HB20 decepciona em teste

O Latin NCAP (Programa de Avaliação de Carros Novos da América Latina) divulgou nesta semana mais um resultado das provas de segurança de modelos venidos no País. O hatc compacto da Hyundai, o HB20, fabricado em Piracicaba, obteve um  índice apenas mediano em segurança de adultos e ficou com a nota mínima na segurança de crianças.

De acordo com o Latin NCAP — entidade independente, que no Brasil tem o apoio da fundação Proteste (Associação Brasileira de Direito do Consumidor), o HB20 recebeu 3 estrelas (adultos) e 1 (crianças). Quanto mais estrelas um carro receber, mais seguro ele será — no raciocínio inverso, um modelo com menos estrelas é mais inseguro.

Pela conclusão do Latin NCAP, “o HB20 revelou uma estrutura estável durante o ensaio, o que é desejável. No entanto, os seus sistemas de retenção [cintos de segurança, apoios de cabeça e suporte de cadeirinha] não funcionaram adequadamente

Nos vídeos dos testes de colisão é possível ver como o boneco que representa a criança se choca, no caso do HB20, contra o encosto do banco do passageiro da frente e contra o apoio de cabeça do branco traseiro, o que levaria a ferimentos graves — e possivelmente mortais — nas regiões de peito, pescoço e cabeça. Os adultos, por sua vez, teriam contusões no peito e nas mãos.

Este complemento à terceira fase do Latin NCAP apenas confirma o parecer revelado pelo Proteste há cinco meses: “os carros populares mais vendidos na região ainda estão 20 anos atrasados em comparação aos dos países industrializados, e abaixo dos padrões globais”.

O compacto HB20 é o primeiro modelo construído pela Hyundai no Brasil — o carro sai da fábrica da marca em Piracicaba (SP) nas configurações hatch (avaliada), hatch aventureiro (chamado HB20X) e desde este mês na configuração sedã (HB20S).


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0