as baterias podem ser recarregadas em até 30 minutos.

Serão produzidas apenas cinco unidades, que serão entregues em 2021 por “míseros” oito milhões e quinhentos mil reais.

Mais que um sonho, o Porsche 911 Turbo S é um superesportivo espetacular (Foto: Divulgação)
Assim como o exterior, o interior do 911 Turbo S é maravilhoso e com muito luxo (Foto: Divulgação)

Eterna paixão
A Porsche apresentou o novo 911 Turbo S, um dos mais tradicionais superesportivos de todos os tempos. A nova geração é a mais potente da história. O modelo topo de linha da marca alemã está disponível em duas versões: Coupé e Cabriolet.Em ambas, o modelo dispõe de um novo motor boxer (cilindros opostos) de 3,8 litros com dois turbocompressores com geometria variável, que entrega 650 cavalos de potência máxima (70 cavalos a mais que a geração anterior) e torque máximo de 800 Nm. A transmissão Porsche Doppelkupplung (com dupla embreagem) foi desenvolvida para o modelo. O Turbo reduziu a arrancada de 0 a 100 km/h para 2,7 segundos (uma queda de 0,2 segundos), enquanto a velocidade máxima se manteve inalterada em 330 km/h.

As dimensões do 911 Turbo S foram aumentadas, em linha com o aperfeiçoamento da dinâmica de direção: a carroceria agora está 45 milímetros mais larga acima do eixo dianteiro (1.840 mm) e a largura total é de 1.900 mm sobre o eixo traseiro (um aumento de 20 mm). Bitolas modificadas, aerodinâmica ainda mais desenvolvida e novos pneus com dimensões diferenciadas para a frente e para a traseira contribuem para sua agilidade e esportividade: a bitola do eixo dianteiro agora está 42 mm mais larga e 10 mm mais larga no eixo traseiro.

A aerodinâmica adaptativa agora inclui flaps para o ar de resfriamento controlados na dianteira, enquanto a asa traseira, maior, foi projetada para gerar ainda mais força vertical. Pela primeira vez, o 911 Turbo S transfere sua força para a estrada através de pneus com dois tamanhos diferentes: ele traz pneus com 20 polegadas 255/35 na dianteira e 21 polegadas 315/30 nas rodas traseiras.

Novas opções de equipamentos destacam a imagem ainda mais esportiva do 911 com tração nas quatro rodas. Elas incluem o chassi esportivo Porsche Active Suspension Management (PASM – Gerenciamento Ativo da Suspensão), que foi rebaixado em 10 mm e o sistema de escapamento esportivo com flaps ajustáveis, que garante um som diferenciado.

O motor completamente novo do 911 Turbo S é baseado na atual geração do 911 Carrera. Ele apresenta um sistema completamente reprojetado de resfriamento do ar, turbocompressores VTG (com geometria da turbina variável) maiores num layout simétrico com flaps do wastegate (válvula de alívio para excesso de pressão) ajustáveis, assim como o uso de injetores piezoelétricos, que melhorou consideravelmente o desempenho do veículo relativamente às respostas, potência, torque, emissões e limite de rotações.

A nova dianteira, com entradas de ar maiores, tem um visual Turbo característico, com dois módulos luminosos dianteiros, assim como faróis de matriz de LED de série com piscas escuros. O defletor dianteiro reprojetado, extensível por um sistema pneumático, e a asa traseira maior, geram uma força vertical 15% maior. As seções com aparência muscular dos para-lamas traseiros com entradas de ar integradas dão ênfase à carroceria esguia do 911 Turbo S. O novo visual traseiro é complementado pelas ponteiras retangulares do escapamento em preto com alto brilho, típicas do Turbo.

O 911 Turbo S Coupé estará disponível no Brasil para encomenda a partir de abril com o preço público sugerido de R$ 1.329.000,00. A versão Cabriolet ainda não tem data de disponibilidade confirmada.

