Um dia para lembrar, sempre

 Estive ausente nas ultimas semanas por problemas físicos, fiz uma pequena cirurgia e agora retorno colaborando com o SPORT MOTOR. Quero agradecer as palavras de apoio dos amigos de todas as horas e informar que o barco segue em frente, por águas turvas, buscando a calmaria que em breve vai chegar. Queria falar nessa coluna sobre a grande obra e o desafio em se construir uma praça de esportes voltada ao automobilismo chamada VELOPARK. Quando surgiu a idéia, e nos seus embriões, eu fui algumas vezes consultado a participar e divulgar o que seria até então a maior praça do kartismo brasileiro e da arrancada, pouco divulgada e difundida até então. Não importa valores gastos, não importa quantas montanhas foram necessárias para serem removidas, importa que, o Rio Grande do Sul é novamente o pioneiro na construção de um espaço para os motores roncarem. Não pude seguir com a consultoria, algo que muito me honraria, por impedimentos internos dentro da TV Globo onde eu trabalhava e a falta de tempo na dedicação que um projeto desse porte exigiria, acabei por não aceitar a oferta feita pelo Nestor Valduga, que buscou em outros profissionais o complemento que o Velopark necessitava. O trabalho realmente foi muito bem feito, foram mais de 4 anos imaginado-se tornar não apenas uma pista, mas um centro completo, como é Daytona ou Indianápolis. Inaugurações à parte a pista tem tudo pra ser a melhor do Brasil, mas precisa de ajustes. O desenho é audacioso, a grande reta e as curvas de alta exigem demais do equipamento e dos pilotos. Tudo foi pensado em primeiro mundo, todo dinheiro gasto, que sabe-se lá quando vai retornar aos bolsos dos investidores, foi minuciosamente calculado, enfim, a festa teve o melhor champanhe, o melhor caviar, o mais caro tapete vermelho os mais perfeitos cozinheiros, pena ter uma cobertura nacional tão pequena. Por tudo que se fez em torno da inauguração do mais moderno autódromo do Brasil, por todo o investimento em tempos de crise, pela grande platéia que ama o automobilismo, pela escolha da data perfeita para os carros da Stock Car desfilarem abrindo e inaugurando a pista, pena o espaço da televisão ser tão pequeno e dividido com outros esportes. Mas isso em nada tirou o brilho da inauguração do Velopark, muito pelo contrário, serve de incentivo aos próximos ocupantes da pista terem mais cuidado na hora de mostrar pro Brasil e pro mundo essa grande obra. Fica apenas a tristeza, para os amantes do automobilismo e os que dele vivem não acompanhar todas as emoções da Stock Car, mas fica também a alegria de se saber que, quando se quer fazer, tudo é realmente possível. Volto depois da etapa do Rio de Janeiro da Stock car. Beijos e queijos. e-mail: coluna.site@gmail.com Follow me: http://www.twitter.com/borrachatv


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0