Ônix foi o carro mais vendido em outubro

 

onix

O mercado brasileiro absorveu 196.635 automóveis e comerciais leves em outubro, representando alta de 1,58% em relação a agosto e 26,98% na comparação com o mesmo período de 2016. Com 1.770.167 unidades emplacadas, 2017 já mostra claramente que está em ritmo de recuperação com alta de 9,69% em relação ao ano passado. De modo geral, incluindo caminhões e ônibus, o Brasil subiu 9,28% de janeiro e outubro. Os comerciais leves cresceram 16,58% em outubro, enquanto os automóveis caíram 0,70%.

No segmento de automóveis, a GM liderou folgada com 19,33%, enquanto Ford, VW e Hyundai fecharam com 11,07%, 10,71% e 10,31%, respectivamente. A Fiat ficou em quinto com 8,93%. Nos comerciais, esta dá o troco com 36,29%. A VW ficou com 19,42% e a GM com 14,34%. A Toyota fechou em terceiro com 8,99%. A Renault ficou com 6,73%. A Ford só conseguiu 6,29%.

No geral, outubro representou em vendas 18,57% para a GM, ficando a Fiat em segundo com 13,07% e a VW em terceiro com 12,03%. A Ford voltou o Top 4 com 10,34%. A Hyundai ficou em quinto com 8,96%. No duelo com a Nissan, a Jeep levou a melhor, enquanto a Peugeot mantém a liderança do segundo pelotão. A BMW passou a Mercedes-Benz entre as luxuosas e a Chery ficou em 21º, mas sendo a chinesa mais vendida.

Com quase o dobro das vendas para o segundo colocado, o Onix não conhece rivais e continua mandando no mercado. O Ka ficou em segundo, mas ainda precisa de mais de 10 mil exemplares para tirar a diferença para o HB20 no acumulado do ano. Assim como no Onix, o impacto lateral não teve sequelas nas vendas. O Gol se mantém firme na quarta posição e o Prisma aparece em quinto, posição importante para manter-se à frente do Corolla em 2017. O Mobi emplacou de vez, fechando em sétimo. O Compass , liderou entre os SUVs em outubro e assume a primeira posição em 2017, passando o HR-V. São 6 utilitários esportivos entre os 20 mais vendidos no mês passado.

O Argo ficou em décimo, enquanto o Kwid não passou de 14º, confirmando que sua ascensão meteórica nas vendas de setembro, foram apenas para reduzir as filas. O Cruze Sport6 foi o hatch médio mais vendido. Já o luxuoso Mercedes Classe C despencou de 1.331 vendidos em setembro para apenas 137 exemplares no mês passado! Por conta disso, a BMW passou a rival e conterrânea.

Entre os comerciais leves, a Strada liderou com folga e a Saveiro ficou na segunda posição. A Toro caiu para terceiro. No acumulado do ano, a picape leve da Fiat reassumiu a primeira colocação, mas a briga deve continuar até 31 de dezembro. Por muito pouco, a S10 ficou à frente da Hilux, já tomando gosto pela posição há algum tempo. Master e HR lideraram em seus segmentos de vans e caminhões leves. E o Polo? Seus emplacamentos ainda não começaram.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0