Peugeot mostra pela primera vez no Brasil o BB1

Num evento no Rio de Janeiro, a  Peugeot  apresentará  pela  primeira  vez,  no  Brasil, o BB1. O conceito, apresentado  no  Salão  de  Frankfurt  2009,  oferece uma resposta original às necessidades  de  mobilidade  dos  grandes  centros  urbanos. 
O BB1 é capaz de acomodar quatro pessoas  em  apenas  2,50  metros.  Veículo  100%  elétrico,  este conceito reinventa  o  automóvel  em  todas  as suas dimensões (arquitetura, estilo, habitáculo,  condução  e  conectividade), tudo isso respeitando ao máximo o meio ambiente.

O  estilo  do veículo evidencia o volume interno e a ergonomia de condução, com  linhas  projetadas para a frente, deixando transparecer as superfícies vidradas,  as portas recortadas com abertura invertida – a fim de facilitar o  acesso  dos  ocupantes  –  e as caixas de rodas com volumes extremamente gráficos.  O  carro transmite de imediato a ideia de ruptura em relação aos códigos automobilísticos em vigor, realçando ainda mais sua singularidade.

O  BB1  tem  por  base  um  chassi  tubular  especialmente  desenvolvido em colaboração  com  os  engenheiros  da  Peugeot  Motocycles,  que integra as ligações  ao  solo  do  veículo  – direção elétrica, conjunto de suspensões dianteira  e  traseira, conjunto de molas e amortecedores, entre outros – e conferem  um  comportamento  na estrada coerente com seus desempenhos e sua vocação  urbana,  proporcionando prazer de dirigir e segurança ativa dignos de um Peugeot.

A  carroceria  composta  por  uma  leve  célula  de  carbono  completa esta arquitetura inovadora, permitindo limitar o peso total a 600 kg e entrar no círculo  virtuoso  de  limitação  do  peso dos componentes automobilísticos (motores elétricos, baterias, freios etc.).

Para obter um bom rendimento de sua arquitetura, ocupando um espaço mínimo  no  solo,  o  caderno de encargos do veículo previa acomodar quatro adultos  em  2,50  metros  de  comprimento:  um desafio inédito na história automobilística,  que  foi  vencido  graças  a uma posição de condução mais vertical, possibilitada pela ausência de pedais no assoalho.

O  condutor dirige o BB1 utilizando um guidão que integra todos os comandos de  condução  (acelerador,  freio  etc.), enquanto o passageiro traseiro se senta  atrás  do  condutor.  Do lado direito, os passageiros da frente e de trás adotam a mesma posição.

Uma motorização elétrica original, o veículo que propõe uma nova leitura da mobilidade automobilística também precisava  propor  uma  grande  inovação  em  matéria  de  motorizações. De uma parceria, nasceram  os  conjuntos

motores-rodas  que equipam o trem traseiro do BB1 e proporcionam um modo de propulsão 100 % elétrico particularmente inovador.

A  potência  total desenvolvida pelo veículo não ultrapassa 20 CV, ou seja, 10  CV por motor, uma ótima potência, levando-se em conta o peso do veículo e  seu  caráter  urbano.  Suas  características  possibilitam uma reatividade  na  partida  (0  a  30 km/h em 2,8 segundos) e um bom nível de retomada  (30  a 60 km/h em 4 segundos), em benefício de um prazer e de uma segurança  de  condução  que  fazem parte do DNA da Peugeot. Os motores são alimentados  por  baterias  de Íon-Lítio de última geração, que conferem ao BB1 uma confortável autonomia de 120 km.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0