Para quem pode 
E por falar em Porsche, além de ser um superesportivo espetacular, o modelo alemão possui outro mérito. No setor automotivo, algumas regras são bem conhecidas: carro zero vale mais do que usado e os seminovos continuam perdendo valor de mercado com o tempo. Mas existe uma exceção: a marca Porsche. Os veículos alemães são objetos de desejo em todos os sentidos. Enquanto o mercado de novos tem crescimento acelerado, o setor de seminovos atrai cada vez mais apaixonados pela marca. São consumidores que buscam pronta-entrega e veículos com baixíssima (ou nenhuma) desvalorização, como os modelos Boxster.

Alguns seminovos da marca chegam a custar até mais do que o veículo zero km, como os modelos 911 da década de 1990.
“O Porsche é um caso atípico do mercado de seminovos. Com fila de espera de até oito meses nas concessionárias, como para o modelo Boxster zero km, o seminovo tem demanda grande e alguns chegam a ser mais caros do que os novos”, explica Pietro Consolini, sócio-diretor da Wish Motors, loja de veículos superpremium seminovos, em São Paulo.

Em 2019, a marca Porsche cresceu quase 27% nas vendas no Brasil. Foram 1.849 veículos novos no ano passado diante de 1.457 em 2018, segundo dados da Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores). Com o aquecimento do segmento de novos, o mercado de seminovos superpremium também foi impulsionado. Por conta da longa espera nas concessionárias, um modelo Boxster 2019 chega a valer mais do que um zero km. Já modelos 2017 e 2018 têm baixíssima desvalorização.

Um Boxster 2017 à venda na Wish por R$ 320 mil custa R$ 360 mil zero km na concessionária. Outro exemplo é o modelo Cayman, que chega a ter ágio no seminovo. Na Wish, um modelo Cayman, que custou R$ 404 mil na concessionária, está sendo oferecido por R$ 439 mil na loja. “Teve ágio”, diz o sócio-diretor da loja de São Paulo.

O design tradicional da marca, com pouquíssimas variações, é outro ponto fundamental do “fenômeno Porsche”, pois não desatualiza os seminovos. “Se olharmos um 911 antigo e um novo, são muito parecidos. Sabemos o modelo, mas não sabemos o ano”, destaca Pietro Consolini.

Já os carros clássicos, de coleção, são objetos de desejo dos apaixonados da marca e têm valores acima do mercado de novos por conta da exclusividade. Um Porsche 911 ano 1995, por exemplo, é vendido por R$ 600 mil. A versão zero km, 25 anos mais nova, custa R$ 520 mil na revenda. “Os Porsche da década de 1990 são muito exclusivos no Brasil, existem pouco mais de 30 carros no país. Na Wish vendemos um 911 Turbo 1993 por mais de R$ 2 milhões”, revela Pietro.

O empresário e jornalista Lucas Litvay, 38 anos, optou por um Porsche seminovo por uma série de razões. Apaixonado pela marca desde cedo, comprou um Boxster 2014 no ano passado depois de muita pesquisa. A fila de espera na concessionária foi um dos motivos por escolher o seminovo, que mandou buscar de caminhão-cegonha em Salvador.

“Queria um modelo branco, com interior caramelo e pinças de freio vermelhas. Só tinha um carro deste à venda no Brasil, na Bahia”, comenta Litvay.

Além do design clássico, outra vantagem é o zelo do antigo proprietário com o carro. “Comprei com apenas 11 mil quilômetros rodados e ganhei até a capa de proteção de presente. Quem compra um carro destes cuida com carinho”. Sem revelar o preço, conta que pagou 20% a menos do que um zero quilômetro, no modelo conversível que usa para passear e viajar.

“Gosto de baixar o teto, sentir o vento e o ronco do motor. Se quer curtir este verão com um Porsche conversível tem que partir para o seminovo”, brinca. E apesar de um mercado tão aquecido, Litvay não deixou de pechinchar no preço. “Consegui tirar só R$ 5 mil, que foi o custo do transporte.”.

