Ford festeja produção de 2 milhões de motores EcoBoost

2.0 liter four-cylinder EcoBoost engine

 

A Ford  comemorou nesta semana mais um marco da família de motores EcoBoost: a produção global  de 2 milhões de unidades desde o seu lançamento. O motor EcoBoost que simbolizou  o marco de 2 milhões foi um modelo 2.0, instalado em um Ford Escape montado na  fábrica de Louisville, nos EUA.

A procura crescente por veículos equipados com os novos motores está  impulsionando a produção da linha desde 2009. Hoje, ela atinge a média mensal de  100.000 unidades. No Brasil, o motor EcoBoost chegou ao mercado com o Novo  Fusion Titatinum. Lançado na versão 2.0, gera a potência de 240 cv e é um dos  mais econômicos em consumo de combustível nessa  faixa.

A tecnologia EcoBoost combina bloco de tamanho menor com turbo,  injeção direta e comando variável de válvulas para oferecer uma performance  surpreendente com economia. Os motores da família são até 15% mais econômicos  que modelos a gasolina maiores, com o mesmo nível de  potência.

A família global de motores  EcoBoost é composta hoje pelas versões 1.0 de três cilindros; 1.5, 1.6 e 2.0 de  quatro cilindros; e o potente e eficiente V6 3.5. Até o final de 2013, ela será  oferecida em aproximadamente 80% das linhas globais de veículos da  marca.

Sucesso em várias partes do mundo, a linha começa a ter, na Europa, uma  excepcional procura. O motor EcoBoost 1.0 – eleito o Motor Internacional do Ano  em 2012 e 2013 – levou à duplicação da capacidade de produção da fábrica em  Colônia, na Alemanha, para mais de 1.000 unidades por  dia.

O motor EcoBoost 1.0 já está disponível em cinco linhas de veículos  da Ford na Europa e, até 2014, será oferecido em 11 modelos. Um número crescente  de consumidores está optando por essa motorização, que já responde por 43% das  vendas do B-MAX, 32% do Focus, 26% do Fiesta e 24% do C-MAX e Grand  C-MAX.

Os motores EcoBoost também estão impulsionando as vendas do Fiesta ST  (equipado com o EcoBoost 1.6) e do Focus ST (com o EcoBoost 2.0). Na linha Kuga,  18% dos clientes optam pelo EcoBoost 1.6, em um segmento tradicionalmente  dominado pelos motores diesel. Pesquisas internas da Ford mostram que hoje 40%  mais consumidores conhecem a tecnologia EcoBoost, em comparação com  2011.

A fábrica de Colônia também iniciou a produção do motor EcoBoost 1.0  para o mercado norte-americano. O New Fiesta 2014 – com lançamento este ano –  será o primeiro veículo com motor 1.0 dos Estados Unidos e deverá ser  certificado como o modelo não híbrido com menor consumo de combustível do  país.

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0