Dose dupla: Audi S3 e TTS

A Audi do Brasil, numa só tacada, apresentou três produtos maravilhosos: os modelos S3 Sportback, TTS Coupé e o Roadster.  Equipados com o potente motor 2.0 TSFI, são verdadeiros esportivos, com muita tecnologia e conforto.
A linha “S” sempre foi muito marcante nos carros derivados de serie da marca Audi, assim como a “M” na BMW e AMG na Mercedes Benz. De volta ao mercado brasileiro, o S3 é um hatch, de cinco portas, com linhas muito elegantes e esportivas, que se aliam de forma brilhante com o espírito desportivo do modelo. Na frente, o destaque, como atualmente em todos os carros da marca alemã, chama à atenção a enorme grade de alumínio sobre a grande entrada de ar que refrigera o motor. O modelo empolga com um conjunto de faróis de bi-xenônio com leds integrados e faróis auxiliares com função anti-neblina.
A lateral acompanha o design esportivo, chamando à atenção, os defletores de ar instalados acima da soleira das portas. Tudo se harmoniza com a traseira, elegante e limpa. O aerofólio e as saídas do escapamento deixam claro o espírito esportivo. Os retrovisores com moldura de alumínio, possuem indicador de direção integrado.

Um dado muito atraente é o enorme teto solar panorâmico que ocupa todo o teto, chamado de Open Sky.
Por dentro, muito conforto e materiais de excelente qualidade. Tudo é uma harmonia só, com uma excelente ergonomia. Os bancos, revestidos de couro, na dianteira são do tipo semi-concha, para segurarem o motorista na suas ousadias. Afinal, este modelo é para isso. Revestido com materiais nobres, como couro e alumínio, o interior tem inspiração clara nos bólidos de competição. A melhor posição ao dirigir pode ser conseguida a partir de ajustes elétricos de altura, inclinação e distância. Ainda em nome do conforto e da segurança está o sistema Audi Backguard, de proteção ativa de cabeça para os bancos dianteiros.
O modelo vem com ar-condicionado dual zone e computador de bordo com display de alta resolução com funções de medição de consumo médio de combustível, tempo de viagem, velocidade média, autonomia, temperatura externa e aviso de abertura de portas e porta-malas. O volante multifuncional esportivo no padrão S-line de três raios é revestido de couro e incorpora sistema de troca de marchas por shift paddles.

A esportividade é reforçada nos detalhes em alumínio escovado fosco, presente, por exemplo, no jogo de pedais. E para encantar definitivamente quem vai a bordo do S3 Sportback, a aposta da Audi é o sistema de som Bose, com adaptador para iPod e dispositivo de comunicação através de telefone celular bluetooth. O conjunto é complementado por dez auto-falantes e subwoofers estrategicamente localizados.
Mas é debaixo do capô que está a maior atração deste modelo. O competente motor 2,0 litros com a tecnologia de injeçãoTFSI, é um dos mais leves da categoria, pesando apenas 152 kg. Este motor produz 256 cavalos de potência e torque máximo de 330 Nm, que se mantém constante entre 2.500 e 5.000 rpm. Agregado está um turbo compressor, com pressão máxima regulada para 1,2 bar, e um novo intercooler que deixa o motor uma verdadeira usina de força. Produzido com materiais nobres, como aço e titânio, aplicados na confecção dos pistões e cabeçote. Tudo isso faz com que o S3 Sportback atinja a velocidade máxima de 250 quilômetros por hora, limitados eletronicamente e acelere de 0 a 100 quilômetros por hora em apenas seis segundos. E apesar dos números, o modelo ainda consegue fazer economia de combustível. Segundo a importadora, o S3 faz 15 km por litro de combustível no ciclo rodoviário e 8,4 km/l no ciclo urbano, o que dá uma média de 11,7 km/l.
Outro destaque maravilhoso é o câmbio automático S Tronic, de seis marchas, com relações curtas, e engates muito mais ágeis que um câmbio manual. o   como convém a um carro de característica tipicamente esportiva. Muito mais ágil do que o sistema manual. Este câmbio trabalha com duas embreagens, que proporciona rapidez, já que quando a primeira marcha é engatada, a segunda já é engatada, agilizando a troca. Isso ocorre com todas as marchas tanto para cima, como nas reduzidas. O S3 Sportback vem de série com sistema quattro de tração integral. Um controle instalado no eixo traseiro distribui o esforço de acordo com informações recebidas dos sensores. A inteligência do sistema “cruza” dados transmitidos pelas rodas, amortecedores, motor e barra da direção e atua de forma a equilibrar a energia de propulsão. Com eixos dianteiros e traseiros de alumínio, braços triangulares e four-link, o conjunto ganhou molas e amortecedores mais rígidos e rebaixou a estrutura em 25 mm em relação ao A3. Também contribuíram para reduzir a distância livre do solo as rodas de liga leve de 18 polegadas e os pneus 225/40.

