Serviço: revisão nas velas podem garantir tranqüilidade

Atitudes simples como a manutenção preventiva do veículo podem garantir a tranqüilidade na viagem de férias. Um dos itens muito importantes a serem revisados é as velas e cabos de ignição e sensor de oxigênio (sonda lambda).
“O desgaste das peças pode resultar em uma série de problemas ao motorista, como perda de desempenho do veículo, falhas no motor, dificuldades de partida e prejudicar peças como bobinas e distribuidor e catalisador. A revisão preventiva é a melhor forma de garantir um trajeto mais seguro, sem paradas inesperadas e prejuízos posteriores”, afirma Ricardo Namie, chefe da Assistência Técnica da NGK.
A vela de ignição tem como função conduzir a corrente elétrica sob alta tensão para o interior da câmara de combustão, convertendo-a em centelha para inflamar a mistura ar/combustível. Seu bom funcionamento influencia no pleno rendimento do motor, na economia de combustível e no controle da emissão de poluentes.
Já o cabo de ignição é responsável por assegurar uma ignição sem falhas, conduzindo a alta tensão produzida pela bobina (ou transformador) até as velas, sem permitir fugas de corrente.
O sensor de oxigênio, conhecido como sonda lambda, detecta os níveis de oxigênio nos gases de escape do motor, informando a qualidade da mistura ar/combustível à unidade de controle do veículo (ECU). A peça compara a concentração de oxigênio nos gases do motor com o ar ambiente, possibilitando o ajuste da quantidade de combustível injetado na câmara de combustão.
A vida útil desses componentes varia conforme as condições de uso do automóvel. No caso das velas e cabos de ignição, a recomendação é a verificação dos componentes a cada 10 mil quilômetros ou de acordo com o manual do fabricante.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0