Bonito e luxuoso chega ao Brasil a nova geração do Sorento

 

Alguns anos atrás, quando se falava de carros coreanos, logo havia uma resitência. Eram carros mal acabados, feios, cheios de cromados, etc. Os anos foram passado e hoje, a grande maioria das marcas sul coreanas fazem carros de altíssimo nível. Elegantes, bem acabados, com materiais de primeira qualidade e competentes. Os exemplos não faltam, principalmente na Kia e na Hyundai. Agora chega ao mercado nacional, o Kia Sorento, que substitui depois de oito anos, a primeira versão que vendeu mais de 900 mil unidades. O primeiro Kia Sorento foi um SUV muito importante para a marca, que abriu portas em todo o mundo.

O novo Sorento, de cinco ou sete lugares, é um SUV mais longo, mais baixo e mais elegante, com uma série de novos atributos que proporcionam benefícios aos clientes. O conforto e a dirigibilidade estão mais flexíveis e mais ágeis. A cabine está mais espaçosa e mais luxuosa. O veículo oferece desempenho aprimorado e consome menos combustível. O Sorento apresenta personalidade mais forte e distinta, que incorpora a nova linguagem de design da Kia ao mesmo tempo em que transmite precisão e modernidade. 

Durante o desenvolvimento do novo Sorento, os engenheiros da Kia abandonaram a estrutura do antigo chassis e desenharam uma nova estrutura em monobloco com espaço para até sete ocupantes. O método de construção fez com que o novo Sorento perdesse 215 kg, dependendo da versão, em comparação com o Sorento anterior – apesar de o novo modelo incorporar vários itens relacionados à segurança, tecnologia e conforto.

A nova carroceria permitiu aos engenheiros priorizar oito áreas-chave de desenvolvimento – desempenho líder no segmento, economia de combustível, redução de emissões, melhoria na dirigibilidade on-road, melhor resposta, mais espaço e conforto na cabine, segurança acentuada e introdução de novas tecnologias.

A nova e alongada carroceria criada para o novo Sorento teve suas colunas A reposicionadas, permitindo o deslocamento de seu painel para frente, além de prolongar a sua traseira estendida. Tais mudanças garantem que a cabine seja muito mais ampla que no modelo anterior. A qualidade percebida da cabine foi acentuada e as funções de alta tecnologia disponíveis incluem smart key, botão start, câmera de marcha à ré e teto de vidro panorâmico.

Ao acompanhar as tendências do mercado internacional, a Kia Motors tem reduzido o tamanho de alguns dos motores disponíveis para o novo Sorento, como o do motor V6 à gasolina, passando-o de 3,8 litros para 3,5 litros. A dirigibilidade do novo Sorento foi alterada e inclinada para uma direção mais on-road, sem esquecer os reconhecidos talentos off-road do modelo original.

O mais novo SUV da Kia está disponível com sistema de tração 4×2 ou 4×4 e, no Brasil, somente com transmissão automática sequencial (CVVT), em uma seleção de 6 cores exteriores, com uma ampla variedade de equipamentos de série e opcionais.

A fabricação do novo Sorento na Coreia do Sul começou em maio de 2009, na planta de Hwasung. O Sorento também será fabricado na nova planta da Kia nos Estados Unidos, em West Point, na Georgia, para atender à demanda deste veículo em toda América do Norte.

Estilo internacional

Mais longo e mais baixo, o novo Sorento traz um estilo elegante e um toque futurista ao mundo dos SUVs urbanos. Com perfil veloz, molduras de rodas acentuadas e grande área envidraçada que proporciona sensação de liberdade, o novo SUV tem aparência moderna e esportiva. 

Com seus 4,7 metros de comprimento, o novo Sorento eleva o design automotivo para um novo nível de sofisticação, introduzindo uma ousada sensação de poder e dinamismo. Os projetistas do novo Sorento também alcançaram uma significativa redução no arrasto aerodinâmico, com Cx de 0,38 contra 0,425 do modelo anterior.

Em sua frente arrojada, a nova grade de assinatura da Kia combina perfeitamente com o contorno dos faróis dianteiros, criando uma aparência simples, mas marcante. Embora a largura do veículo se mantenha, o porte geral está muito mais forte porque a bitola foi ampliada em 38 mm (frente) e 41 mm (traseira) – em comparação com o modelo anterior – empurrando as rodas para as extremidades do veículo.

O perfil elevado da linha de cintura, como no novo Cerato, e a coluna C em formato trapezoidal dotam este Sorento de aparência diferenciada. O estilo robusto das linhas inferiores acrescenta um toque dinâmico. O impacto visual gerado pela vista lateral é impulsionado pelas rodas de liga leve de 18’’.

A janela traseira ampliada para as bordas externas do bagageiro proporciona à cabine iluminação e espaço. As lanternas traseiras em LED apresentam um aspecto moderno e o para-choque em dois tons com detalhes do tipo colmeia aumentam o estilo esportivo do Sorento.

