É para o tiozão, mas também agrada aos sobrinhos…

sentra1.jpg

 

A Nissan decidiu começar do zero para colocar no mercado a sétima geração do Sentra. O sedã, importado do México, chega ao mercado nacional trazendo apenas o mesmo nome do modelo antecessor. De resto, o carro foi totalmente reestilizado em termos visuais, de conteúdo e de mecânica. O preço também sofre a alteração e ficou um pouco mais caro. As mudanças foram para melhor. O sedã ficou ainda mais moderno, mais empolgante e, finalmente, se “conformou” em ser considerado um carro de tiozão, estigma que a Nissan pretendeu exorcizar para a geração anterior.

Andamos com o novo Sentra, em um trajeto curto na cidade do Rio de Janeiro. A impressão deixada foi a melhor possível, afinal o carro, que é vendido em 120 países, vem para o Brasil com um componente inédito, o motor 2.0 (140 cv de potência e flex) — em outros mercados, ele é vendido com propulsor 1.8. Com essa nova motorização, acoplada à transmissão automática CVT, o sedã ficou ainda mais interessante para quem gosta de pisar um pouco mais forte. A nova calibragem da suspensão, também exclusiva para o Brasil, deu ao carro uma maior suavidade, mesmo em asfalto irregular, revelando um ganho de conforto digno realmente de um sedã voltado para a família. A leveza da direção elétrica também precisa ser mencionada. Em velocidades mais altas, a direça fica mais “firme” dando a certeza de que você tem o carro nas mãos.

Embora mais curto, o novo Sentra é mais espaçoso para os passageiros e a sensação de quem está a bordo é a de que o carro é maior do que ele parece ser quando ele é vestido de fora. Aliás, apreciar o sedã da marca japonesa é também experimentar algo novo. As novas linhas do modelo o deixarão mais bonito, com a aparência de um carro de nível superior. Vale destacar que mesmo com o pequeno reajuste de preço que sofreu, o novo Sentra é mais em conta do que a maioria de seus rivais, todos peso pesados da categoria dos sedãs médios.

 

sentra2

 

No interior, o novo Sentra trazum bom acabamento, com material agradável ao toque, peças bem encaixadas e baixo nível de ruído. Os comandos são funcionais e bem localizados. Com entre-eixos de 2,70 metros, que garante espaço suficiente para quatro adultos com 1,80 m de altura, o Sentra ganhou mais 61 litros de capacidade no porta-malas, que passa a ter capacidade de 503 litros.

A Nissan reservou mais um atrativo para o modelo: uma tabela de revisão com preços fixos (com valores entre R$ 189 para 10 mil km e R$ 589 para 60 mil km), válida para todo território nacional.

Confira os preços do Nissan Sentra:

S manual: R$ 60.990;

SV câmbio CVT: R$ 65.990;

2.0 SL câmbio CVT: R$ 71.990

 

 

 


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0