TTS Coupé e Roadster – Linhas encantadoras

É impossível ficar indiferente aos modelos TT. Com design revolucionário e impar, o TT foi lançado há uma década e causou grande impacto na indústria automotiva mundial. O design esportivo é muito agressivo, diferente e super desportivo. Este modelo alia de maneira forte o design com o desempenho esportivo.
O design do TTS se destaca pela silhueta encorpada e agressiva. Com linhas arredondadas e sem nenhum canto, o esportivo TTS tem uma personalidade inconfundível e imponente. Chamam à atenção as grandes entradas de ar no pára-choque dianteiro, denunciando a sede de desempenho do motor turbo FSI. O refinamento do modelo é claro em detalhes como o filete cromado contornando a grade e os faróis bi-xenon com faixa horizontal e LEDs incorporados. Na lateral, as enormes rodas de 18 polegadas em alumínio.

A traseira musculosa e a generosa cobertura de vidro moldam o ângulo mais característico do conceito Audi de esportividade, reforçada pelas saídas de escape duplo e pelo spoiler retrátil, que se eleva automaticamente a partir de 120 km/h e se retrai quando a velocidade cai para 80 km/h.
Assim como o S3 Sportback, debaixo do capô se esconde, mas não deixa de ser notado pelo forte ronco, o motor de dois litros, quatro cilindros em linha, com injeção TFSI, com turbo compressor, que entrega 272 cavalos de potência máxima e torque máximo de 350 Nm, numa rotação entre 2.500 e 5.000 rpm.  Apesar de ser o mesmo motor do S3, no TTS, a marca alemã disponibilizou 16 cavalos a mais. Para tristeza geral, o carro tem a velocidade limitada em 250 km/h. Apesar de num esportivo isso não ser muito importante, o consumo médio é de 12,6 km por litro, no ciclo estrada/cidade. O desempenho tem como aliada a excelente estabilidade. A suspensão dianteira McPherson com braços triangulares, produzida em alumínio para reduzir a massa e o peso. A traseira Fourlink tem uma especial habilidade para lidar com as forças longitudinais e laterais separadamente. Todos os anéis são feitos com aço de alta resistência, enquanto os rolamentos foram modificados para enfatizar a rigidez do TTS.
Evitar a perda de potência na estrada é tarefa para outro item de série exclusivo dos modelos Audi: o sistema quattro® de tração, que faz o TTS retomar fôlego rapidamente e com maior estabilidade do que a maioria dos esportivos. Se necessário, a força pode ser redirecionada quase completamente das rodas dianteiras para as rodas traseiras em questão de milésimos de segundo.
Para suportar o alto torque produzido pelo motor TFSI, o TTS dispõe ainda do sistema magnetic ride nos amortecedores como item de série. A inteligência do módulo interpreta sinais de aceleração, da aerodinâmica e outras informações vindas do motor e então decide a viscosidade do fluido que vai dentro dos pistões para proporcionar um rodar mais macio ou mais rígido. O sistema também decide o melhor movimento para a suspensão, que pode ser rebaixada em até 10 mm, com o objetivo de proporcionar mais estabilidade e segurança em alta velocidade.
Outro recurso de segurança vem do sistema de freio de alta performance com disco de 17 polegadas. Discos largos são usados tanto nas rodas dianteiras quanto traseira, sendo os discos dianteiros ventilados. A carroceria é uma das mais leves do mundo, entre os esportivos, pesando apenas 206 quilos (versão Coupé) , sendo 140 kg de alumínio e 66 kg de aço. No caso do TTS Roadster, cujo corpo incorpora reforços especiais, o peso total é de 251 kg. Em números absolutos a relação peso/potência é vantajosa: a versão manual do Coupé pesa apenas 1,395 kg, ou 5,1 kg por cv, enquanto o Roadster tem 1,455 kg, sendo 5,4 kg por cv de potência.


Por dentro, o tradicional acabamento esmerado, materiais muito bons e toques esportivos típicos da marca. O cockpit do TTS acomoda o motorista como uma célula de conforto e conveniência. O painel de instrumentos tem fundo cinza com ponteiros em branco, pedais de metal, painel em alumínio, e volante de desenho esportivo em couro. O computador de bordo com display de alta-resolução e concentram todas as informações que o motorista necessita, incluindo até mesmo a função cronômetro, capaz de marcar os recordes de tempo nas pistas.

Preços:

Audi S3 Sportback – R$ 208 mil reais;
Audi TTS Coupé – R$ 283.750,00
Audi TTS Roadster – R$ 299.000,00


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0