Como opção, um teto panorâmico de duas partes está disponível. A parte traseira é fixa, enquanto a seção dianteira se movimenta e pode ser inclinada para ventilação ou deslizada completamente para trás para apreciar vistas panorâmicas. Optar por este teto não reduz o espaço para a cabeça e, por dentro, uma cortina permite ajustar devidamente o nível de sombra no interior da cabine.

O novo Sorento é 95 mm mais longo e 15 mm mais baixo que o modelo anterior. Uma combinação de mudanças – as colunas A e o painel foram movidas para frente, a traseira foi deslocada para trás em quase 70 mm e os assentos da primeira e da segunda linha são de um design elegante – aumenta vastamente o espaço da cabine, permitindo a instalação de uma terceira fila de assentos para o uso de até sete ocupantes.

O estilo do interior do novo Sorento passa a sensação de poder e de dinamismo criada pela aparência exterior e gera um ambiente novo, apropriado para seu porte.

Entre os itens de conforto e de conveniência, o volante de três raios e maior espessura pode ser ajustado em altura em um intervalo de 40 mm. Por meio do volante, o motorista pode visualizar um outro elemento do DNA de design da Kia – o painel de instrumentos de ‘três cilindros’, semelhante ao painel mostrado nos modelos Kia Magentis, Kia Soul e no novo Cerato, com gráficos claros e precisos.

Um painel ‘Supervision’, com iluminação branca, está disponível juntamente com um novo visor digital no fundo do painel. O visor fornece informações sobre consumo médio e instantâneo, nível de combustível atual, velocidade média, duração da viagem, temperatura do motor, hodômetros A e B, bem como avisos quando porta e bagageiro estão abertos.

O console central apresenta uma série de comandos intuitivos, como aquecimento, ventilação, controle de áudio e entradas auxiliares. Possui ainda iluminação ‘Negative LCD’ e há também iluminação adicional na soleira da portas da frente.

O novo Sorento já vem equipado com um sistema de áudio de quatro alto-falantes e dois tweeters, com MP3, USB e conexão para iPod.

O ar condicionado automático vem com aberturas de ventilação na coluna B para refrescar os ocupantes da segunda fileira e há um canal de aquecimento no piso para os passageiros da terceira fila. O ar condicionado dual zone e o ar condicionado independente para os bancos da terceira fila estão disponíveis, assim como um sistema de ‘cluster ioniser’ ou ionizador, que aumenta a qualidade do ar da cabine.

Outra característica high tech do item ‘conforto  e conveniência’ inclui sistema smart key e botão start, câmera de marcha à ré e teto de vidro panorâmico de duas partes.

O interior do novo Sorento tem acabamento em couro e três opções de cores: marfim/preto, preto e bege.

Dois motores à gasolina totalmente renovados, a começar pelo motor da Kia ‘Lambda II’, de 3.5 litros, equipado com sistema eletrônico atualizado e componentes de baixo atrito, ao mesmo tempo em que possui construção mais leve, com bloco, cabeçote e cárter de alumínio, e diversos componentes de plástico.

O motor V6 de 3.470 cc, com 278 cavalos de potência e torque máximo de 34,2 kgm a 5.000 rpm, possui dual CVVT (comando de válvulas continuamente variável para ambas válvulas de admissão e escape), quatro válvulas por cilindro, uma nova bomba de óleo variável e uma terceira fase VIS (Sistema de Admissão Variável).

O novo Sorento equipado com motor 3.5 litros V6, transmissão automática de seis velocidades, acelera de 0-100 km/h em apenas 7,7 segundos e atinge velocidade máxima de 190 km/h. Comparado ao modelo anterior 3,8 litros, o novo Sorento oferece melhoria de 1,5% na economia de combustível.

Como o motor V6, o motor ‘Theta II’ 2,4 litros renovado é também equipado com componentes eletrônicos e de baixo atrito, e também possui construção mais leve. Oferece mais potência, maior durabilidade, refinamento e redução de consumo de combustível e emissões. Esse DOHC de quatro cilindros de 2.349 cc tem CVVT dual, quatro válvulas por cilindro e possui construção de alumínio para economia de peso. A potência máxima é de 174 cavalos a 6.000 rpm e torque máximo de 23 kgm a 3.750 rpm.

Os componentes do Theta II incluem uma corrente de comando ‘silenciosa’, um catalisador integrado no sistema de escape para liberar mais potência, que foi redesenhado para reduzir a temperatura dos gases de saída e melhorar a eficiência de combustível em alta velocidade e um suporte para minimizar vibração.

Equipado com o motor Theta II, o novo Sorento acelera de 0-100 km/h em 10,5 segundos e atinge uma velocidade máxima de 190 km/h.

Ao mercado brasileiro só desembarcaram Sorento dotados de transmissão automática de seis velocidades, inovadora por ser a mais compacta unidade entre as disponíveis em qualquer lugar do mundo. Esta unidade dispõe de 62 peças a menos que uma unidade de cinco velocidades, é 54 mm mais curta, pesa 12 quilos a menos e aumenta a economia de combustível em até 12%. Parte da economia de combustível resulta do inovador ‘Neutral Control’, que muda automaticamente a transmissão de ‘D’ para ‘N’ sempre que o carro está parado por mais de alguns segundos – reduzindo a carga do motor.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0