Mais opções
No vácuo da Audi, marca de carros premium alemã que recentemente anunciou o investimento de R$ 10 milhões para a instalação de diversos pontos de abastecimento no Brasil, a BMW do Brasil anunciou, em parceria com a nacional Ingharge, o lançamento de uma plataforma com serviços premium aos usuários da rede de carregamento. O sistema estará disponível inicialmente como projeto piloto em 30 pontos de recarga da cidade de São Paulo e, posteriormente, será expandido para todo o país. A novidade servirá a todos os veículos elétricos e híbridos disponíveis no Brasil.

O aplicativo oferece vantagens, como encontrar, em tempo real, a estação mais próxima e disponível em 30 pontos da cidade de São Paulo, evitando filas, atrasos e proporcionando planejar melhor a rotina em um grande centro urbano. Além disso, auxiliará a BMW e a Incharge a identificar os pontos de maior necessidade de expansão.

É possível ter, na palma da mão, informações como status, potência e energia transmitida ao veículo (em kWh). A tecnologia funciona a partir de dados coletados do ponto de recarga e transformados em indicadores importantes para a tomada de decisão dos usuários e dos operadores.

A plataforma Incharge pode ser acessada atualmente através do navegador web de qualquer dispositivo e estará disponível em breve nas lojas de aplicativo. No próximo mês, o sistema estará conectado ao BMW ConnectedAPP e ao BMW ConnectedDrive. A partir de meados do ano, o cliente BMW e Mini poderá ainda reservar a estação de recarga com até 30 minutos de antecedência.

Parceria da Volvo com a Carbon garante aos clientes mais conforto e segurança (Foto: Divulgação)

Mais tranquilidade
Agora, o cliente da sueca Volvo já pode comprar o seu carro blindado diretamente na concessionária, com todos os documentos e certificações inclusos. O projeto foi desenvolvido em uma parceria realizada pela Volvo Cars, EDAG e Carbon Blindados, considerada uma das maiores blindadoras de veículos civis e líder de mercado no Brasil, que será a responsável pela aplicação da blindagem.

Para atender às novas demandas, a Carbon Blindados criou uma linha de produção dedicada exclusivamente para a Volvo e investiu em treinamento específico para seus operadores. Com cobertura completa de todos os componentes durante todo o período de garantia do veículo, a blindagem é certificada no Brasil e os modelos XC40, XC60 e XC90 blindados já estão disponíveis para compra em todas as concessionárias do país.

Esse é um projeto global da Volvo e os modelos XC60 e XC90 também serão exportados para diversos países, com trabalho inicial direcionado a mercados da Europa, América Latina e México.

Em busca de novos formatos para vendas, Ford inaugurou o Smart Lab em SP (Foto: Divulgação)

Novos negócios
A Ford do Brasil está introduzindo um novo formato global de varejo, chamado Smart Lab, com a exposição de veículos em locais abertos de grande circulação, como shopping centers, onde as pessoas podem interagir com os produtos à vontade, sem nenhum tipo de pressão. O primeiro Ford Smart Lab da América do Sul foi inaugurado no Brasil, com a proposta de oferecer aos consumidores uma nova experiência com a marca.Localizado em área nobre do Shopping Eldorado, em São Paulo, o Ford Smart Lab cria um ambiente convidativo, livre de paredes ou barreiras, para o público poder conhecer os veículos. Há também promotores treinados à disposição no local para quem quiser tirar dúvidas e saber detalhes dos modelos.

