Franca realiza primeira corrida de Calhambeques

Bastante conhecida por ser a capital do calçado, a cidade de Franca começará o ano de 2011 sendo a capital do calhambeque. O nome “calhambeque”, que alguns podem considerar pejorativo, define os automóveis dos anos 20 e da primeira metade dos anos 30. Na realidade, este Pé na Tábua receberá veículos fabricados até 1936, pelo fato dos modelos fabricados até essa época, ainda agregam o maior charme dos veículos antigos.
A data será dias 29 e 30 de janeiro e o local será a pista do Speed Park, um circuito fechado de 1.400metros e toda infra-estrutura para este tipo de evento.
Para quem não quer testar sua destreza no volante, será realizado um campeonato de Marcha Lenta,  com modelos “vintage”, que possuem os “bigodes” como alternativa de aceleração e avanço do ponto do motor.
O Pé na Tábua será realizado pelo jornalista e antigomobilista Tiago Songa que também é diretor da Federação Brasileira de Veículos Antigos. Para o organizador, o “Pé na Tábua” terá vários propósitos que vão, desde uma festa do carro antigo, até uma maior união entre os clubes participantes.

Por quê “Pé na Tábua” ? 

A expressão “Pé na Tábua” nasceu nos anos 20. Os assoalhos dos veículos daquela época, eram feitos em madeira e para poder acelerar até o final, era necessário afundar o pedal do acelerador até o fundo, batendo o sapato na madeira. Assim, para acelerar o máximo possível, o motorista literalmente batia o “pé na tábua”. 

Evento: Pé na Tábua – Corrida de Calhambeques
Data: 29 e 30 de Janeiro
Local: Franca Speed Park
Realização: A Biela Editora e Eventos Ltda
Apoio: FBVA e demais clubes de antigomobilismo
e-mail: corridapenatabua@gmail.com


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0