Peugeot inicia vendas do 208

A rede de concessionárias Peugeot iniciará no dia 13 de abril a comercialização do 208, lançado recentemente em nosso mercado. Disponível em três versões de acabamento e duas opções de motorização, o novo modelo traz de série itens como ar condicionado, vidros e travas elétricas, direção elétrica progressiva, air bag duplo, freios ABS, computador de bordo e lanternas com LEDs, desde sua versão de entrada de gama.

Outro ponto de destaque é o volante de dimensões reduzidas (10% menor comparado ao do 207, que tem 37 cm de altura), com base achatada e em posição mais baixa. Também presente em toda a linha 208, é parte fundamental do novo conceito de posto de condução do veículo, que coloca o motorista em uma posição diferente daquela usualmente conhecida: o painel de instrumentos elevado permite que a leitura das informações seja feita por cima do volante.

A partir da versão intermediária, o 208 já oferece itens exclusivos como a central multimídia toutchscreen, que permite uma conectividade intuitiva e integra sistema de navegação GPS, o teto panorâmico de vidro, que amplia a luminosidade e a sensação de espaço no interior do veículo, além de faróis de neblina e volante em couro. A versão topo de gama inclui, ainda, luz diurna com LEDs, ar condicionado bi-zone, rodas de liga leve 16” e sensores de estacionamento, de chuva e crepuscular (à versão equipada com câmbio automático, adiciona-se paddle shifters).

Os preços partem de R$ 39.990 (Active), a versão intermediária (Allure) é oferecida a R$ 45.990 e a versão Griffe, topo de gama, a R$ 50.690 (câmbio manual) e R$ 54.690 (câmbio automático). O 208 chega com um pacote de pós-venda bastante completo: são três anos de garantia total e, durante esse período, as revisões – realizadas a cada 10 mil quilômetros rodados ou 1 ano de uso, o que ocorrer primeiro – estão orçadas em valores muito competitivos. No caso das versões equipadas com o motor 1.5l Flex (Active e Allure), que garantiu ao modelo a classificação “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro, o custo total das três primeiras revisões é de R$ 810 (R$ 220 a primeira, R$ 370 a segunda e R$ 220 a terceira), o mais baixo da categoria.

Já na versão Griffe, que recebe o propulsor 1.6l Flex Start (dispensa o uso do tanquinho de gasolina para partida a frio), a primeira revisão sai por R$ 250, a segunda por R$ 390 e a terceira por R$ 250, totalizando somente R$ 890. Assim, também nesse caso, o 208 se posiciona entre os mais baratos quando o assunto é custo de manutenção.  Vale destacar, ainda, que os preços das revisões são fixos.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0