No Battle of the Kings o mais importante são a criatividade e a ousadia (Foto: Divulgação)

Muito arrojo
Após muitas edições épicas do Battle of the Kings em todo o mundo, a competição anual de customização das concessionárias Harley-Davidson está pronta para terminar com uma batalha final. Neste ano, 15 vencedores anteriores se reúnem para disputar a coroa no “King of Kings”.A competição sempre mostrou o melhor no que diz respeito à capacidade de customização e criatividade dos Custom Kings, que podem ser encontrados em todas as concessionárias Harley-Davidson no mundo. Em 2019, a coroa Custom King foi conquistada pela concessionária Laidlaw Harley-Davidson (Califórnia, EUA), com sua impressionante customização baseada na Sport Glide®, chamada de “FXGTS Coast Glide”.

A grande final do King of Kings usará a Sportster® como fonte de inspiração para a customização. Desde 1957, a Harley-Davidson Sportster tem servido como a mais perfeita tela em branco para todo tipo de customização. Com suas linhas clássicas, o característico motor Evolution V-Twin e uma enorme seleção de peças e acessórios genuínos da Harley-Davidson, é fácil construir sua bobber, cafe racer, tracker ou chopper perfeitas.

A competição King of Kings será composta por uma única rodada de votação online global. A concessionária Autostar Harley-Davidson, da cidade de São Paulo, está representando o Brasil no King of Kings com a “roadXteR”, sua motocicleta customizada tendo como base a H-D® Roadster. A inspiração veio das máquinas de corrida, em especial as Café Racer dos anos 1960 e conta com pintura tipo aço escovado no tanque, uma ótima obra de arte. Os votos poderão ser realizados até o dia 31 de março de 2020 por meio do site www.h-d.com/customkings. A motocicleta vencedora e o King of Kings de 2020 serão anunciados no mês de abril.
Mais fácil

A Triumph do Brasil, em parceria com o Banco Santander, lançou no mercado o Triumph Smart, uma estratégia inovadora de vendas que oferece condições especiais na compra de uma motocicleta Triumph zero quilômetro. As dez primeiras pessoas que comprarem uma motocicleta pelo Triumph Smart ganharão um kit exclusivo Triumph com jaqueta e bota.

O Auto Show Collection já se tornou uma tradição no Sambódromo de São Paulo (Foto: Divulgação)  

Auto Show 2020
O maior evento de carros antigos e modificados do país, o Auto Show Collection, volta ao sambódromo do Anhembi dia 7 de abril. Com edições mensais nas noites de terça, das 17h às 23h, a programação inclui a tradicional exposição de carros antigos e modificados, desfile, espaço de clubes, área de compra e venda de veículos antigos, mercado de pulgas (peças e acessórios) e espaço de food trucks com música ao vivo.

Entre os destaques deste ano estão os 40 anos do Volkswagen Gol, uma inédita Noite BGT (Bubble Gun Treffen), uma noite especial para fãs da linha FCA unindo Jeep e Dodges e eventos já conhecidos do público, como Noite do Opala, Noite do Mustang, Noite do Fusca, entre outros.

Calendário
7 de abril : Noite Volkswagen
5 de maio: Clássicos dos anos 1980 e 1990
2 de junho: Fusca
7 de julho: Gol 40 anos
14 de julho: Kombi
21 de julho: Opala
28 de julho: Ford
4 de agosto: Chevrolet
1 de setembro: Hot Rods
6 de outubro: Jeep, Dodge e Pickups
3 de novembro: BGT: Bubble Gun Treffen
3 de dezembro: Opalas modificados

Mesmo depois de liberação ter sido marcada por diversas vezes, a ponte que liga Barão Geraldo a Paulínia continua fechada (Foto: Divulgação)  

O desrespeito continua
Mesmo depois de a liberação ter sido marcada por várias vezes, a ponte que liga o distrito de Barão Geraldo, em Campinas, e a cidade de Paulínia continua interditada. A interrupção da ponte, que está praticamente pronta há mais de seis meses, prejudica o fluxo de milhares de carros e pedestres diariamente. Além de atrapalhar o comércio da cidade de Paulínia. Pura burrice e desrespeito.

Isso é que é criatividade. Uma lancha com o design do Puma, esportivo nacional que fez muito sucesso (Foto: Divulgação)

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0